26 de nov de 2016

Encontrada Terceira Pirâmide na Antártida.



Desde que o Google Earth foi lançado, ele tem sido uma ferramenta não só para o uso dos teóricos da conspiração, mas também para qualquer pessoa procurando descobrir sobre o que pode estar além da nossa visão.



A mais recente, numa série de três pirâmides cobertas de neve, foi descoberta nas imagens de satélite do Google Earth, e em poucos dias as descobertas estão sendo divulgadas pesadamente nas comunidades que pesquisam a história alternativa. Duas das pirâmides podem ser encontrada a aproximadamente 16 quilômetros para dentro do continente, enquanto a terceira fica próxima da costa.


As implicações desta descoberta são complexas e, se aceitas, poderão virar o mundo científico de cabeça para baixo. Nenhum livro de história menciona uma civilização na Antártica com a habilidade e tecnologia necessárias para construir enormes pirâmides. Há uma razão aparente por detrás desta situação e, pela aparência disso, ela sugere que uma civilização tecnológica existiu na Terra muito tempo antes da nossa ter emergido.


Muita semelhança?



A Antártica é agora um deserto congelado, mas nem sempre foi assim. Ela ficou na sua posição atual devido as placas tectônicas, se deslocando, ano após ano, cada vez mais para o Pólo Sul. Milhões de anos atrás, o clima da Antártica era muito mais ameno devido sua posição próximo do equador. Este é um fato estabelecido, respaldado por várias teorias aceitas, não sendo somente uma especulação.


Há alguns anos, o British Antarctic Survey (BAS) descobriu evidência de que o clima da Antártica era muito diferente no passado distante.


A Dra. Vanessa Bowman, da BAS, disse:



“Retorne 100 milhões de anos no tempo e a Antártica era coberta por florestas exuberantes, similares àquelas de hoje na Nova Zelândia.”


Uma outra expedição – liderada pela NASA, envolvendo 11 outras organizações científicas – descobriu formas de vida microbianas ‘fora de lugar’ nas profundezas do Lago Vida na Antártica, presas sob uma placa de gelo de 20 metros de espessura. As colônias microbianas tinham prosperado em isolamento por milhões de anos, e cientistas acreditam que elas sejam as descendentes de microorganismos que viveram num clima muito mais ameno. Quem sabe quais outros enigmas esperam abaixo do gelo para serem revelados.


Mesmo com a tecnologia de hoje, construir estruturas massivas como as pirâmides da Antártica seria quase impossível. Há simplesmente muitos problemas relacionados à mão de obra e a logística requerida para tal projeto. Se fosse viável construir estes misteriosos monumentos na Antártica, isto deve ter ocorrido no passado, quando aquele continente era um lugar favorável para vida humana.


E isto abre uma grande ‘lata de minhocas’. O continente só seria habitável num passado muito distante, mas a ciência predominante diz que a roda não foi inventada até uns 6.000 anos atrás. Ao mesmo tempo, é dito que humanos ‘anatomicamente modernos’ só controlaram o fogo 125.000 anos atrás. Assim, onde estas controversas pirâmides se encaixam? Seriam elas evidências de uma antiga civilização avançada? A mente estremece quando ficamos colados em nossas crenças desatualizadas.


Proponentes da história alternativa e fãs da hipótese dos alienígenas do passado não têm problemas em aceitar a realidade paralela gerada por tais descobertas. Não é difícil ver e aceitar que não somos os primeiros e, embora pareça assim, provavelmente não seremos os últimos.


Milhares de anos após elas terem sido construídas, ainda estamos fascinados pelas pirâmides do Egito. Os monumentos deixados para trás por aquela sociedade têm encarado o teste do tempo em mais de uma forma… eles deram aos seus construtores a imortalidade. Mantendo isso em mente, o que poderia ser dito sobre as pirâmides que têm milhares de anos de idade? Isto coloca nossas vidas em perspectiva e nos faz ver o grande cenário.


Ou nos encolheremos num repúdio egoísta?


…….


Infelizmente, não há maiores informações no artigo sobre as coordenadas ou quem tirou a foto a partir do ponto de vista do solo. Contudo, fica aqui para registro e avaliação dos leitores.


Fontes:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS