21 de jun de 2012

A Origem dos Filhos das Estrelas.


O Cosmos é uma fusão de energias num determinado ponto do Universo que gera diferenças de potencial, criando, a partir de um núcleo, divisões chamadas dimensões ou centros de energias de um Universo em formação. Em cada divisão temos uma dimensão e em cada dimensão um aglomerado de Universos que, por a sua vez, geram mundos nos 4 estados da matéria (gasoso, liquido, plasma e matéria). A estes mundos podemos chamar de planetas. Locais onde a vida irá se formar nos seus estados mais primitivos, crescendo para estados mais evoluídos. Nestes campos de experiências, as Centelhas Divinas, consciências em evolução, vêm habitar para seguir os seus processos de crescimento, para se tornarem consciências maiores, como minerais, vegetais, animais, seres humanos, seres cósmicos, mestres cósmicos, anjos, arcanjos e... Deuses de um Quadrante Cósmico. O processo todo leva biliões e biliões de anos... e este Deus cósmico vai crescendo em expansão e experiências, gerando, assim, sistemas siderais, mundos dimensionais e físicos. Neste processo de expansão ocorrem os Big-Bang cósmicos, criando fragmentos de matéria, Nebulosas, Estrelas e Constelações... criando dimensões paralelas e mundos sólidos com possibilidade de vida, tal como a conhecemos. Neste momento do processo de crescimento, o próprio Deus se divide em pequenos fragmentos... Centelhas Divinas... que são então espalhadas pelas 12 dimensões para que haja vida e consciências pensantes... inteligências individuais... LEIA MAIS AQUI.

x

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS