27 de dez de 2012

A Transição Galáctica



Canalizado por Ramaathis-Mam
 Dezembro de 2012  
 
 Que a luz e a Graça do Criador Infinito sempre estejam presentes em vossa vida.   
 Hoje vamos abordar um tema controvertido relacionado com a polêmica data de 21 de Dezembro deste ano, que está suscitando tanta inquietude no coletivo dos trabalhadores da luz. O universo é regido por paradigmas evolutivos axiomáticos que possuem sua finalidade específica. Vosso sistema solar se encontra dentro de uma dinâmica de transicao evolutiva determinada que nao está relacionada apenas ao calendario terrestre. As transicoes galáticas sao eventos registrados dentro de uma escala de mutacao cósmica singular e que afeta a um quadrante específico do universo. Vossa galaxia está num processo de mutacao energética-vibratoria que afeta a todos os sistemas solares que a integram e, especialmente, aos periféricos como o vosso. Este processo de elevacao das frequencias energético-vibratorias abrange um espaco de tempo terrestre de 26.000 anos. Durante este lapso de tempo cósmico ocorrem outros processos secundários que criam a infra-estrutura do novo padrão eletromagnético e gravitacional da galaxia.


 No decurso deste evento de mutacao galática chega a um ponto em que os sistemas solares periféricos como o vosso têm que cruzar o cinturao antimagnético da galaxia que modifica as frequencias energéticas e vibratorias dos planetas de vosso sistema solar. A Terra por ser um planeta de ordem evolutiva inferior, experimentará uma restruturacao e elevacao energética e vibratoria mais intensa que o resto dos planetas de vosso sistema solar. Estes eventos formam parte de um projeto pré-determinado de ascensao evolutiva que é ineludivel e vital para a ordem galática e cósmica. IIustrando gráficamente, diríamos que o universo é como uma grande empresa que constantemente está se re-estruturando. Vosso sistema solar estará transitando pelo cinturao antimagnético da galaxia a partir do mes de Dezembro. Isto, obviamente, será o inicio de uma nova sequencia evolutiva onde a infra-estrutura energética e vibratoria de vosso sistema solar e planeta Terra será suscetivel de modificacao.

 Com isto constatamos e desterramos qualquer conotacao apocalíptica que até agora tem sido gerada em torno de um tema que forma parte da evolucao natural dos sistemas solares e galaxias. Existem especulacoes com as afirmacoes da cultura maia no que se refere à transicao galática de vosso sistma solar. Os maias, ainda que possuissem certos conhecimentos cosmológicos, careciam de precisao e dos mecanismos científicos avançados para detectar este tipo de evento cósmico. Estas sequencias de transicao galática sao paradigmas axiomáticos que ocorrem no universo com a finalidade de impulsionar a evolucao.

 Existe uma avalanche crescente de especulacoes científicas, filosóficas e espirituais referentes ao evento cíclico que nós denominamos transicao galática. Há básicamente duas correntes de interpretacao do fenômeno cíclico de transicao galática:

 1- Uma propoe uma hecatombe planetaria que contribuirá à destruicao de vosso planeta e civilizacao;

 2- Outra é mais lógica e plausivel que estipula uma dinâmica de transformacao eletromagnética-vibratoria do planeta que impulsionara a ascensao ou expansao da consciencia espiritual da humanidade. Ambas correntes possuem seus seguidores e, conforme o nivel de consciencia em que se está vibrando, assim será a tendencia a alinhar-se com uma delas.

 Assim como vossos corpos físicos experimentam uma mutacao celular constante, análogamente a galaxia e seus sistemas solares tambem sao suscetiveis desta modificacao. A transicao galática comecou há 26.000 anos e finalizará quando vosso sistema solar cruzar o cinturao antimagnético da galaxia. O ponto crítico de transicao galática está ocorrendo desde o inicio do mes de Dezembro e terá um período de duracao de seis meses. Partindo desta informacao compreendereis que a data terrestre que vossos ancestrais calcularam menciona um ponto de transicao que é irrelevante em relacao aos ciclos cósmicos evolutivos. O tempo é relativo no universo e depende da localizacao gravitacional, energética e vibratoria dos planetas e galaxias na estrutura cósmica. A evolucao nao é um evento específico e sim um processo de transicao, que implica uma sucessao de acontecimentos que flutuam em funcao da evolucao das civilizacoes e os reajustes energéticos e vibratorios cósmicos pertinentes. Tudo forma parte de um programa magistral evolutivo onde até o mais ínfimo detalhe está programado. Com base nesta análise podemos assegurar que a data relacionada com os eventos cósmicos específicos é uma ferramenta de orientacao evolutiva. Vossos ancestrais conheciam a dinâmica da evolucao cósmica, mas o prognóstico que se atribui e eles é um elemento psicológico que tem certa conotacao mórbida inerente a vosso condicionamento humano. O que os maias quiseram transmitir-vos era uma mensagem de esperança criando um elemento intermediario e condicionante ao vincular um tempo determinado com um evento de evolucao cósmica de grande magnitude e relevancia para o futuro da humanidade.

 O libre-arbitrio está íntimamente vinculado com a dinâmica da vida e da evolucao e afeta diretamente a consciencia individual e global da civilizacao. Vós, como uma civilizacao em vias de transicao evolutiva, sois muito influenciados pelos efeitos psicológicos do espaco-tempo linear em que viveis, sem o qual vossa vida careceria de sentido. Isto forma parte de vosso programa de restricao evolutiva, porque o tempo cósmico é volumétrico e nao linear, como supoe vossos cientistas. Os paradigmas que usam sao errôneos, como tambem os cálculos resultantes deles.

 Vosso conhecimento científico, tecnológico e demais disciplinas se fundamentam em postulados axiomáticos e especulacoes. A infra-estrutura de vosso conhecimento é relativa porque se baseia em fragmentos distorcidos da realidade. Isto, por suposto, tambem forma parte de vossa restricao e programa de aprendizagem evolutiva sem os quais nao seria possivel evoluir. Os paradigmas de vossa ciencia sao fragmentos de realidades paradoxais que geram interpretacoes especulativas diversas, mas não reais e tampouco concretas.

 O que tentamos explicar-vos é que vossa civilizacao atual se encontra na interssecao evolutiva de crucial importancia que impulsionará os paradigmas futuros de vossa evolucao. O mais importante é que estejais conscientes da necessidade de ativar vossa consciencia e sensibilidade espiritual. Este é o mecanismo que tem o poder de modificar e harmonizar qualquer alteracao eletromagnética e gravitacional que possa ocorrer em vosso planeta. A chave do processo de transicao galática nao é esperar que se cumpram determinadas previsoes as quais sois muito adictos, e sim compreender que vosso nivel de consciencia e sensibilidade incidem direta e proporcionalmente na psicosfera planetaria e em seus campos eletromagnéticos e gravitacionais.

 Todo o universo está interconectado e interrelacionado e funciona como uma unidade coesiva e sinérgica que sempre tende ao equilibrio e à mutacao. Sois células evolutivas mutantes com o potencial de influenciar e modificar o ecossistema e as estruturas energéticas e vibratorias do planeta. Sois uma unidade homogênea que está vibrando numa mesma frequencia planetaria que muda quando vibrais em harmonia com a vida e a evolucao cósmica.

 Nossa mensagem é que utilizeis este tempo de transicao galática como uma conjuntura especial para que integráis os paradigmas energético-vibratorios e espirituais da nova sequencia evolutiva. Estais plenamente imersos na transicao galática e é imperativo que vos sintonizeis com a mutacao vibratoria e energética da Terra para evocar e expandir a consciencia divina que há em vosso interior. Tudo forma parte do plano divino da evolucao, e estais sendo incentivados para que instaléis o código fonte de harmonía, paz e amor solidario e fraternal que Deus tem colocado em vosso interior. 
 
----.....---==II==----.....----
 
 http://www.atlantisangelis.org/



 Tradução:   Caren D. Frizzo -   contact@atlantisangelis.org  

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS