15 de abr de 2017

Bracelete de 40.000 Anos Abala a História "Oficial" da Humanidade

Muitos daqueles considerados teóricos da conspiração, frequentemente zombados e menosprezados, têm insistido que há muito mais na história deste nosso planeta do que tem sido alegado pelos historiadores. 


Contudo, é com certa frequência que partes da história que nos foram contadas pelos estudiosos de tendência predominante são derrubadas após a descoberta de provas que sugerem o contrário.


Esta é somente mais uma dessas provas:

Localizada na Cordilheira Bashelaksky, das montanhas Altai na Sibéria, Rússia, está a caverna Denisova. A região é bem conhecida por seus vários fósseis de animais extremamente bem preservados que agora estão extintos. A temperatura daquela região é ideal para preservar biomaterial por milhares de anos.


Zona polida sob intenso contato, com algum material orgânico. Reconstrução geral da vista do bracelete e comparação com os braceletes modernos. Fotos: Anatoly Derevyanko e Mikhail Shunkov, Anastasia Abdulmanova



O misterioso bracelete em questão pertence a um grupo de humanos que não se encaixam (por mais de 200 marcadores genéticos) com o DNA dos neandertais, nem dos humanos modernos. Eles são chamados de Denisovanos ou Denisova hominins. O misterioso grupo de pessoas viveu 600.000 anos atrás e, de acordo com os estudiosos de tendência predominante, eram povos nômades e subdesenvolvidos. Porém, evidências sugerem o contrário, já que um bracelete que foi encontrado dentro da caverna fez com que vários pesquisadores agora acreditem que estes povos eram extremamente engenhosos.


Na vizinhança do antigo bracelete, os pesquisadores descobriram o osso de um dedo de uma menina denisovana que tinha sete anos de idade. Embora os restos ofereçam numerosos detalhes sobre a espécie antiga, foi a incrível habilidade artesanal do bracelete que capturou o interesse de vários pesquisadores. De acordo com testes, a precisão e o nível de corte e polimento do bracelete estão a, pelo menos, milhares de anos à frente de seu tempo. O mais interessante é que a pedra da qual o bracelete foi feito é encontrada a 24 quilômetros da caverna.


Sinais de reparos nas rachaduras. O bracelete havia sofrido danos, inclusive arranhões visíveis. Fotos: Anatoly Derevyanko e Mikhail Shunkov



De acordo com cientistas, o bracelete foi polido por métodos desconhecidos. Surpreendentemente, a pedra ainda estava brilhante quando os pesquisadores a descobriram. Os fragmentos do bracelete foram encontrados, e os pesquisadores foram capazes de recriar visualmente a obra prima da antiguidade. Acredita-se que o bracelete tenha sido usado ao redor do pulso. Uma tira, supõe-se, teria sido enrolada ao redor do buraco da pedra. O mistério ainda maior é o buraco que atravessa o bracelete, já que a precisão é também de milhares de anos à frente de seu tempo.


Atualmente, o bracelete está em exposição no Museu de História e Cultura dos Povos da Sibéria. Ele é a mais recente evidência de que os pesquisadores estavam errados quando disseram que há milhares de anos o nosso planeta era somente habitado por povos primitivos. Acontece que os Denisova homnins eram artistas incríveis e tinham em sua posse uma tecnologia muito além de seu tempo.


O Siberian Times cita o Dr. Derevyanko, o qual escreveu para a revista russa, ‘Ciência em Primeira Mão’ que quando eles estudaram o diâmetro do bracelete, descobriram que a velocidade de rotação da broca deveria ter sido muito alta, com flutuações mínimas. Isto aponta para o fato de que seja lá quem foi que fez esta incrível jóia, provavelmente tinha algum tipo de tecnologia similar à furadeira moderna.


O "mestre da antiguidade", disse o Dr. Derevyanko, "era habilidoso nas técnicas anteriormente consideradas não características do Período Paleolítico, tal como furadeira de alta velocidade, ferramentas de broqueamento, polimento e pulverização, com couro e peles de vários graus de curtição."


E o que mais da nossa história nos foi contado de forma errada ou equivocada?


Pesquise no Site por Assunto

Sugestões de Pesquisa

Alienígenas, Animais, Arcanjos, Astral, Auto Ajuda, Câncer, Carma, Cachorros, Cérebro, Chama Violeta, Ciência, Cientistas, Cinema, Civilização, Compras, Contato, Crenças, Curas, Engenharia, Ensino, Esoterismo, ETs, Filmes, Gatos, Governo Oculto, História, Jornais, Lar, Livros, Medicina, Médicos, Museus, Musicas, Noticias, Neolinguística, Neurologia, OVNIs, Porto Alegre, Profecias, Psicólogos, Psiquiátria, Rádios, Religiões, Revistas, Saúde, Serviços, Tempo Tesla, TV Séries, Viagem, Viagem no Tempo, Viagem Astral.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS DO MÊS

Colunistas