6 de dez de 2012

A Grande Missão Começa


Rumo a Nova Era - 03.12.12


Peregrinação em Brasília e Goiás

Mestra Nada – “Quando ela chegar passe as informações que possui para que seja feito o reconhecimento de toda a missão que está reservada para vocês dois”.

Esta foi uma orientação que recebi de minha mentora espiritual enquanto aguardava a chegada dela no Aeroporto de Brasília, ocorrida no dia 15 de Novembro. Somente a história desta viagem de Portugal ao Brasil já possui um enredo recheado de aventuras e surpresas que será narrada num futuro próximo. Por enquanto, o foco deste artigo é a continuidade dos trabalhos que foram feitos em Portugal e que teriam sua conclusão aqui em Brasília e Goiás.

Em meados do mês de Agosto recebi o chamado para começar a grande missão e teria que fazer escolhas dentro deste parâmetro, pois seria um mês decisivo para as próximas etapas que estavam programadas para acontecer. Caso contrário, um dano irreversível seria causado no plano que já estava estabelecido para ocorrer nos próximos meses. Apenas um pedido “estranho” me deixou intrigado... Carregar comigo uma máquina fotográfica, e não disseram mais nada.
Quando as “Bolhas de Luz” começaram a aparecer nas fotos, jamais imaginava que este evento seria a conexão que me uniria com a minha companheira de jornada nesta grande missão e que vivia do outro lado do Oceano Atlântico. Dias depois de estas fotos saírem na rede social da internet, recebo outras fotos idênticas da Celiah com o pedido para analisar as fotos dela.

Durante esta análise fiquei surpreendido com a semelhança que havia com algumas “Bolhas” que estavam nas fotos dela e que faziam parte da minha escolta pessoal aqui em Brasília. E ao olhar mais detalhadamente outras fotos que continuou a me enviar, as surpresas aumentaram mais ainda.

Qual o nível de ligação que ela tem a ver comigo? – Foi o meu questionamento durante as nossas conversas pessoais que se seguiram ao longo de semanas.

Poucos dias antes de iniciar a abertura de Portais de Luz em Portugal havia passado por um processo de sutilização e alinhamento dos meus corpos energéticos e, numa de nossas conversas ela notou que eu andava “meio estranho” e percebeu também que eu evitava falar no assunto.

Uma semana depois para tranquiliza-la resolvi “abrir o jogo” e falar sobre a revelação que ocorreu durante o processo de reforma interior.

- Estamos envolvidos diretamente na ancoragem da Energia do Cristo Cósmico e para isto vamos ter que acionar e ativar vários Portais de Luz aí em Portugal e aqui no Brasil.

- E como será isto? – perguntou curiosa.

- Ainda não sei. Estou atordoado com outras revelações, nem digeri uma e já tem outra para pensar e refletir. Seremos orientados nos próximos dias sobre estes trabalhos.

- Ok, entendi.

E realmente, dias depois chegaram novas informações sobre algumas tarefas que teríamos que fazer juntos e deveríamos agrupar algumas pessoas para ajudar porque seria um trabalho coletivo sendo necessário acumular o máximo de energias para abrir todos os Portais de Luz previstos para as próximas semanas. Essa orientação foi um desafio e tanto, porque nos trabalhos anteriores atuei de forma solitária ou com um grupo mínimo de pessoas sem levar isto a público.

Comentei isto com a Céliah e o fato de termos que correr o risco de sofrer “ataques” fulminantes sob a influência do outro lado – seres trevosos - que viriam no decorrer das tarefas. Ela ficou ciente disto e concordou com a divulgação dos eventos que ocorreriam ao longo das semanas.

Dois dias antes do início dos eventos fomos chamados para estar presente no Tribunal do Conselho Cármico, onde foram confirmados e aprovados todos os trabalhos da nossa missão. Uma grande dispensação de Luz seria enviada para nós durante a realização destas tarefas juntos aos Portais e que seríamos acompanhados por Eles em todas as atividades programadas.

No decorrer das tarefas aconteceram vários ataques, mas a intervenção dos membros do Conselho Cármico e de uma Unidade do Comando Ashtar evitou que houvesse danos, e todo o trabalho em Portugal foi concluído com êxito total. Os detalhes sobre estes “ataques” também serão mencionados em outros artigos específicos, pois o foco desta narração está centrado na missão pessoal da minha companheira, que juntos, fazemos parte de um plano maior que envolve outros grupos de pessoas que ainda serão reunidos após os términos destes trabalhos com os Portais de Luz.

Na última semana de trabalhos em Portugal Céliah foi informada sobre uma mudança que ocorreria na vida dela e que teria que viajar para uma terra distante para dar continuidade à missão de vida dela. Intuímos que esta “terra distante” seria o Brasil porque eu já me encontrava aqui e vários Portais de Luz que haviam sido abertos aqui, tinham ligações com estas de Portugal. Dois dias depois dos términos das tarefas, a minha parceira pegou um avião e veio para o Brasil.

Mal havia desembarcado em Brasília e suas atividades foram iniciadas num ritmo acelerado e intenso. Em duas semanas, além da consagração dela por Maitreya no Monte Sagrado existente no Riacho Fundo I, ela acionou 4 Focos de Luz e consagrado 4 Pirâmides na capital do Brasil e feito a conexão com dois Pontos de Luz daqui com os da Grécia e Japão através da Sacerdotisa Pitya (Tia Neiva) no Vale do Amanhecer e com a Kuan Yin (Deusa Kannon) no Templo Messiânico.

Até mesmo durante um pequeno “tour” por Brasília num Domingo a noite, pela Praça dos Três Poderes e no Pontão do Lago Sul, a presenças das “Bolhas de Luz” foi surpreendente, não só em quantidade mas também em variedade. Brinquei dizendo que ela havia trazido essas “novas Bolhas” de Portugal. As sondas e naves começaram a sair nas fotos, o que não ocorria antes comigo.

O último evento ocorrido agora no dia 2 de Dezembro foi mantido em sigilo até que fosse concluída pelo alto risco desta missão. Realmente, a série de “ataques” e interferências negativas que ocorreram antes e durante esta missão foi marcante. O último ataque, foi durante o percurso até o local do evento, quase colocou a nossa vida em risco, mas a intervenção da nossa escolta de Sondas evitou uma tragédia no último instante e conseguimos concluir o trabalho que fomos incumbidos de executar em Alto Paraíso de Goiás.

A chegada de Celiah

A pauta da nossa primeira conversa em Brasília relacionou-se aos eventos concluídos em Portugal e às mensagens deixadas por Mestra Nada sobre as tarefas futuras a serem feitas nesta região central do Brasil. Não havia muitas informações sobre os locais e como seriam executados os próximos trabalhos, apenas que devíamos estar prontos para começar a qualquer instante. As datas seriam definidas uma por vez, após a conclusão de uma tarefa.

Enquanto aguardamos as novas orientações procuramos desvendar juntos, vários questionamentos que ainda existiam sobre nós e a nossa missão, pois um dos trabalhos que fomos incumbidos de fazer, não só trazia um risco muito grande na nossa integridade física como também exigia uma alta responsabilidade calcada numa rígida disciplina. Consciência e lucidez eram tudo o que pediam para nós.

Trocamos várias informações pessoais sobre a nossa caminhada. Mencionamos nossas dúvidas, conflitos e descobertas, como também das orientações que recebíamos da Mestra Nada e de como Ela vinha sinalizando este encontro entre nós. O fato de estarmos “antenados” foi possível intuirmos que algo ia ocorrer em nossas vidas e que isto causaria uma mudança radical na vida de cada um.


Analisamos diversos temas ligados ao nosso trabalho de divulgação sobre a espiritualidade, ascensão, transição e o processo da ancoragem da energia do Cristo em nosso plano terreno, bem como o fato relacionado à vinda Dele, que tem sido revelado por nossos Mentores. Refletimos muito sobre a nossa participação nestes últimos eventos em Portugal e, acima de tudo, aprofundamos o conhecimento sobre o nosso envolvimento com o Cristo Maitreya, acessando inclusive o registro akáshico sobre nosso passado em outras vidas até o momento vivido com Ele há mais de 2 mil anos, na Palestina.

A nossa pesquisa sobre o Cristo Maitreya ainda continua e abrange uma série de leituras de livros, textos publicados na internet e consultas em vários sites esotéricos, porque além do nosso contato direto com Ele, necessitamos encontrar meios que possam ser aceitos pelas consciências físicas encarnadas ao divulgar as mensagens que chegam até nós. Temos um compromisso com nossos amigos e irmãos de jornada de compartilhar todas as informações possíveis e para isso, procuramos encontrar a forma correta onde cada um dos nossos leitores possam achar suas próprias respostas, fazendo suas pesquisas e estudos de forma individual e pessoal.

Então nos primeiros dias o nosso tempo foi intercalado entre reflexões e estudos, além de darmos conta das nossas tarefas cotidianas do plano terreno (serviços profissionais e afazeres domésticos) e elaborar os procedimentos sobre o início da nova missão espiritual que vai incluir vários grupos de pessoas ligadas a nós numa etapa posterior, cuja instrução sobre este acontecimento vem sendo repassada aos poucos por nossos mentores.

A consagração no Monte sagrado

Cinco dias depois da sua chegada a Brasília e ainda sob a influência da mudança de país, cultura, clima, a Celiah passou por um processo de sutilização e alinhamento idêntico que havia ocorrido comigo em fins de Setembro. Em seguida, no dia 20/11, recebi instruções para leva-la até um santuário onde se fazem peregrinações aqui perto de casa. No Monte Sagrado eu estava lá fazendo minhas meditações naquela manhã, quando o pedido da presença dela foi solicitado, pelo  próprio Cristo Maitreya.

Assim que a reencontrei, comuniquei a mensagem que havia recebido e ela prontamente resolveu atender ao chamado. Fomos juntos e levamos também o “Cajado” que foi pedido para ser levado até lá. Ao meio dia começou a cerimônia e ali mesmo ela foi consagrada por Ele com uma nova função – que ainda não pode ser revelada – e em seguida foi orientada para “consagrar” em nome Dele, alguns Pontos de Luz existentes na cidade de Brasília e Goiás, por onde a Presença Dele se fará atuante nos anos vindouros.

As visitas aos Pontos de Luz

Logo após a cerimônia no Monte sagrado, fomos para o Plano Piloto onde ela conheceu o Templo da Boa Vontade em forma piramidal. A instrução era iniciar ali a conexão da Rede de Luz de Portugal com a do Brasil e a partir daí, ligar todos os Pontos de Luz pela região central do país. Mas, antes teria que conectar três Pontos Focais que criaria um poderoso vórtice energético e esses locais só foram revelados aos poucos durante o decorrer da semana.

Três dias depois fui orientado para leva-la até o Santuário da Ermida Dom Bosco no Lago Sul. Lá, diante de uma estrutura em forma de pirâmide está ancorada a energia do Ponto de Luz relacionado à fundação da cidade e há um Portal de Luz que foi acionado a pedido da Mãe Maria, presente nesta ocasião. As ondas de energias de Luz que passou a ser irradiada dali se espalharam sobre o Lago Paranoá numa cadência suave carregada pelas “Ondinas”.

O terceiro Ponto de Luz, sem que eu soubesse estava ligado à minha peregrinação no Japão. Era o Templo Messiânico na Asa Norte. Atendendo ao pedido do próprio fundador que foi um dos meus mentores naquele país do Sol Nascente e responsável pelo meu renascimento físico em 1990, levei Celiah até aquele Ponto de Luz e quando chegamos diante do altar dentro da nave, avistei Kwan Yin conhecida no Japão como a Deusa Kannon, que nos aguardava ali. O ritual foi rápido por causa da interferência que ocorreu enquanto a cerimônia era consagrada. No final, uma nova Rede de Luz foi conectada entre este Templo Sagrado e os Pontos de Luz no Japão e dali por todo o planeta onde existe um Templo Messiânico.

Entre um evento e outro, também a pedido da grande Sacerdotisa Pitya (Tia Neiva), com quem convivi em vidas passadas, visitamos o Vale do Amanhecer em Planaltina. Uma entidade que atendeu a Celiah perguntou-lhe o que fazia uma pessoa com tamanha Luz naquele lugar?!.... Ela simplesmente sorriu dizendo que fazia uma visita naquele Templo por conta de um convite que tinha recebido. Logo depois, levei a Celiah até o ponto de encontro estabelecido para a cerimônia de consagração. Era noite, e foi possível registrar vários momentos incríveis entre transfigurações dela e as presenças das “Bolhas de Luz”. Após este evento, uma nova Rede de Luz era também conectada com a Grécia e com todos os Pontos de Luz do Vale do Amanhecer pelo mundo inteiro.

Não posso deixar de mencionar o pequeno “Tour” que  Celiah fez em Brasília na noite do dia 25/11 em dois pontos distintos. Um foi na Praça dos Três Poderes e este fato relaciona-se a uma de suas vidas passadas. A consagração foi feita em forma de triangulação entre os Três Poderes da República – Executiva, Legislativa e Judiciária – para manifestar a Vontade Divina estabelecida na Cidade Luz que existe sobre a capital do País. Nesta noite, a presença das “Bolhas de Luz” foi marcante e surpreendente e novamente a transfiguração que ocorreu com ela, foi possível registrar nas fotos que tirei naquela Praça.

O segundo lugar – Pontão do Lago Sul - visitado na sequência daquela noite refere-se a um local onde costumo frequentar desde o meu retorno a Brasília. É um ponto de relaxamento quando me sinto estressado ou sobrecarregado emocionalmente com os reveses da vida. Lá, gosto de contemplar a beleza da criatividade humana. O projeto paisagístico e a arquitetura de Brasília que se vislumbra diante dos olhos, bem ao lado do Lago Paranoá. São momentos mágicos que tenho vivido por ali e o meu desejo pessoal era que a Celiah consagrasse aquele local como um Ponto de Luz, onde os Corações pudessem ser despertados para o Amor Sublime.

O último grande Portal de Luz

Na sequência de eventos em Brasília, fomos orientados sobre um novo Portal de Luz que deveria ser acionado no norte de Goiás, precisamente em Alto Paraíso. Este local era ainda uma incógnita para mim, pois durante a minha estadia naquela cidade – um período de 2 meses em 2007 e outro de 9 meses entre 2008 e 2009 -, só foi possível acionar um pequeno Portal de Luz para o resgate de seres desencarnados na época da escravidão, na época colonial.

Ainda assim foi possível em conjunto com os Portais de Luz de Uruaçu/GO, Caldas Novas/GO e Cristalina/GO, acionar a Grande Pirâmide de Cristal de Luz da Nova Era, localizada aqui em Brasília, ocorrida durante o Eclipse Solar de Maio deste ano.

Sobre o verdadeiro Portal de Luz em Alto Paraíso de Goiás, a única informação que tinha era que estava suspenso, devido aos ataques desfechados naquela época e que quase custou a vida de outras pessoas que estavam envolvidas para impedir essa abertura. No último instante, um desfecho fatal contra mim foi evitado pela intervenção direta do meu Mentor, e 3 dias depois a atuação do meu querido Mestre evitou que eu fosse preso, quando uma falsa acusação foi forjada contra mim.

Portanto, nesta tarefa de abrir este Portal de Luz em Alto Paraíso de Goiás, todo um planejamento foi feito pelas Forças da Luz através do Conselho Cármico, Comando Ashtar e dos nossos Mentores. A data só foi estabelecida depois que toda a estrutura de segurança estivesse concluída, pois durante a semana toda, vários acontecimentos ocorriam para impedir a nossa viagem e, tentativas de criar um conflito entre nós eram constantes.

Nave avistada nesse dia na frota que nos seguia
- Gostaria muito de ver uma nave!

 – dizia a Celiah antes da viagem.

A curiosidade dela foi influenciada também por minhas experiências de avistamentos de “óvnis” durante as minhas estadias anteriores naquela cidade Goiana. Como a orientação era cumprir a tarefa rapidamente e retornar em seguida, mencionei que talvez não fosse possível este desejo agora, mas sim em outra oportunidade.

Na véspera da viagem estava refletindo sobre a possibilidade de ocorrer novos ataques e a metodologia que poderia ser usada durante este trajeto. Comentava isto com ela, quando fui avisado sobre uma visita que estava chegando. Alertei-a sobre isto e aguardamos. A presença maravilhosa estendeu sua mão e dela emanou um lindo facho de Luz sobre a Celiah.

"Filha amada...

Saudação minha pequena flor de luz!

Em seu trabalho, na sua dedicação, eu me envolvo no seu abraço radiante de Amor.

Vim apenas para te deixar também o meu abraço... de Amor!

Sinta-se tranquila e serena, em tudo o que faças.

Uma limpeza se fez neste instante em tua volta.

Mantenha-se sempre atenta aos sinais que lhe enviamos.

Estamos permanentemente te protegendo e te amparando.

Desde a tua chegada a esta terra distante foste acompanhada por nós.

Saiba que estamos à sua disposição e sempre que necessitar basta pedir... use também o teu discernimento para separar o joio, pois o momento agora é de união entre os afins, esteja certa disto e confie no seu Deus interior, na sua divindade e esteja entre nós, em nossos Corações... como estamos em ti!

Manteremos contatos contigo... Filha das Estrelas!


Paz eterna,

Ashtar"


Antes de partir, o Comandante deixou-me uma instrução pessoal.  O aviso era tomar todos os cuidados necessários para a nossa segurança no plano físico, o que era do meu conhecimento estes procedimentos. Ainda mais que a minha missão neste trabalho era dar a segurança máxima para Celiah. Seria seu “Guarda-Costas”.


Assim que recebemos a permissão de partir, rapidamente nos preparamos e durante a madrugada, sob uma forte tempestade criada para encobrir a nossa saída, pegamos a estrada rumo ao norte de Goiás.

No meio do percurso, os ataques começaram com toda a intensidade mesmo com a Escolta das Bolhas de Luz, das Sondas e Naves que nos acompanhavam. Além disso, blindaram o nosso carro com uma malha energética que nos salvou de um “acidente” a menos de duas horas da cidade Goiana.

Mesmo alertado pela Escolta não pude evitar que este último ataque fosse tão preciso e me pegasse num momento de descuido. Uma colisão com capotamento quase ocorreu se a intervenção das Sondas não ocorresse naquele instante. O susto foi grande, mas conseguimos chegar a Alto Paraíso em segurança.

Aproveitei o percurso ao atravessar a cidade para mostrar a Celiah, os lugares interessantes, onde morei naquela cidade em anos anteriores. Ao pararmos num lugar para avistar o local onde o Portal seria aberto, decidimos descansar um pouco antes de prosseguir o trabalho, já que estávamos cansados da viagem e não tínhamos dormido na noite anterior.

Enquanto observava o Monte, comecei a ver os Arcanjos voando sobre aquele local, e uma imagem simbólica surgiu entre as nuvens identificando a Chama Trina. Imediatamente uma voz ecoou:

- O momento é agora, subam! – foi a ordem que recebemos naquele instante.

Entrei no carro e peguei a estrada que subia até a serra.

- É minha querida, Eles não perdem tempo não... já está tudo pronto lá em cima! Vamos nessa, depois arrumamos um jeito de descansar!

Em meia hora estávamos no sopé do Monte e prosseguimos a caminhada a pé pela trilha ao lado de uma cerca. Sempre atento acompanhei a Celiah durante todo o percurso até o cume. Chegando lá, disse para ela seguir a intuição, porque somente ela sabia o local exato. Isso eu ignorava devido aos ataques em anos anteriores. Então, deixei que ela encontrasse o ponto onde existia o Portal de Luz.

Durante toda a viagem o céu estava fechado e escuro, com poucos momentos em que o sol dava sua graça para nós. Durante a subida pela trilha, por duas vezes uma abertura surgiu por entre as espessas nuvens. Isso, para mim era um sinal positivo de que algo notável estava para ocorrer. Não tinha ideia nenhuma do propósito por trás daquele evento. Quando a Celiah disse: “É aqui!”, uma abertura surgiu novamente nas nuvens e o sol começou a irradiar uma forte luz branca. Naquele instante eu senti o tempo parar.

Olhei por todo o horizonte e nas proximidades as nuvens cobriam o céu, mas sobre o cume daquele Monte uma luz intensa do sol irradiava direto sobre o lugar onde estávamos. Celiah começou então, o ritual da abertura do Portal de Luz. A visão que tive naquele momento foi divina. Não há como descrever as sensações e nem a alegria que tomou conta de mim com o que presenciei. Procurei registrar cada lance através das fotos que tirei. Somente depois, já em casa, quando olhamos essas fotos percebemos a magnitude do evento.

Devido às características energéticas do local, soubemos em seguida que aquela tarefa fora decisiva para a ancoragem do Cristo Cósmico.

Aquele era o Portal de Maitreya.

Paz e Luz Eterna.

Shiwa & Parvati


Copyright © 2012-2013. Por Caminhando com o MestreTodos os direitos reservados. É dada permissão para copiar e distribuir este material contanto que o conteúdo seja transmitido integralmente e sem alteração, o autor seja creditado, seja distribuído gratuitamente, e esta nota de direitos e o link sejam incluídos. 
http://ernesto-shimabuko.blogspot.com.br/ 

x

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS