21 de abr de 2013

O Manuscrito da Sobrevivência - Parte 301 - 18.04.2013


Como já confirmaram, as ondas vêm e vão e, por vezes, é como se os vossos pés tivessem desaparecido debaixo de vós. Mas outras vezes, irão sentir-se erguidos e sentirão como surge o poder das ondas, transportando-vos mais alto e mais tempo do que nunca. Pois tal é a natureza dessas ondas. Não estão aqui para vos afogar, mas para vos erguer para esse objectivo tão fugidio que procuraram durante tanto tempo. E podemos perguntar: E qual é esse objectivo? Pensamos que todos começaram a encontrar a verdadeira resposta para isso. Pois no início, aquilo que para muitos começou como sendo uma busca pelo mundo perfeito, virou-se agora para o vosso interior. Começaram todos a ver que o paraíso não é algo que se encontre no vosso exterior, é algo que realmente vem de dentro. E logo que descubram isso, podem começar finalmente a construir o vosso futuro na base mais sólida de todos eles, nomeadamente aquele que vocês trouxeram sempre convosco.


Durante milhares de milhares de anos a Humanidade construiu os seus alicerces sobre outras construções mais frágeis. Realmente foram muitas e elas estavam ligadas ao nome de família ou linhagem, ao governo ou mesmo à religião. Mas todas elas, não interessa quão intimamente estejam ligadas a todos vós, são construções exteriores e nada para construir o vosso futuro. Não falamos no desrespeito completo pelo vosso próximo, nada podia estar mais longe da verdade. Não, o que referimos é o facto de que, há muito tempo, a Humanidade procurou fora dela, toda e qualquer espécie de salvação. Parece que se a encontrou, descobriu apenas, que era instável. Pois por mais sólido que vos possa parecer o chão sobre o qual estão assentes, não é senão um território de areias movediças, se não tiverem no vosso interior a fundação sólida como uma rocha, que realmente necessitam. Porque então e só então, podem começar a construir tudo à vossa volta.

É assim que este processo funciona, o derrubar de tudo o que é velho e mal construído, e a reconstrução da fundação mais sólida de todas. Nomeadamente o facto de que realmente são seres soberanos, completos e perfeitos, e prontos para sair para o mundo como tal. E quando fizerem, irão começar a interagir com todos os outros novos seres de rocha sólida que vos rodeiam, sob a forma de companheiros e companheiras. E juntos, ireis construir o mundo dos vossos sonhos. Mas tornamos a dizer, o sonho deve começar em casa tal como era, com o desmantelar completo de tudo o que é velho e de nível inferior que possa apresentar-se no interior, porque então, para tornar a colocar as peças boas juntas e construir este ser imortal de rocha sólida em que todos estão a emergir. Pois o que falamos hoje não é novidade, porque vocês não são novatos neste processo. Estão neste processo de construção há muito tempo, e agora chegou a altura de vigiar essa estrutura magnífica que estão prestes a completar. Por vezes pode ser difícil, no meio deste caos aparente ver quão poderosa esta estrutura é e como está num sítio de construção normalizada, sem vigilância da matriz, pode ser muito difícil ter uma imagem clara do que vem a caminho nesta massa confusa de trabalhadores atarefados. Mas temos as matrizes, queridos, e podemos ver como estão todos cheios de fé para segui-las, e assim, podemos ver claramente como estão perto de pôr no lugar, a pedra final da estrutura, e declarar que terminou o vosso trabalho de reconstrução de vós próprios.

Pode não ser todo o conforto que precisam em momentos como este, quando os ânimos voam e a irritação pode tornar-se elevada nesta enxurrada final de retoques antes da revelação. Mas, acreditem em nós quando dizemos que, mesmo que possam sentir-se, de vez em quando, um pouco estressados , e que se sintam tão distantes do produto final, como sempre, saibam que não é assim. Porque não estão a ficar para trás, de maneira nenhuma, e irão todos cumprir a meta final que impuseram a si mesmos para esse processo. Portanto, não se preocupem, mesmo que às vezes possam sentir como se a totalidade da vossa estrutura estivesse amarrada à espera de um colapso. Pois de facto a vossa construção, desta vez, está erguida em terreno sólido e não sobre as areias soltas e traiçoeiras do ano passado e, como tal, pode sobreviver a qualquer coisa que possa estar à espera de aparecer. Não dizemos isto por implicar qualquer tipo de evento cataclísmico, mas apenas para vos recordar que agora são construídos de materiais resistentes, e quer faça chuva ou faça sol, tempestade ou calmaria, vocês vão estar de pé, altos e orgulhosos, e com razão. Pois o que fizeram, foi construir algo que vai durar e durar, e quando começarem a conhecer este novo Eu melhor, também irão ver o futuro brilhante que vos aguarda. Não apenas como indivíduos brilhantes, mas como a totalidade de um belo conglomerado de estruturas magníficas, todas ligadas de tal modo que tornarão insignificante tudo o que se queira comparar com elas. Visto que não é a Fada Morgana ou uma miragem (NT: fada das miragens), isto é o verdadeiro paraíso que vocês estão a construir. Pois, quando lutam e empurram para obter as peças finais encaixadas na vossa própria configuração pessoal, estão a fazer, simultaneamente, o mesmo para o planeta inteiro. Pois é deste material que os sonhos são feitos. Não de mera ficção, mas sim de factos que vocês já começaram a fazer com que se tornassem realidade, ao fazer que vós próprios se tornem realidade. Os verdadeiros humanos, baseados na sua própria convicção daquilo em que se tornaram, nunca mais serão aniquilados e, como tal, o paraíso já está a erguer-se das cinzas do velho. E vocês são os que fazem isso acontecer, ao fazer o trabalho árduo de reconstruir o vosso ser pessoal a partir de zero. Agora, por vezes podem sentir tonturas, pois começaram a erguer o vosso novo eu a alturas tão dignas, que já estão a elevar-se acima das antigas reminiscências daquilo que costumavam ser. Queridos, agora não têm necessidade de olhar para baixo, mantenham-se apenas concentrados no alto e terão uma oportunidade melhor para terminar todo o processo sem serem muito sobrecarregados pela vertigem.

Pois recordem, ainda não estão acostumados a mover-se nestas esferas elevadas, chamemos-lhes assim, e como tal, sentir-vos-eis um pouco inseguros e instáveis, apoiados nos vossos pés. Portanto, mantenham-se focados para onde vão, e não percam muito tempo a considerar de onde vieram. Desta maneira, o vosso coração seguirá os vossos olhos, e encontrar-se-ão a lutar pela vossa realização de um modo que vos ajudará a atingi-la mais rapidamente do que se passassem demasiado tempo a olhar para trás, por cima do ombro. Pois não vão regredir, vão, simplesmente, continuar a seguir em frente, e é o que fazem todos os dias, mesmo nas ocasiões em que sentem como se estivessem a manter a vossa preciosa vida, quase a ser atirados novamente para o chão. Mas creiam que não é esse caso, é apenas o sinal que ainda não estão acostumados ao ar mais puro dessas alturas. Por isso não se apressem e vão mais devagar quando sentem necessidade de fazê-lo. Como dissemos, não correm o risco de perder o tempo estipulado para a realização. Por isso, dizemos novamente, que tudo está bem, e mesmo que toda a vossa estrutura, por vezes, pareça balouçar, está mais sólida do que possam pensar e pode aguentar tudo isso. Porque sois feitos da mesma matéria das estrelas, realmente todos são estrelas e brilham esplendorosamente, mesmo em plena luz do dia. Não apenas hoje, mas para sempre.


Channel: Aisha North
Tradução:Maria Luísa de Vasconcellos
http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/

x

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS