14 de ago de 2013

Os intensos vazios que percebemos


Mensagem da Amada Maria
Canalizada por Elsa Farrus
Em 13 de agosto de 2013

Amada menina, sou Maria.
Vocês estão entrando na vibração da serenidade interior.
Para que isso se dê em cada um de vocês, portas estão se fechando bruscamente ao seu redor, produzindo um vazio que pode realmente desesperá-los e demorará alguns dias, até 29 de agosto, para o novo tomar forma.

Permitam seus combates, permitam-se descansar em sua medida.

Pode ser que muitos de vocês sintam um grande vazio na alma.

É também das perdas na antiga terra que  vocês podem sentir que algo se move.

E em seu DNA podem sentir memórias do passado, inclusive de catástrofes, que não devem acontecer.

São somente memórias de seus campos quânticos de energia.

Amados irmãos, vocês estão numa grande reconstrução de memória.

Alguns a fizeram gradualmente e outros fazem mais bruscamente em função de sua capacidade de desapego.

Nós os convidamos a soltar, a crescer e a não se desesperar.

Esta força entrante tão sumamente forte em seus corpos físicos os deixa muito cansados, mas é o fluxo do novo.

É como quando uma onda sai para voltar à praia com mais força.

Por isso vocês vão compreender os tempos do Não Tempo.

Vocês saberão integrar.



Todo o novo se dá a partir de vocês.

Se vocês são capazes de integrar o novo, isso os ajuda a poder atrair e multiplicar as redes de conexão com seus verdadeiros propósitos de Alma.

Mas não se trata de enfocar e obter.

Trata-se de esperar a construção da estrada para transitar por ela.

E isto está acontecendo.

Nós estamos em uma verdadeira remodelação de seus corredores tempo espaço, em uma verdadeira remodelação de sua energia e de seus corpos energéticos e em uma integração de todos os seus campos de memória.

E tudo isso necessita de seus períodos de paz e de seus processos.

Então não comparem: cada ser caminha pouco a pouco em direção de sua origem e seu verdadeiro caminho pessoal.

Deixem fluir a nova realidade.

Deixem que tudo isso ocorra em harmonia.

Não acelerem o tempo.

Não condicionem os processos.

Cada ser tem seu ritmo e sua paz.

Obrigada por sua vontade.

E não sintam inquietação pela agitação de suas sensações.

São reais, elas estão agitadas, inclusive suas percepções, porque estão ocorrendo mudanças infinitas.

Mas vocês não poderão controlá-las, porque em Gaia o controle desaparece e nasce a harmonia.

Fluam e identifiquem.

O resto se introduzirá em sincronia.

Um forte abraço desde o Sol de Alcyon,
Amada Maria




Obrigada por compartilhar esta mensagem.

Um abraço,
Elsa.



Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/ 

x

Sugestão do Editor.

AS 10 MAIS DO MÊS