16 de fev de 2015

Matrix.

Agenda Satânica de Hollywood (Episódio 9): Pílula vermelha e Gnosticismo: A interpretação filosófica do filme Matrix.

O filme “Matrix” , em 1999 gerou milhões de dólares, ganhou quatro Oscars e é considerado um dos filmes  mais influentes  da década de 90, ironicamente há muitas análises e poucas realmente respondem a pergunta:  o filme é a favor ou contra a elite? Conheça o significado esotérico e a filosofia religiosa do filme e outros detalhes simbólicos de suas sequências.


Ao contrário do que muitos cristãos passaram a acreditar, “Matrix” não só não é um filme cristão, mas é completamente anti-cristão. O personagem de Neo, é muitas vezes idealizado como um Jesus simbólico, é na verdade uma alegoria do Cristo cinematográfico, usado ​​para transportar o espectador para a filosofia do “homem-deus” das filosofias ocidentais. Para uma pessoa familiarizada com as doutrinas esotéricas, não é difícil reconhecer o gnosticismo indiscutível que envolve o filme. Se você é um novo leitor do Apocalink e não sabe o significado de “gnosis” vou incluir o link de um trecho do artigo sobre o filme “300“, onde Leônidas casualmente desempenha o papel de Cristo cinemático.

Gnosis e o Mito Pistis Sophia 


Na cosmologia gnóstica primeiro e mais importante é o Deus desconhecido, então é a deusa Sophia (Sabedoria), que em seu desejo de ser adorada, tenta procriar sem o consentimento do seu consorte. Este ato, que foi tomado como uma aberração, a leva a dar à luz a um ser abortado: o Demiurgo. Para os gnósticos este Demiurgo é Javé ou Jeová, o Deus cristão.

Tendo criado esta “aberração” , Sophia é banida para uma área remota do cosmos com seu filho, o Senhor (Deus), este foi considerado um deus muito poderoso, mas uma vez ignorante, faz o universo físico material em que vivemos e cria a humanidade, Adão e Eva. Os gnósticos ensinavam que fomos criados por um deus do mal, e que ele foi expulso do céu. Neste ponto, podemos ver a reversão da história, pois foi Lúcifer que foi expulso do céu. Neste mito gnóstico, Deus, torna-se o demônio, sujeitando a sua criação em este plano físico material.



A história se inverte ainda mais quando Sophia descobre o que o Senhor fez, de acordo com os gnósticos, que se compadeceu da humanidade presa nesta ” matrix “e enviou a serpente (Satanás), ao jardim do Éden. A sua missão é ensinar-nos que temos a “centelha divina”, e como o criador, o Deus desconhecido, podemos ser deuses(oôô NÃO ME DIGAM,  essa velha promessa existe em todas as religiões!). É evidente que esta ideologia representa Lúcifer como Salvador, que através do conhecimento e da sabedoria liberta o homem das amarras do mundo material.

‘‘E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.” ( Gênesis 3:2,6)

Dado esse tom filosófico, devemos reconhecer que o filme “Matrix” faz referência direta ao mito de Pistis Sophia. A Matrix é o mundo material criado pelo Demiurgo (Deus), que nos mantém prisioneiros da “verdade” ou verdadeira “iluminação”. Esclarecido este ponto, continuamos com o significado do filme.

Neo, o Salvador


Thomas Anderson (Keanu Reeves) desempenha o papel de um programador/hacker com um problema de existencialismo, ele, como muitos iniciados nas escolas de mistério, está motivado ao sentir que há algo errado com este mundo, algo que não consegue explicar, mas que está lá, nas palavras de Morpheus: como um zunido na sua cabeça , deixando-o louco . Do ponto de vista Gnóstico Neo acorda da de sua prisão mental e, em seguida, é levado para o resort, a estrada “necessária” para “iluminação”.

     Neo, na perspectiva de um iniciado no esoterismo e uma figura messiânica midiática. 

Nesta primeira parte, podemos ver alguns paralelos com a história gnóstica de como Neo Anderson é uma alegoria de Adão, ignorante e preso em uma prisão material, como um dos bilhões de presos na Matrix . Desta forma, o iniciado nunca poderia ser auto-suficiente, ele precisa ser “despertado”, como foi sugestionado na primeira cena em que Neo está dormindo na frente do seu computador. Muitos dos filmes gnósticos usam um meio de comunicação entre a divindade e o iniciado. Neste filme, é através do computador que Morpheus pode “acordar” Neo. Isso mesmo, Morpheus representa Lúcifer.  Após esta cena, uma mensagem acorda Neo. Em seu computador estão escritas as palavras “Acorde Neo. a Matrix tem você. Siga o coelho branco “, o que remete à busca de iluminação esotérica e uma referência direta ao controle da mente monarca (buraco do coelho: Alice no país das Maravilhas). Em seguida, é interrompido pelo som de uma batida na porta e um rapaz Choi, ao receber o software pirata que Neo lhe deu (ainda era Thomas Anderson), choi afirma “Você é  o meu salvador, o meu Jesus Cristo pessoal “. Esta afirmação esconde a complexa profecia de Neo como salvador. Ele não sabe ainda, mas será lançado no gnosis, para ser desligado da Matrix, o ser seu próprio Jesus Cristo. Durante alguns segundos, vê-se que o número do apartamento de Neo é “101”. “101” é o código de linguagem universal para computadores e também representa o fato de que  Neo é o 1 (um) ao infinito (0). Consta que Jesus viveu até aos 33 anos, ressuscitou 3 dias após a sua morte. Neo regressou à vida, na sala 303 ( 33), após o beijo de Trinity.

O Coelho Branco na tatuagem e o encontrar a profundidade do buraco do coelho é o começo do despertar gnóstico.

Depois de seu primeiro e breve encontro com Trinity, Neo retorna ao seu trabalho normal, onde Morpheus o avisa sobre os agentes da Matrix(Quem são os agentes da matriz, no mundo de hoje, caro amigo do Apóca?). Neo é preso e isso leva a uma cena muito simbólica em teorias da conspiração.

Em uma espécie de “profecia” hollywodiana a data marca o nascimento de Neo em 11 setembro de 2001.

 

Isso é chamado de programação preditiva e é utilizada nos meios de comunicação para doutrinar a mente subconsciente dos próximos ataques de falsa bandeira. Se você ainda acredita na história oficial do ataque de 11 de setembro ao WTC, tem um sério problema de programação preditiva. Por outro lado, é também a maneira pela qual a elite ri da nossa cara.Continuando  com o filme … Neo é subornado para entregar Morpheus em troca de seus crimes como um hacker. Quando ele se recusa, este é “chipado” com uma espécie  de inseto robótico e então acorda em sua cama, como se tivesse sido um pesadelo. Em Matrix, é difícil você saber se o personagem de Neo está dormindo ou acordado, assim como o personagem de Edward Norton e na analise do filme ” Clube da Luta “.

Como os leitores devem ter notado, alguns agentes de Matrix recorrentes representam o verdadeiro Deus cristão, que de acordo com os gnósticos, é o verdadeiro opressor da humanidade. A onipresença do Deus bíblico é simbolizada pelas diversas formas que os agentes são transformados e podem chegar a qualquer parte do Matrix.

Após  este incidente,  Morpheus  vê Neo em pessoa. Este diálogo é um dos mais complexos e implica a importância da Maçonaria e o alegado “despertar da consciência” esotérica. Da mesma forma, muitos têm conectado esta cena ao lançamento das mentiras da Nova Ordem Mundial, deixando a Matrix para lutar contra um grupo de elite que habitam mansões de luxo. Embora pareça lógico, o real significado é menos esperançoso e acaba arrastando alguns buscadores da verdade para a doutrina da nova era.

Neo sobe as escadas para se encontrar com Morpheus, ele está passa por um piso padrão quadriculado maçônico, literalmente, uma referência à ascensão dos planos espirituais, branco e preto representam a lei “bem e mal” luciferina dualista.  Em termos bíblicos, Trinity é uma alegoria de Eva, levando ao Adão(Neo) a comer o fruto proibido de Lúcifer (Morpheus).

O padrão maçônico = conhecimento

Neo e Morpheus, uma versão de Adão e Lúcifer hollywodiano.

Este representa o primeiro grande dialogo do filme entre Neo e Morpheu, além de ser gancho para uma série de eventos posteriores ( mesmo serão vistos os personagens retornando a este local mais tarde ) também dá o tom do que virá a seguir. A conversa é para lá de reveladora e dificilmente quem a vê não sente que Morpheu esteja falando na verdade é com espectador que indiretamente se coloca no lugar de Neo naquela cadeira.

( Finalmente Neo é apresentado a Morpheu. Chove torrencialmente e o ambiente não é nada convidativo. Feitas as apresentações Morpheu pede a Neo para sentar e inicia-se a seguinte conversa )

Morpheu :

-Eu imagino que você esteja se sentindo um pouco como a Alice entrando pela toca do coelho.
( Neo está meio assustado e ao mesmo tempo se revela curioso )

Neo :

-Você tem razão.

( Morpheu sorri e brinca com descuido com uma pequena caixa de metal entre seus dedos )

Morpheu :

- Eu vejo nos seus olhos. Você tem o olhar de um homem que aceita o que vê porque está esperando acordar. Ironicamente não deixa de ser verdade.
– Você acredita em destino, Neo?

( Neo olha meio sem entender para Morpheu )

Neo :

- Não

Morpheu :

- Por que não ?

( De maneira rápida Neo responde )

Neo :

- Não gosto de pensar que não controlo minha vida.

( Ainda sorridente Morpheu continua, só que ao longo da conversa seu tom de voz fica mais sério )

Morpheu :

- Sei exatamente o que você quer dizer.
– Vou te contar porque está aqui : Você sabe de algo.
– Não sabe explicar o quê. Mas você sente.
– Você sentiu a vida inteira : há algo errado com o mundo. Você não sabe o que é, mas há. Como um zunido na sua cabeça te enloquecendo. Foi esse sentimento que te trouxe até mim.
– Você sabe do que estou falando?

( Neo com uma cara meio de aturdido responde quase sem voz )

Neo :

- Da Matrix ?

Morpheu :

- Você deseja saber o que ela é?

( já aparentando um pouco de medo Neo fala bem baixo )

Neo :

- Sim.

Morpheu :

-A Matrix está em todo lugar. À nossa volta. Mesmo agora , nesta sala .
– Você pode vê-la quando olha pela janela ou quando liga sua TV;
– Você a sente quando vai para o trabalho, quando vai à igreja, quando paga seus impostos….
– É o mundo que foi colocado diante de seus olhos para que você não vise a verdade.

Neo :

- Que verdade?

( a mesma pergunta que Pôncio Pilatos fez a Jesus Cristo )

Morpheu :

- Que você é um escravo. Como todo mundo, você nasceu num cativeiro, nasceu numa prisão que não pode sentir ou tocar. Uma prisão para sua mente.
– Infelizmente é impossível dizer o que é Matrix. Você tem que ver por si mesmo.
– Esta é a última chance . Depois não há como voltar .

Morpheu :

- Se tomar a pílula azul a história acaba e você acordará na sua cama acreditando no que quiser acreditar.
– Se tomar a pílula vermelha ficará no País das Maravilhas e eu te mostrarei até onde vai a toca do coelho.

Morpheu :

- Lembre-se tudo o que ofereço é a verdade . Nada mais.

Neo escolhe a pílula vermelha, que é um outro simbolismo do fruto proibido do Éden.

Você provavelmente está se perguntando: “Você não disse que Neo é Jesus agora fala que é Adão?”. Bom questionamento. Isso ocorre porque no gnosticismo, Jesus e Adão têm a mesma natureza humana, tirando sua divindade. Um dos objetivos da elite é humanizar a figura de Cristo para colocar o nível de Buda, Maomé, ou Krishna. Somente desta forma podem dizer que ele era um profeta e que, como outros “iluminados”, tornou-se o Cristo, graças ao seu suposto conhecimento ocultista e viagens para o Himalaia, onde aprendeu diversas técnicas yogis. Entre as mentiras de Lúcifer, o sangue de Cristo não tem poder para salvar, apenas conhecimento. Após isso Neo aceita a oferta de Morpheus como “verdade”, é desconectado da Matrix e acorda e consegue ver a realidade de sua verdadeira natureza na Matrix. Tudo é uma ilusão e que ele é um escravo sob o controle das máquinas.

Para os gnósticos, aqueles que não conhecem a “verdade” gnóstica são como as pessoas em uma prisão que não podem ver ou tocar.

 

Neo é reabilitado no mundo real e é treinado para agir na Matrix como um lutador com diferentes estilos de luta e conhecimentos em armas. Por isso também pode desafiar as leis da gravidade, este treino visa torná-lo seu próprio Deus pessoal.  Outro personagem bíblico podemos identificar é o de Cypher,  então trai Neo da mesma forma que Judas traiu Jesus.

  Cypher


Ele é uma alusão a Judas, que traiu Cristo. Cypher traiu os colegas. Ele estava cansado de viver na realidade, a comida era péssima, o ambiente, não havia aquele prazer ilusório da matrix, ele queria voltar a viver na matrix, comer aquela comida saborosa (mesmo que ilusória) ter acesso a todos os prazeres, a ilusão era mais saborosa que a realidade, ele queria esquecer tudo e voltar a viver na matrix “ignorância é uma benção” dizia.  Muitas pessoas fazem o mesmo, não querem aceitar certas verdades por serem dolorosas demais, preferem viver felizes na ilusão,mas com menos preocupações , não suportam que são iludidas e enganadas, que são escravas neste mundo ilusórios. es são: O que hipnotiza estas mentes são o peitão, bundão, o sucesso, status, fama, dinheiro, prostituição, posição social. Não querem saber que tudo aqui tem prazo de validade. “Ignorância é felicidade”, ou :  olhos que não vêm, coração que não sente. Cypher (fonéticamente parece : cífer) repare na semelhança com o nome Lucifer, ( imagine o nome assim: lucypher).

Chaveiro



Chaves que abrem portas, podem ser chaves para conhecimento, por exemplo em alguns livros de ocultismo “chaves” são segredos, exemplos : “The keys of Solomon” ( as chaves de Salomão ). Na simbologia esotérica, as chaves representam a iniciação , a habilidade que o iniciado possui para abrir e  deslocar-se  entre diferentes realidades…  Pedro ( cristianismo)  ou o Janus ( mitologia romana)  são representados como portadores da chave…Neo, ao encontrar o Arquiteto com a  ajuda do Chaveiro, é colocado diante da necessidade de escolher entre duas portas…

A DAMA DE VERMELHO


A DAMA DE VERMELHO simboliza o aspecto carnal do ser humano, sempre com a promessa de uma vida melhor, fama, fortuna, sexo desenfreado e poder. Todo ser humano deve colocar de lado o seu lado carnal para o caminho da “iluminação”. Este curso de interpretação gnóstica é uma maneira de lidar com o pecado, sem a necessidade de arrependimento e fé em Cristo.

No simbolismo de hollywood, a dama de vermelho sempre engana, manipula, rouba, desvia, seduz ou morta (ela é uma armadilha).

Outros significados Aqui estão alguns significados do nome do filme:

Morpheus:

Na mitologia grega , Morfeu é o deus dos sonhos. No filme, ele é o líder das forças rebeldes que lutam para despertar os seres humanos uma realidade de sonho chamado a Matrix. Outra palavra que começa com ” MORPHEUS”em sua raiz morph é” morfina” é uma droga que é utilizada principalmente na medicina como um analgésico e um sedativo (para induzir o sono. )

As naves:


Nave Nabucodonosor: ( deriva de NEBO, que era o deus babilônico da sabedoria). Na Bíblia, Nabucodonosor , rei da Babilônia , que buscou o significado de seus sonhos enquanto Morpheus procura um oráculo para interpretar a realidade – que é realmente um sonho. Na nave havia uma inscrição “Mark III nr 11 “, que poderá ser uma alusão ao Evangelho de Marcos 3:11 que diz “E quando os espíritos impuros o viam,  gritavam : Tu és o filho de Deus”

Nave OSÍRIS: O nome da nave cujo último vôo serviu para alertar os habitantes de Zion ( nave Osíris ) da iminente invasão das máquinas foi emprestado de uma das principais divindades do panteão egípcio E adorada pelos illuminati. Esposo  de Ísis e pai de Hórus, foi Osíris quem ensinou as artes da civilização aos primeiros egípcios. Foi assassinado por seu perverso irmão Seth, que desmembrou seu corpo e espalhou os pedaços por toda a Terra, obrigando Ísis a percorrer o mundo inteiro para reunir os membros de seu marido morto. Depois que seu corpo foi reconstituído, Osíris ressuscitou e passou a reinar sobre o Amenti, o paraíso egípcio situado no Além-Túmulo. A peregrinação de Ísis em busca de Osíris inspirou a criação dos Mistérios de Ísis, uma religião iniciática onde as etapas da jornada da deusa simbolizavam as diferentes fases do processo de iniciação. Os Mistérios de Ísis foram um dos antecessores que influenciaram o gnosticismo. Os gnósticos reinterpretaram o mito de Osíris como um símbolo da queda da divindade primordial no mundo ilusório da matéria e de sua posterior libertação.

ZION, A CIDADE SUBTERRÂNEA


No filme , Morpheus tem os códigos do computador central de Zion. (Zion é a última cidade humana a existir após a destruição da Terra.)to da região mais quente da terra(ou do inferno, nota-se aqui uma inversão em relação a SIÃO CELESTIAL) pois esta localizada no subterrâneo. No livro bíblico Apocalipse, Sião é o reino de Deus, onde os justos salvo irão após a destruição da terra.

Neo: 

Neo é novo, para o novo cristo…

O nome de Thomas é hebraico e significa “gêmeo”. Agente Smith diz a Neo: “Você tem vivido duas vidas.” Como Thomas, que, sem saber, vive dentro da matriz e trabalha para uma empresa de software. Como Neo, um hacker que acorda no mundo real. O nome completo de Neo na Matrix  é Thomas A. Anderson. O último nome significa “Filho do Homem” ou “Filho de Homem”. (Ambos também se referem ao Messias bíblico.)

Um dos discípulos de Jesus,  “Tomé”não creu que Jesus morreu e ressuscitou, até que viu os buracos em suas mãos. Em “The Matrix”, Thomas / Neo foi morto pelo agente, no entanto, ele não percebeu até que eu olhou para baixo e tocou o buraco de bala no peito e viu sangue. Mais tarde, ele foi baleado várias vezes e morreu, só para voltar à vida novamente – desta vez como “O Escolhido”.

Depois de ser ressuscitado, Neo saltou no corpo do Agente Smith e explode através dele como uma luz branca brilhante. Na Bíblia, Jesus diz: “Eu sou a luz do mundo”. (João 8:12)

 Trinity:

Trinity representa o número três. Pythoagoras refere-se a três como o número perfeito.

A palavra “trindade” é usada para representar a união de três pessoas, a conexão entre corpo, mente e espírito, o nascimento, vida e morte, ou o passado, presente e futuro. Na teologia cristã, “trindade” refere-se ao tríptica personalidade de um ser divino, a união do Pai, o Filho (Jesus Cristo) e do Espírito Santo. Aparece pela primeira vez no quarto 303 ,  , 33 é um número de grão mestre illuminati.

Agente Smith 


( placa do carro ) Quando o agente Smith ( Em Português significa Ferreiro ) chega num Audi no início do filme,  a  matrícula do carro é “IS 5416″. Em Isaias 54:16 lê-se:

 “Eis que eu criei o ferreiro, que sopra as brasas no fogo, e que produz a ferramenta para a sua obra; também criei o assolador, para a destruir.”

A Criança Buda  Pouco antes de seu encontro com o Oráculo, Neo é orientado por uma criança budista sobre a importância da matéria na Matriz. Ele mencionou, “Não tente entortar a colher, isso é impossível . simplesmente assume a realidade: não existe colher … “ . Um dos princípios necessários para entender esta mensagem é reconhecer que o budismo é completamente ateu, e isso é porque eles são panteísta. Na figura panteísmo Deus está em toda parte, em uma tabela, nas árvores, nos animais, solo, água ou qualquer tipo de assunto. Assim, no Budismo não há figura de Deus Pai, muito menos um que possa delegar as leis morais do que é certo ou errado. Em outras palavras, no budismo o homem cria suas próprias leis morais e através de ascenção aos níveis dimensionais ele entra no Nirvana, onde este torna-se semelhante a Deus.

O Arquiteto



Em “Matrix reloaded” podemos ver um senhor de branco, o criador da Matrix, isso parece uma alusão à  Maçonaria, que fala de GADU (Grande Arquiteto do Universo), E repare: No gnosticismo o arquiteto assemelha-se ao Demiurgo, um deus falso. Buda ao alcançar a liberdade espiritual (Nirvana), o estado de iluminação, exclamou “Apanhei-te arquiteto, nunca mais tornarás a construir-me”, ele referia-se ao Ego, criador da falsa realidade em que vivemos.

Simbolicamente , o filme sugere que a filosofia budista é uma das maneiras de se libertar da Matrix.

Déja vu:

No filme também surge uma cena repetida, (déja vu) sensação de já ter visto algo. Dizem a Neo que isso ocorre quando há uma alteração na Matrix, e então surgem depois agentes…o Apocalink já defendeu a tese de que essa sensação é operada por anjos caídos.

Neo, o iluminado

  Depois de muitas cenas de ação e revelar a sua capacidade de desviar de balas na velocidade da luz, Neo é encontrado pelos agentes da Matrix. Agente Smith, que, em seguida, tornar-se seu antagonista, o matando de uma maneira sugestiva. Este evento se esconde uma das mais claras e ”inesperadas” referências cinematográficas a Cristo: a ressurreição.

Neo é levado ao morte(Morpheus) e ressurreição (Trinity), atingindo o nível mais alto da gnose.

O iniciado agora não precisa mais se desviar de balas, ele tem o poder para detê-las como Morpheus previu durante o treino. Sua mente tem entendido que, como a colher, as balas realmente não existem e que ele tem o poder de alterar as leis da Matrix. Esta alteração da matéria é condicionada a entender que o mundo é uma prisão para a mente e só será libertada com o conhecimento “ancestral” , que é o termo moderno utilizado para as práticas esotéricas que estão intimamente relacionados com a magia e o espírito canalizando. Os iluminados agora possuem novas habilidades e são totalmente dissociados de seu criador original, o Demiurgo (Deus).


Na cena final, Neo sobe aos céus, da mesma forma que Jesus faz no livro de Atos 01:06 , após a sua ressurreição.

Lana Wachowski. Quais são as mentes por trás desta história de ficção científica? Em um ponto os irmãos Watchowski afirmam que Matrix foi baseado na filosofia do ateu Nietzsche , que também é inspirou Adolf Hitler na busca pelo super-homem.

” Nós ainda não sabemos de onde vem o impulso para a verdade, porque até agora só falei da obrigação que a sociedade define a existencia, a de ser verdadeiro, isto é, usando metáforas comuns, portanto, que em termos morais da obrigação de mentir segundo uma convenção fixa, para mentir burramente como um estilo obrigatório para todos. ” O Nietzsche poratble Viking, p.46-7

Lúcifer é conhecido como o pai da mentira em João 1 vemos como ele tenta confrontar a infiltração gnóstica  na igreja primitiva. João menciona:

“Se dissermos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos e a verdade não esta em nós.” 1 ° João 1:8

Embora a Bíblia revela que o homem nasce com o pecado, sem exceção, está espalhada no gnosticismo que “pecado não existe”, fazendo com que a morte de Cristo seja apenas um evento histórico e não um substituto. Muitas dessas filosofias só tem como fim a negação de uma lei moral dada por um Deus superior e casualmente se mistura com a frase “faça o que quiser”, do ocultista Aleyster Crowley. Um exemplo também literal para ninguém negar, está na mudança de look de Larry Watchowski .

Mudança de sexo do diretor Larry Watchowski para Lana Watchowski em 2009, é um exemplo da filosofia gnóstica de Matrix.

Em resumo


Por trás das cenas de ação incríveis, efeitos especiais e revelações filosóficas. Matrix tem um dos mais perigosos venenos espirituais ao homem:  acreditar que o homem pode tornar-se como Deus. Esta busca é semelhante ao de muitos iogues, gurus e espiritualistas, tem suas origens no Gênesis no engano e inegável queda de Adão, caindo na velha e batida promessa da serpente ”como deuses sereis”(e que funciona no seu proposito de enganar). É uma surpresa para muitos que Hollywood, que é dominada por satanista gnósticos da elite,  orquestrem uma campanha contra a verdadeira mensagem de Cristo? A melhor maneira de discernir este problema encontra-se nas palavras de João:

E todo espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus, e este é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que vem e, agora, está no mundo …” (1 João 4: 3).

Qualquer pessoa que pretenda humanizar Cristo a ponto de negar sua divindade , e essa pessoa tenha a pretenção de subir ao céu e colocar seu trono ao lado de Deus, deve pagar o preço de não ter o Espírito da verdade. Isto é, em vez disso essa pessoa, filosofia ou religião, tem o espírito do anticristo, que dirige Hollywood e procria personagens anticristicos como Neo, Superman, Aslan, ETs e os vãos valores  “morais” envolvidos e supérfluas batalhas entre “o bem e o mal”. Se você acredita que Jesus não falou sobre estes eventos antes de sua segunda vinda, vai se surpreender com o fato de que não só o fez, mas revelou a necessidade destas falsas doutrinas sejam detonadas antes de sua segunda vinda. Da mesma forma, enquanto a gnose nega que Cristo voltará para julgar o mundo, a Bíblia descreve que, enquanto Jesus estava subindo aos céus diante de seus discípulos, de repente, dois homens vestidos de branco que lhes disseram:

“Galileus, por que olham para o céu? Este Jesus que subiu aos céus  voltará do mesmo modo que o vistes ir.”

MARANATA, ORA VEM SENHOR JESUS E ACABA COM ESTA MATRIX TENEBROSA.
 Fonte: http://apocalink.com.br/especial-de-fim-de-semanapilula-vermelha-e-gnosticismo-a-interpretacao-filosofica-do-filme-matrix/


Assista o fime.


Compartilhe com seus amigos, imprima, copie o link, envie por e-mail.


Facebook Addthis Amazon AOL Mail Baidu Facebook Messenger Copy Link Email Gmail Google+ LinkedIn Myspace Outlook Print PrintFriendly Pinterest Twitter WhatsApp

Voltar

x

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS