6 de jan de 2017

Pleidianos: Vivendo como uma visitante na 3D



Mensagem de um irmão pleiadiano
Por Sandra M. Luz
01/01/2017

Já a algum tempo venho conversando telepaticamente com um Irmão Pleiadiano que vem respondendo à algumas perguntas minhas e de uma amiga.

Tem sido muito prazeroso conversar com ele e temos aprendido muito, mas agora estava conversando com ele sozinha quando ele me trouxe esta frase: “você tem que viver como uma visitante na 3D”. Pedi a ele se poderíamos escrever sobre isto e ele aceitou.


Ele começou dizendo - como você bem sabe a Terra é um planeta escola que permite viver várias experiências humanas.

A cada jornada você traz em seu interior todas as informações do que viveu (lições aprendidas e não aprendidas) e isto dá a você a possibilidade de aprender o que não foi aprendido e de ampliar também seus conhecimentos e ir mudando suas frequências.

Na 3D a maioria dos aprendizados são através da energia do sofrimento, mas ainda que está energia seja um tanto quanto desconfortável a vocês, ela tem um papel importante em suas vidas que é – buscar ajuda.

Se observarem a maioria de vocês só buscam a ajuda divina quando estão desesperados, quando já ouviram todos e não resolveu. Então resolvem silenciar suas mentes e suas ações externas e se abrir para Deus.

É exatamente neste instante quando o Ser resolve fazer sua conexão com Deus, que ele se permite ser preenchido, se permite sentir que está recebendo toda ajuda que necessita.

Deus, a Fonte, é preenchida de tudo que precisamos é o grande Gerador de Amor e Luz suprimento necessário para a existência de cada ser. Quando você não se abastece de amor e luz sente-se como um carro sem seu combustível.

A medida que você vai se abrindo para ser preenchido deste combustível divino vai permitindo também mudar sua frequência porque cada vez mais o amor e a luz estão preenchendo todo seu ser.
Isto vai trazendo a você a mudança de consciência, de pensamentos, sentimentos e ações e permitindo também que sua frequência auxilie onde estiver, com quem se conectar.

Muitos humanos vêm sentindo um desconforto maior ao elevarem suas frequências e se depararem com as atitudes de pessoas que estão em frequências mais baixas. Chamamos isto de “conflitos de frequência”. Eles passam a não aceitar as atitudes daqueles que não pensam como eles e tentam forçar uma situação.

Vivam como visitantes na 3D.

Quando visitam uma cidade vocês não precisam agir como aquelas pessoas daquela cidade, podem apenas observar a atitude das pessoas daquela cidade e lembrar que você apenas está ali de passagem e que quando desejar pode retornar para o seu lar de origem.

Puxa que legal, digo a ele não tinha pensado nisto, assim fica mais fácil.

Ele continua dizendo - você não tem que pensar como eles, fazer as mesmas coisas que eles fazem, mas você também pode mostrar a eles seus conhecimentos se eles quiserem ouvir.

O conflito ocorre quando alguém quer impor, forçar algo.
Quando não há competição, julgamento, crítica, cobrança, ego, não há conflito.

Cada ser é uma identidade única e quando você entende isto descobre que pode aprender com o outro e ele também pode aprender com você e isto será bom para ambos. Todos ganham quando compartilham e quando se respeitam.

É verdade digo a ele.
Agradeço a este irmão pleiadiano pelos ensinamentos. 
Ele também agradece e diz que gosta de conversar e compartilhar.

Encerramos a conexão.

Respeite os créditos





Pesquise no Site por Assunto

Sugestões de Pesquisa

Alienígenas, Animais, Arcanjos, Astral, Auto Ajuda, Câncer, Carma, Cachorros, Cérebro, Chama Violeta, Ciência, Cientistas, Cinema, Civilização, Compras, Contato, Crenças, Curas, Engenharia, Ensino, Esoterismo, ETs, Filmes, Gatos, Governo Oculto, História, Jornais, Lar, Livros, Medicina, Médicos, Museus, Musicas, Noticias, Neolinguística, Neurologia, OVNIs, Porto Alegre, Profecias, Psicólogos, Psiquiátria, Rádios, Religiões, Revistas, Saúde, Serviços, Tempo Tesla, TV Séries, Viagem, Viagem no Tempo, Viagem Astral.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS DO MÊS

Colunistas