24 de out de 2012

Entre uma encarnação e outra... – Parte II

Publicada em 23 de Outubro de 2012 

Vidência – Vi o GESJ no plano astral, antes dessa nossa encarnação. Passávamos por um treinamento que incluía palestras, reencontros com conhecidos de outras eras, atualização das informações existentes nas fichas cármicas, e projeção de situações futuras.

Vi o processo de reencarnação de Margarida. Grande escolta a acompanhava desde a redução magnética até a implantação do zigoto, pois havia muitos inimigos em seu encalço. Durante toda a gestação, infância e adolescência a proteção foi sempre grande. Ouvi Mestre Shama Hare dizer:

"De temido Comandante de Exército Japonês, a humilde filha¹ de lavadeira".

Ele continuou:

"O mais renitente e feroz inimigo foi colocado mais perto, como marido. A medida visava mantê-lo sob vigilância às 24 horas por dia para neutralizar suas investidas contra Margarida".

Mesmo reencarnada, saídas constantes em corpo astral, levaram-na ao encontro do Mestre Ramatis e ao estudo e reforço dos propósitos da presente encarnação. Eram então recordados conhecimentos adquiridos no período em que foi sua discípula, em passado remoto.
Novamente ouço:
– Silêncio no plano físico e na consciência. To$avia, encontros constantes no plano astral foram sedimentando a fé e a instrução, com sede no inconsciente.


O silêncio refere se ao período de 10 anos em que Ramatis atuou junto ao GESJ sem dar comunicação (período de 1970, fundação, até 1980 quando da 1ª comunicação).

Vi Margarida sendo submetida, a partir dos 13 anos, a procedimentos para remoção de áreas necrosadas nos ossos do corpo astral, por meio de raspagens e enxertos. Shama Hare informa que foram resíduos da época de feiticeira.

Vi um reencontro entre Margarida e Joana de Ângelis e depois com o Mestre Ramatis, consolidando os compromissos de trabalho assumidos no astral, para fundação do GESJ.

Quando resolveu criar o GESJ, Joana de Ângelis, Guia Espiritual de Divaldo, a ajudou para que tudo desse certo. E deu.

Vi um encontro entre Chico, Divaldo e Waldo Vieira, futuros médiuns que reencarnariam no Brasil, com o propósito de elevar a Doutrina dos Espíritos perante o Mundo.

Margaria fez parte de um treinamento, para compreensão da tarefa de Divulgação que abraçaria. Tarefa ligada ao resgate do período em que foi opositora de ideais elevados, que a Espiritualidade Superior tentou implantar durante a Idade Média; mas quer foram posteriormente, defendidos pelo espírito de Kardec. Ele estava presente naquele tempo em outra roupagem, ou seja, outra encarnação.

Após essa tentativa frustrada de elevar os conhecimentos espirituais na Idade Média, Kardec desencarnou. Iniciou, então, sua preparação para reencarnar como Kardec e realizar suas tarefas.

Depois do planejamento e das lições em conjunto para o futuro Grupo Servos de Jesus, partimos para reencontrar nossos "núcleos familiares" e em seguida reencarnamos.

GESH – 14/07/2012 – Vitória, ES – Brasil


Nota ¹ – Fui criada por uma pobre lavadeira numa época em que para os pobres não havia luz elétrica, água encanada e sanitário dentro de casa.

Margarida 

x

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS