27 de ago de 2013

A Grande Fraternidade Branca


Mensagem de Mãe Maria


Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
A fonte do amor reside na paciência infinita que precisais despertar em vós.
A paciência gera equilíbrio, e o equilíbrio faz acordar vossa visão, expandindo vossa compreensão e alimentando vosso poder de compartilhar.
Quem compartilha age com desprendimento, sem se importar com resultados, sabendo que a semente do amor sempre pode ser plantada, não importa onde, não importa como, mesmo quando inserida em um “não”.
Sim, amados, um “não” pode estar preenchido do mais sublime amor.
Amar não significa sempre dizer sim, sempre estar disponível; amar é um estado de ser que revela a consciência do Criador, e o Criador ama sempre, mesmo quando esse amor se manifesta através de desafios ou de aparentes perdas.
Lembrai-vos que estais encarnados e vivenciais vossas experiências no mundo da ilusão, e o mundo da ilusão está ainda revestido de múltiplas camadas de densidade que não vos permitem enxergar a verdade contida na lei de Deus-Pai-Mãe que rege causa e efeito.


Causa e efeito vos traz a compreensão de que inexiste injustiça no mundo da terceira dimensão.
O que vos faz crer na injustiça é o desconhecimento de todos os atos que praticastes ao longo de vossa jornada, e que mostram seus efeitos na vida do dia a dia.
A justiça divina sempre está presente em vossas vidas e na vida de vosso planeta.
É preciso ir além do mundo da ilusão para compreender o propósito de tudo que permeia vossa existência, e compreendendo que o vosso passado é responsável por vosso presente é possível sim expressar só amor, em todos os atos, em todas as ações.
O mundo precisa de amor, eis que só o amor dissipa a ilusão da separação revelando a beleza das diferenças que completam os iguais.
Essa é a magia de vosso mundo, onde os iguais se manifestam sob múltiplas faces, revelando múltiplos povos, múltiplas nações, múltiplas linguagens, múltiplas religiões. 
 É preciso, pois que o ser humano reconheça essa verdade, de que todos são iguais, e que o amor é a linguagem a ser resgatada para manifestar essa verdade.
Sem amor o ser humano só reconhece falsas diferenças, sem amor o ser humano continua  alimentando o ódio e a separação, sem amor a paz é uma utopia, sem amor sempre haverá desigualdade, sem amor a plenitude que precisa ser vivenciada por todos continuará a ser apenas um sonho, sem amor vosso planeta continuará a ser o mundo dos desiguais.
Propagai, pois o amor no mundo, amados, exercitando a paciência, revelando compreensão, alimentando a igualdade, o discernimento e a clareza, para que a vida resgate seu verdadeiro sentido, e para que os desafios não mais sejam considerados castigos, mas sim bênçãos que vos permitem quitar débitos passados resgatando, paulatinamente, a liberdade que vos permite escolher conscientemente, o caminho a seguir.
Amados, aproveitai este momentum quando todas as portas estão abertas, para buscar deixar emergir o verdadeiro amor, o amor divino, o amor que não reconhece fronteiras, o amor que se revela em todas as circunstâncias da vida, não importa onde, não importa como, não importa com quem e por que.
Assim vosso mundo será inundado com a essência crística que tudo provê, e vós, e todos os vossos irmãos, finalmente vivenciarão a plenitude que permeia a nova Idade do Ouro na Mãe Terra.  
Bem amados, que vossas orações emanem sempre a frequência de luz do amor incondicional, para que vossos irmãos possam clarear suas mentes e corações e reencontrem o caminho da luz.
Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos com o meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

Web: www.luizantonio.com.br
E-mail: luizantonio@luizantonio.com.br 

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS