28 de nov de 2016

Qualidades dos Seres Humanos, evoluídos espiritualmente


1) Integridade: Uma das maiores armadilhas da humanidade é a mente mais crescida, que é um instrumento fragmentário. Como aquilo que é fragmentário, jamais pode levar você a integridade? Enquanto um vive como um escravo do pensamento fragmentado-memória-mente, a qualidade chamado integridade nunca está disponível. A integridade é o resultado qualitativo do ser integral. A integração só acontece se a fragmentação não é mais.

Isso só é possível quando esta mente, que é o conjunto de pensamentos, emoções memória, e medos, é transcendido. Como o resultado espontâneo dessa totalidade integrada, de qualidade chamado integridade surge. Um ser humano real espiritualmente evoluído é aquele que está firmemente enraizada neste tipo de integridade, o que é muito raro.

2 Consciência): Na maioria das vezes, quando falamos de consciência, é sempre sobre algo. por exemplo consciência social, a consciência do computador e assim por diante. Mas o que sobre a consciência da própria consciência? Para que um tem de tomar consciência do próprio corpo, como um primeiro passo. Se você fizer isso, você vai se tornar consciente de seus gestos, movimentos e assim por diante. Se você vai mais fundo em silêncio, observando a sua respiração, você será capaz de ouvir os seus batimentos cardíacos.

Se você levá-lo ainda mais, na segunda etapa, você pode assistir a seus pensamentos de uma forma distante, como observador. Se torna-se ainda mais sutil, o terceiro passo é ver os sentimentos profundamente enraizados e emoções mais sutis. Agora, se você permanecer vigilantes de todos estes três passos ao mesmo tempo, de maior duração e esperar sem expectativas, o quarto estado de se tornar consciente de conscientização acontece por sua própria vontade.

Esta é a qualidade chamado de "consciência de o desperto", nós estamos falando. Uma pessoa espiritual real carrega essa consciência multi-dimensional relaxado o tempo todo. A qualidade que é atemporal em si mesmo. É eterno.

3) Não-apego: Nosso apego ao nosso corpo, pensamentos, emoções e idéias é tanto que é muito difícil de entender o significado de "Não-apego" do ponto de vista da uma despertada.

Um mestre espiritual é plenamente consciente de seu corpo, pensamentos, emoções e idéias, mas é simplesmente desapegado a ele, como o lótus na lagoa é muito na lama, mas ele ainda permanece intocado por tudo o que está ao seu redor! Um Buda também tem seu corpo-mente e ele tem que cuidar dele. Mas é apenas funcional. Ele não é parte do jogo de poder da mente. Ele é simplesmente um abandono!

4) Silêncio: Somos condicionados pelo nosso sistema educacional para entender o silêncio palavra como a ausência de discurso. Ou, no máximo, a entendemos como o silêncio do homem morto. Mas o silêncio real é fenômenos totalmente diferentes! Não é apenas a ausência da fala e da mente tagarela, mas é vibrante e tem a qualidade de dinamicidade ou efervescência.

Ele está vivo e palpitante, que pode ser sentida por aqueles que vão sensíveis perto da uma despertada. Por estar no campo de energia da uma despertada, é possível experimentar este silêncio. É como, se você chegar perto da flor, você começa a fragrância! A fragrância pertence a flor, o silêncio é de Buda.

Você pode obter o vislumbre dele, mas em última análise, toda a gente tem que trabalhar para ele por conta própria! O silêncio emprestado não durar muito tempo! Para ser despertado para este silêncio é o direito efervescente nascimento de todos e não é monopólio dos poucos selecionados.

5) Amor: Esta é outra palavra, que é mais mal utilizado e mal compreendido. Nosso amor por carro ou um cão ou um parente é apenas o apego, que é a parte de nosso condicionamento social. "Fazer amor" significa sexo! É simplesmente físico! Poucos falam de amor, no sentido platônico, mas que também é a glorificação do aspecto não-físico dele.

O verdadeiro amor está transbordando alegria do ego menos estar! Enquanto a identificação fictícia com corpo / mente está lá, o amor não existe. Se você perguntar a dom sobre a escuridão, ela não sabe nada sobre isso, então também esta mais pura qualidade chamado de amor nunca pode co-existir com o ego.

Erradicação do ego mais sutil é o principal requisito para compreender e experimentar o amor. Um verdadeiro mestre espiritual é uma pessoa que é absolutamente sem ego. Amor escorre para fora de uma pessoa como a água flui de uma fonte! É incondicional e está disponível a todos.

6) Compaixão: A paixão é a febre do corpo-mente, enquanto a compaixão é a forma mais pura de amor mais meditação. Compaixão não é um dever, nem o amor psicológico. Não é nem simpatia nem empatia. A compaixão é a qualidade que vem de além do pensamento da mente!

Um mestre compassivo espiritual real é uma pessoa que dá sem cobrar. É um tipo de compartilhamento incondicional! Um santo, um criminoso e uma prostituta, todos são iguais quando se trata da partilha de um mestre!

7) Inocência: Olhe nos olhos maravilhosos da criança cuja mente ainda não está poluída por pais e da sociedade e você verá a qualidade chamado inocência. 

Quando tal pessoa ri na sua inocência infantil, a existência inteira participa dela! A presença de uma pessoa na terra é a bênção para existência. Recuperar a inocência perdida, é necessário nascer de novo.

Com este novo nascimento espiritual, torna-se incorruptível. Tudo o que é feito pela sociedade é desfeita na consciência. Recuperar essa inocência é a verdadeira maturidade, o florescimento final.

8) Coragem: Uma coisa que diferencia corajosa de covardia é um covarde que passa seus medos, enquanto um corajoso coloca de lado todos os seus medos e está pronto para saltar para o desconhecido. Quando se carrega essa coragem em todas as situações na vida para enfrentar o desconhecido, ele finalmente floresce para o destemor.

A pessoa espiritualmente despertada, está enraizada firmemente nesta destemor e, portanto, até mesmo a morte não pode tocá-lo. Como pode o toque da morte que é imortal?

9) Simpatia: Uma pessoa espiritual real não se comporta como um guru para ninguém, pois ele não é em qualquer. Portanto, não há Guru e não há discípulos. Apenas os amigos. A amizade é como uma relação.

Considerando Simpatia é uma qualidade. É um estado de ser. O que despertou carrega esse sentimento de simpatia para todos e tudo ao redor. Simpatia é uma qualidade em que surge a liberdade.

10) Humor: Uma pessoa espiritual real definitivamente não é o único com a aparência mais graves e uma face longa. Pelo contrário, um Buda tem o sentido de humor. Às vezes, mesmo travesso! Apenas uma pessoa pode rir de si mesmo. Ele ri do absurdo da própria mente! Para essa pessoa, a vida é um piquenique todos os dias! É uma celebração!

Estas são as pessoas que gostam de vida, porque o obstáculo para a alegria do pensamento da mente não está lá. Quando a luta das extremidades pensamento da mente, o humor surge por conta própria!

11) Humildade: Aprendendo com a natureza é uma das melhores maneiras de aprender. Observar uma árvore de manga. Seus ramos se movem para fora e para cima, mas quando é carregado com frutas, com os arcos de árvore para baixo em humildade. Assim também a pessoa espiritualmente evoluído torna-se humilde e simples. Um Buda não é o depósito do conhecimento emprestado informativo, mas ele permanece sempre no estado de não saber, que é o estado mais humilde de ser.

12) Aceitação: No estado mais elevado de escolha menos consciência tudo é aceito como é. Gostos e desgostos não são obstáculo para ele como ele está além de ambos. É um estado de não-julgamento testemunha. Se tudo na existência que a vida oferece é aceite tal como é, a vida se torna uma celebração em si mesmo. Aceitação incondicional de tudo o que existe na existência é a qualidade mais virtuoso e estética da consciência humana evoluiu.

13) Vencimento: Uma pessoa madura é uma pessoa que sempre vive no presente momento. Momento presente não é o mesmo que presente. Passado, presente e futuro é a continuação de tempo. Para estar no momento presente é estar na atualidade eterna. Nas profundezas do silêncio, se mantém atentos e vigilantes, o ego desaparece. Auto-realização é a realização do auto, sem ego. Quando a mente não é mais, a meditação acontece. Quando o ego não é mais, a maturidade acontece. Maturidade é o florescimento final da meditação.

Retirado de: Grupo www.premnirmal.com / qtsofspiritualehb.htm: Ascensão e Vida Inbetween / group/154866/ascension-and-life-inbetween








Tradução: Luiz Antonio Soares - www.luizantonio.com.br 

















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS