6 de fev de 2013

Mensagem de Mãe Maria



Amados Filhos,


Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

É tempo de permitir que a alegria e a leveza se sobreponham a dor e ao sofrimento, decorrentes da atuação exacerbada de vossos egos.

Conquistastes o direito de serdes felizes, amados!

Correi atrás de vossa felicidade, buscando permitir a entrada do “outro” em vossas vidas, abrindo a porta para a comunhão com todos aqueles que compartilham vosso dia a dia, sendo transparente na manifestação de vossos pensamentos, sentimentos e emoções.

O novo tempo não aceita mais a dissimulação, a falsidade, a ganância, o egoísmo.

O novo tempo só aceita o amor e a verdade.

Ser feliz ou não é a escolha do ser humano neste momento, lembrando que para ser feliz é preciso que vos entregueis ao amor e a verdade.

Quem ama respira e compartilha alegria, compreensão, leveza, plenitude; quem ama não transige com a verdade, aquela que vos coloca como iguais, que vos identifica como Filhos do mesmo Pai, que vos pede compreensão, tolerância, paciência, aquela que só se expressa através da voz de seus corações.
Esta é a hora e este é o momento em que seguir em frente passa pela aceitação da verdade de vossa origem, de vossa descendência divina e da responsabilidade que aceitastes ao escolher encarnar nesse vosso planeta dual.

Sim, a dualidade vos foi ofertada para que pudesses compreender o propósito de vossas encarnações através de vossas escolhas, manifestando o livre arbítrio a cada ato e a cada fato ocorrido no dia a dia da longa trajetória que vos oferece sempre a oportunidade de sobrepor luz sobre a escuridão.

A luz é a herança que viestes resgatar na Mãe Terra.

É hora, pois de reinvindicá-la, assumindo vossa verdadeira face, revelando vossa escolha em vossa maneira de pensar, sentir e agir.

Um Filho de Deus pensa com amor, sente amor e age através do amor, amor que sempre está presente, não importa o desafio, não importa a dificuldade, não importa a falta de compreensão com que se depara nesse mundo permeado pela injustiça, pelo egoísmo e pela separação.

Vosso mundo continuará revelando a dualidade em tudo e em todos.

Cabe a vós, Filhos da Luz, dizer não a dualidade, dizer não ao egoísmo, dizer não a falsidade, dizer não ao limite, a doença, a dor, ao sofrimento e ao anjo da morte.

Cabe a vós exercitar a “entrega”, entregando-vos aos desígnios de vossas almas, cultivando a alegria, vivenciando o amor, buscando a unidade que gera a plenitude, para que o poço da incompreensão seja finalmente selado, dando lugar ao ser íntegro que não precisa mais passar pela experiência da morte física para cumprir a missão de ser um Filho da Luz que clama pela juventude e pela imortalidade do corpo, clama por exercitar a troca justa, a troca que permite a todos terem tudo que os faz feliz.

Bem amados, mergulhai fundo no âmago do vosso ser, exercitando o silêncio, acalmando vossos sentidos físicos, buscando na quietude da mente a revelação da luz, luz que vos manterá plenos e, na plenitude, vos permitirá, finalmente, viver em paz.

Bem amados, que vossas orações alimentem com amor e verdade a mente e os corações de todos os vossos irmãos, para que a vida possa ser vivenciada distante do caos, da dor e do limite, revelando a todos a grandeza da vida que pode ser compartilhada entre os Filhos da Luz habitantes do planeta azul.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.


Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS