24 de ago de 2016

O que está por trás do Hangar 18 e da Área 51.


ROSWELL-UM BREVE RESUMO:

Todo mundo conhece o misterioso e surpreendente “Incidente Roswell”, mas poucos sabem realmente o que aconteceu, ou como tudo terminou depois .


O 7 de julho de 1947, uma nave suspeita de origem extraterrestre, impactou-se em uma pequena cidade chamada Roswell, Novo México – Estados Unidos; os restos foram descobertos por um agricultor  chamado”Mac Brazel”, perto de seu rancho em Corona. Esses eventos foram informados para o Sheriff de Roswell em 5 de julho e no dia 8 do mesmo mês, as manchetes publicaram:”As forças aéreas capturaram um disco voador em um rancho na região de Roswell”;Isso causou uma grande excitação entre os cidadãos da cidade, o país e, em seguida, o mundo, e isso  seria o gatilho de uma grande corrida entre pesquisadores e ufólogos para saber o que era o objeto que havia caído na periferia da cidade, e o que iria acontecer.Poucos dias após o incidente, centenas de testemunhas alegaram que as forças armadas se aproximaram foram  recolhidos todos os restos do objeto misterioso, incluindo cerca de 4 corpos semi-carbonizados, por causa do grande impacto que isso causou a explosão. Quando a população pediu  explicações para estes militar,eles alegaram que foi a queda de um vôo chamado “Projeto Mogul” ;um projeto secreto norte-americano sênior de 1947, que o principal responsável pelo lançamento de balões para recolher informações sobre os testes atômicos na União Soviética.



A. Roswell /B. Alamogordo /C. Área permanente /D. Albuquerque

Após isso, pesquisadores e especialistas em OVNIs começaram a analisar o caso; eles começaram a pedir às pessoas (incluindo o alto comando), para interrogar testemunhas e ler relatórios.Eventualmente, depois de um período de trabalho duro , eles encontraram os restos do acidente, incluindo os 4 corpos foram transportados para uma instalação de base aérea dos EUA, “Wright-Patterson” chamado “Hangar 18”, onde tinha sido armazenado o objeto voador e os corpos para uma análise mais aprofundada.(NOTA PESSOAL;- Hangar 18 é, oficialmente, uma “garagem ou oficina” de aviões de combate da Força Aérea dos EUA, em que os aviões são armazenados para pequenos reparos; essa instalação é excessivamente grande,  embora não seja suficiente(??); Presume-se ter cerca de 12 pisos subterrâneos onde durante anos foram armazenados naves acidentadas e corpos extraterrestres. Isso, combinado com um grande nível de segurança é talvez o que mais tem dificultado a investigação de casos por ufólogos. Mas a coisa toda não termina aí.)

Nos anos 1950, quando os discos voadores começaram a alcançar extrema popularidade nos Estados Unidos, surgiram os primeiros boatos  sobre o Hangar 18. Era um local supersecreto na base Wrighlt-Paterson, da Força Aérea, em Dayton, Ohio. O armazém nefando guardaria os destroços de vários OVNI’s acidentados ou abatidos pelos americanos. A primeira nave extraterrestre a ser levada para lá teria sido a que caíra em ROSWELL, Novo México, em 1947 – um dos casos mais rumorosos da ufologia mundial. No Hangar 18 também estariam os corpos de alienígenas GREYS resgatados dos destroços.
Curiosamente, no início dos anos 60, cerca de 13 anos após o incidente Roswell, a idéia era de colocar em prática o desenvolvimento de uma fascinante nave militar nos Estados Unidos; eles trabalharam com uma tecnologia super avançada, que mesmo atualmente ainda está sendo estudada, mas que na época pareciam conhecer  muito bem;esta tecnologia era conhecida como “Tecnologia Antigravidade,” que era essencialmente a repulsão  através de uma força igual em magnitude à gravidade, mas em vez de ser atraente, é repulsiva, ou em outras palavras, que permitiram que a nave pudesse viajar a velocidades inimagináveis, e de forma livre espaço aéreo.Estas naves não eram como todas as outras, não só porque eles usaram esta nova tecnologia, mas porque eram físicamente diferentes, de um modo nunca visto e aplicado a outras aeronaves.Elas pareciam vir de um outro mundo, e era exatamente o que eles acreditavam.Aparentemente, a “Tecologia Anti-Gravidade” evoluiu ou foi concebida a partir do objeto capturado em Roswell; os militares haviam estudado por vários anos em segredo o objeto misterioso e toda a sua tecnologia para o desenvolvimento de um avião militar ultra-poderoso e quase indestrutível.
A existência do lugar  Hangar 18,foi denunciada no livro Behind the Flying Soucers (Henry Holt and Company, 1950), do jornalista Frank SculIy (não é coincidência: a personagem Dana Scully de ARQUIVO X foi batizada em homenagem a ele). Como era de se esperar, a Força Aérea negou a existência dos destroços extraterrestres, bem como do tal Hangar 18.Na medida em que as investigações ufológicas se expandiram, o Hangar 18 foi aos poucos substituído por outra e mais complexa, A ÁREA 51, base subterrânea mantida por humanos e extraterrestres no deserto de Nevada.
ARQUIVOS EXTRATERRESTRES-IMPERDÍVEL EM PORTUGUÊS- Base Wrighlt-Paterson, da Força Aérea, em Dayton, Ohio.Será que o governo oculta OVNIs na base aérea White Paterson, em Dayton, Ohio? “É provável que tenham dezenas de discos voadores acidentados”. Existem documentos secretos do governo que provam que os destroços de OVNIs foram levados em segredo para a base; “Os relatos diziam que de 14 a 16 corpos foram retirados da nave”; Existe mesmo uma conspiração nos níveis mais elevados do governo americano para ocultar indícios de OVNIs?”Se quiser saber a verdade sobre os OVNIs deve ir a base aérea White Paterson”. Arquivos extraterrestres revelará os fatos por trás da lenda do Hangar 18.

ASSISTA AO FILME COMPLETO, BASEADO NA HISTÓRIA DE FATOS APURADOS SOBRE O HANGAR 18

ÁREA 51: O SEGREDO MAIS MAL GUARDADO~por Patrick J. Kiger para  National Geographic

A Área 51 é uma área de aproximadamente 1550 km² no Condado de Lincoln, Nevada. Faz parte da (12 138 km²) Nellis Air Force Range (NAFR).Imagens do Google Earth puderam mostrar mais sobre as pistas de pouso do complexo. A pista de pouso do local é a 14L/32R, construída na década de 1990, medindo 3651 x 61 m.A Área 51 faz divisa com o Nevada Test Site (NTS), local de testes nucleares. A Montanha Yucca, depósito nuclear, fica aproximadamente a 64 quilômetros a sudoeste do lago Groom.A base teve sua existência admitida apenas em 1994, entretanto, não é única base secreta estadunidense, existem outras ainda não admitidas pelo governo Norte Americano, por questões óbvias, mas é uma das principais bases “secretas” de pesquisas de armas nucleares, bacteriológicas, químicas, hidrogênicas entre outros tipos de armas secretas(?) e pesquisas com alienígenas e tecnologias extraterrestres.-Em 2009, um artigo no Los Angeles Times referiu-se á Área 51 como “a instituição militar mais famosa do mundo e que oficialmente não existe”. Desde a fundação das instalações nos anos 50  – num armazém de artilharia da Segunda Guerra Mundial a cerca de 130 quilómetros de las Vegas – a presença da Área 51 foi possívelmente o segredo mais mal guardado da história do secretismo. O local não consta dos mapas geológicos dos Estados Unidos da América, e as imagens da área foram apagadas das imagens de satélite governamentais mais recentes. A Força Aérea respondia às questões de civis sobre a Área 51 negando a existência de instalações com esse nome, apesar de, numa carta de 1998, os serviços terem admitido a existência de umas “instalações operacionais perto do Lago Groom Dry” que levava a cabo atividades confidenciais.
Não obstante, artigos de jornais, como o publicado no United Press em 1995 que dava conta da queda de um avião secreto na Área 51, há muito  davam conta da existência desta base secreta. E ao longo dos anos, alguns descuidos deixaram oficiais em posições bastante complicadas, tendo mesmo que anular confirmações da existência da Área 51. Um artigo da Space Review conta que em 1974, por exemplo, os astronautas que estavam na estação orbital, apontaram as suas câmaras de forma inocente para  estado do Nevada e captaram imagens da base (um memorando da CIA para o então diretor da agência, William Colby, descreve os esforços para encobrir o sucedido).Os esforços para manter o secretismo da base tiveram um sucesso limitado. Um despacho da Agência Noticiosa Cox no ano de 1980, aparentemente baseado numa fuga de informação por parte de fontes da indústria aeroespacial, descrevia os testes de bombardeamentos de teste com B2 no local. Outras manobras foram registadas por observadores de aeronaves amadores que se concentram há vários anos no perímetro da Área 51, passando no céu um pente fino com binóculos e juntando várias peças que, gradualmente,  vão parecendo com um quebra-cabeça. Um artigo de 2005, publicado no Las Vegas Sun, traçou o perfil de Glenn Campbell, o líder de um grupo de observadores chamados Interceptors, que contavam com a presença de um construtor de modelos de aeronaves secretas à escala e um antigo engenheiro que se dedicava à investigação na área da gravidade (uma atividade que se atribuía há muito àquela zona).
Fotografias tiradas por um satélite russo e publicadas na Internet no ano  2000, confirmaram o que observadores de aeronaves amadores, teóricos da conspiração e peritos em OVNIs há muito asseguravam – que o local era composto por um complexo de edifícios, um hangar gigante e uma pista onde eram realizados testes de protótipos de aeronaves de última geração. Essas fotografias podem ser vistas na Federação de Cientistas Americanos, algumas delas melhoradas por computador, bem como uma análise detalhada. A federação conseguiu mesmo acompanhar alguns melhoramentos feitos na Área 51, incluindo uma nova pista com 3,6 quilómetros de comprimento e mais de 40 metros de largura, aparentemente construída nos anos 90 , para substituir a antiga.
Para além de testes a aeronaves experimentais dos Estados Unidos, a Força Aérea, aparentemente, também testava aviões inimigos capturados na Área 51. Um artigo da Associated Press de 1984, faz referência a um MiG-21 capturado da União Soviética que se tinha despencado  nesse mesmo ano, tirando a vida ao general da Força Aérea que o pilotava.Mas, independentemente daquilo que se passe dentro da Área 51, as verdadeiras atividades são com certeza muito mais interessantes comparadas com os rumores que correm. Como um artigo do New York Times de 1996 dava conta, alguns especialistas em OVNIs sugeriam que o governo poderia estar  testando naves espaciais extraterrestres naquela zona restrita. Os rumores que corriam na Internet também e asseguravam que os destroços da nave e os corpos de seres extraterrestres  foam recolhidos na “alegada” queda de um OVNI em Roswell, Novo México, no ano de 1947,e tinham sido levados para a Área 51 para análise. No final dos anos 80 , século XX, um homem que garantia ser um antigo funcionário da Área 51 veio a público dizer que o exército estava  desenvolvendo uma aeronave movida a antimatéria. O homem chegou mesmo a dar uma entrevista para um noticiário.O estado de Nevada chegou mesmo a batizar a estrada número 375 como “autoestrada extraterrestre”, um chamariz para os turistas interessados neste tipo de fenômenos e que “injetam muito dinheiro na economia local”. A página “oficial” da Área 51, mantida pelo gabinete de turismo de Las Vegas, diz que há rumores que a Área 51 está  sendo usada para a “criação de armas de energia exótica, experiências de controle meteorológico e, ainda mais interessante, para o desenvolvimento de viagens no tempo e tecnologia de teletransporte”.
A INFRAESTRUTURA DA ÁREA 51
A base militar de testes das forças armadas dos Estados Unidos, popularmente chamada de Área 51, é uma das bases mais avançadas do mundo, contendo um complexo subterrâneo e vários laboratórios de pesquisas. Com a finalidade “divulgada oficialmente” de desenvolver ou testar tecnologia para as Forças Armadas dos Estados Unidos (?),possui um ótimo sistema informatizado, semelhante a de outras bases secretas- estado, e um sistema “quase impenetrável” de bunker (túneis subterrâneos), com blindagem para suportar um cataclismo apocalíptico e, nos corredores (subterrâneos), um sistemas de paredes que não propagam sons de objetos transmissores de nenhum tipo de frequência (como bluetooth, infravermelho, radiofrequência) e restringem conexões até em aparelhos transmissores com frequência desconhecida (os espiões atuais usam aparelhos com frequência diferente das comunicações atuais, assim não são detectados por aparelhos de contra-espionagem); o acesso a base é amplamente restrito e para entrar lá são usados leitores de impressões digitais (já falsificados por agentes secretos de algumas nacionalidades), leitores biométricos-ópticos, investigação da vida /base de origem, quem o enviou, confirmação de quem ele é em diferentes órgãos do alto comando da CIA (Central Intelligence Agency e da USAF (United States Air Force).
O IS (Sistema Informatizado) é composto por computadores de última geração que são controlados por um gigantesco computador central que, apenas, cerca de 6 homens de alta patente sabem onde está localizado;com um sistema operacional desenvolvido especialmente para a Área 51, os computadores foram assim construídos, pois, se intrusos invadirem o sistema não saberão como funciona o sistema operacional, e os hackers não conseguirão nunca penetrar no sistema, pois ele funciona em dois modos; os computadores que são destinados ás pesquisas disponíveis na internet operam com um ótimo sistema de antivírus e a maioria não está em rede, pois assim não correm o risco de serem infectados por ataque de hackers inimigos. Já o outro, é utilizado para ficar atento ao que acontece no mundo como feiras, grandes eventos internacionais, cotação do dólar e etc.Uma das principais entradas para o complexo subterrâneo fica em um hangar,e lá são armazenados helicópteros e jipes, porém há uma porta com painel para digitar uma senha (fato bem comum) ;após a porta, estende-se um corredor que termina em outro depósito. Lá existe uma grande porta antinuclear com uma grande inscrição; GATE 03- essa também possui um painel de segurança (com cerca de 41 teclas em forma de teclado de computador) que envolve letras de A a Z, cinco cores (azul, amarelo, verde, vermelho e branco) e dez números .Depois de digitar a senha o portão se abre e leva para um grande elevador de 18,30m² com capacidade de sustentar 530000 N, e sua descida é íngreme. Após descer, o elevador termina em um grande salão onde tem acesso a quase todas as partes do complexo.
ESPECULAÇÕES SOBRE AS ATIVIDADES DA ÁREA 51-CONSPIRAÇÕES…?
Há inúmeras “conspirações “sobre a Área 51 ( uma estratégia do governo dos Estados Unidos, para difamar as reais atividades, e nunca se obter as reais atividades, por isso, não se tem informações concisas sobre à base, entretanto, as teses que prevalecem,BASEADAS EM TESTEMUNHOS DE EX -FUNCIONÁRIOS,CIENTISTAS DISSIDENTES,AGENTES DESERTORES,INFILTRADOS E SENSITIVOS SÉRIOS são: que a base é uma instituição militar secreta, que tem uma série de homens trabalhando (Geralmente Ph.Ds: engenheiros aeronáuticos, biólogos, intérpretes, psicólogos, cientistas em geral), para desenvolver as armas mais avançadas,estudo do material extraterrestre capturado/apreendido em quedas de aeronaves,manutenção da vida extraterrestre capturada viva e morta,entre outras atividades desconhecidas, mas supostamente atribuídas á acordos feitos entre extraterrestres e o governo americano; a base, segundo relatos, tem cerca de 6 andares subterrâneos abaixo de uma camada de 3m de terra (tem várias ligações por túneis), tem cerca de 64m de profundidade abaixo da camada de terra,e essa parte (subterrânea) é construída com materiais super resistentes, numa estrutura de uma espécie de caixa em formato de um “pentágono””, que funciona como um bunker,e onde fica a estrutura que suporta os impactos que a base ocasionalmente poderia sofrer; entre essa caixa super resistente “pentágono”, ficam as repartições: laboratórios, salas de realidade virtual, centros de treinamento avançado, centro de criação de armas,camaras criogênicas para a manutenção da vida extraterrestre capturada e uma fábrica própria. Para testes de aeronaves “ultra-secretas”, seria o ambiente perfeito, pois os ufólogos  e estudiosos,baseados nos relatos, acreditam serem de  OVNIs, revelando assim a verdadeira atividade dos pilotos da base,que poderiam testar suas “máquinas” secretas . É a tese mais lógica e concreta sobre a Área 51, já que lá foram criados o Caça F-117 Nighthawk (caça invisível a radar, que voôu secretamente por cerca de dez anos), o Bombardeio Stealth B2 Spirit (aeronave com custo unitário mais caro da história militar), A-12 (aeronave substituta do U-2, que fazia vôos secretos sobre a ex-U.R.S.S., fotografando o território e coletando informações a mais de 20 mil metros de altura, entretanto, foi abatido por caças soviéticos).
Algumas aeronaves desenvolvidas na área 51;- SR-71 Blackbird, Lockheed Martin A/F-117 X Sea Hawk, Northrop Mc Donnell Douglas YF-23 Black Widow 2 , Boeing X-32 Joint Strike Fighter, Mc Donnell Douglas General Dynamics A-12 Avenger, Boeing Bird of Prey, Northrop Tacit Blue, e mais recentemente o Boeing YAL-1A.Seriam todos eles construídos com tecnologia extraterrestre adaptada aos nossos materias disponíveis aqui no planeta?Até que ponto os extraterrestres permutam estas tecnologias “espontâneamente”,para nos “ajudar”?Que tipo de raças estão em contato com o governo americano, a ponto de ser necessário construir um local como a área 51 e gastar milhões para manter os segredos que lá estão escondidos?
OS RELATOS SOBRE A TECNOLOGIA ALIENÍGENA
Desde o estabelecimento da Área 51, algumas pessoas declararam ter visto estranhos objetos sobrevoando seu espaço aéreo e arredores, mas as autoridades sempre negaram os fatos. Contudo, um de seus próprios funcionários declarou que na base, além de projetos militares avançados que usam tecnologia alienígena ativamente, discos voadores genuínamente extraterrestres também seriam objetos de estudo de engenharia reversa. As naves, resgatadas intactas ou em acidentes, eram consertadas ou reconstruídas em Dreamland e depois submetidas à prova por pilotos de testes. Foi o próprio físico Robert Bob Lazar quem fez tal afirmação, sendo seguido por vários outros ex-funcionários das instalações de Groom Lake. “Quase todos os dias eu pegava o avião em McCarran e ia à ‘Fazenda’, onde trabalhava em tecnologia revolucionária”, declarou Lazar, que trabalhou cinco meses na base, a partir de dezembro de 1988. O piloto de testes e herói de guerra John Lear, filho do então proprietário da fábrica de aviões a jato Learjet, foi um dos que colocaram os UFOs à prova.Lazar recentemente estendeu suas declarações e informou que o governo norte-americano estava pesquisando nada menos que nove discos voadores na Área 51, e tentava adaptar sua tecnologia em projetos terrestres, com o uso da chamada engenharia reversa. Por suas declarações, ele e sua mulher receberam várias ameaças de morte. Assim, evitando correr riscos, em novembro de 1989 decidiu aparecer em público e confirmou suas alegações. Disse que há um lugar secreto no interior da Área 51, conhecido como S-4, próximo ao lago seco Papoose, onde as naves alienígenas eram guardadas.
Explicou que seu trabalho se dava justamente naquelas instalações, junto a uma equipe de 22 engenheiros contratados para estudar os sistemas de propulsão dos discos voadores. Agora, as novas imagens da Terra/Server confirmam as declarações de Lazar, mostrando detalhes de tais instalações.Ainda segundo Lazar, o S-4 era um enorme complexo subterrâneo que ocupava toda a área de uma cordilheira de montanhas. No início, o físico pensou que estivesse trabalhando com uma tecnologia altamente sofisticada criada pelo homem. Mas quando entrou em um dos discos voadores lá alojados, convenceu-se de que se tratava de algo de outro mundo, porque tanto sua forma quanto suas dimensões confirmam sua origem não humana. “As naves que examinei não possuíam juntas aparentes, nenhuma solda, parafusos ou rebites”, disse Lazar. “As bordas de todos os elementos da espaçonave eram arredondadas e suaves, como se tivessem sido feitas com cera quente submetida a um rápido processo de resfriamento”.De acordo com seu relato, havia arcos e delicadas cadeiras de somente 30 cm de altura no interior dos veículos espaciais. Sua unidade de propulsão era o que mais lhe intrigava: tinha o tamanho de uma bola de beisebol e irradiava um campo antigravitacional através de uma coluna oca, situada verticalmente no centro da nave. Lazar teve sua curiosidade científica aguçada e passou a procurar informações sobre tudo o que acontecia em S-4. Foi quando teve acesso a um memorando que confirmou suas suspeitas. Nele havia uma quantidade impressionante de informações sobre os UFOs, “inclusive fotografias de autópsias de pequenos seres cinzas com grandes cabeças calvas”, declarou à Revista UFO. “O governo estava escondendo da população fatos da maior gravidade, e tudo aquilo estava sendo feito em Groom Lake, mais precisamente em S-4″, desabafou.Bob Lazar diz que algumas das naves que estão na área 51 são de Zeta Reticuli .  Ele afirmou que os alienígenas eram da Galáxia Zeta Reticuli  e houve um incidente que ocorreu em 1979, em que os alienígenas mataram vários guardas e cientistas da base . Tudo isso o convenceu de que ele estava trabalhando em uma nave alienígena, criada por mentes alienígenas com materiais alienígenas.Andando por um corredor da base, observou por uma porta aberta, dois homens de jaleco branco que olham para baixo e falavam com  alguém pequeno, com braços longos. De acordo com George Knapp, que entrevistou Lazar na televisão, mais de uma dúzia de pessoas contribuíram com os relatos, e os dados parecem apoiar as declarações de Lazar, de estar em seu poder uma gravação de vídeo de uma testemunha que estava no comando dos grandes planos militares. Ele garante que as autoridades conhecem a tecnologia alienígena e se encontra na posse dela desde os anos cinquenta. No entanto, o vídeo não será divulgado públicamente enquanto o homem estiver vivo, já que todas as testemunhas desejam permanecer anônimas por medo das consequências. As ameaças de morte são constantes na área restrita. Outro jornalista investigando a Área 51 abandonou o trabalho por medo de represálias. Um engenheiro eletrônico disse que tinha visto um disco voador e estava disposto a declarar em um programa de televisão. Ele recuou ao perceber que estava sendo observado.Outra testemunha foi diretamente ameaçada: “Nós sabemos que voce viaja muito, (eles disseram), e nós não gostaríamos que você ou sua família sofresse um acidente.”Lazar diz que, entre 1982 e 1984, trabalhou para a Iniciativa de Defesa Estratégica (a guerra das galáxias), no Laboratório Nacional de Los Alamos, no Novo México,o que foi fortemente negado pelas autoridades, garantindo que não havia qualquer documento para provar  o vínculo empregatício.Mas, durante a sua investigação, o jornalista George Knapp viu que o nome de Lazar estava na  lista telefônica interna de Los Alamos. Desde então vieram à luz mais dados.
Em 1995, uma empresa alemã distribuiu um vídeo  intitulado-Secrets of the Black World , em que várias testemunhas que prestaram informações sobre o que estava acontecendo na área  51. Na imagem do vídeo que vazou,podem ser vistos  caixões metálicos. Norio Hayakawa,  repórter de uma estação de TV japonesa, fotografou a aparência fugaz de um objeto passando na Área 51. Ele filmou uma luz brilhante, que deslizava através do céu sobre as montanhas. Uma análise mais aprofundada do filme por computador,levou Hayakawa  a concluir que “o objeto não é, definitivamente, uma aeronave convencional.” Muitos outros filmes mostram um objeto brilhante se movendo no céu a velocidades incríveis e executando manobras supostamente impossíveis. Um deles se aproximou de uma equipe da NBC, e os seus membros voltaram com queimaduras causadas pela radiação . Alguns foram mais longe,e conseguiram entrar(??) aparentemente para o interior do S-4, e filmaram uma sala cheia de alienígenas mortos em caixões de metal, onde são armazenados. Muitos pensam que algo está acontecendo no deserto de Nevada. “Há pelo menos oito naves voando na Área de Programas 51”, diz o escritor de aviação Jim Goodall. Os Programas negros são projetos secretos do governo, como o bombardeiro “stealth”.,incluindo sprints incríveis e a capacidade de manobra pode sugerir a muitos que são discos voadores. Goodall acredita que as aeronaves são incrívelmente rápidas e Goodall duvida de que estas velocidades estão ao alcance da tecnologia humana. Quando Goodall perguntou ao ex-presidente da Lockheed se ele acreditava na existência de OVNIs, ele respondeu: “Sim. Estou plenamente convencido de sua existência. Quanto ao relacionamento com  o Majestic-12, Lazar disse que os operários que trabalhavam na S-4 usavam crachás com a palavra impressa MAJ. Poderia ter algo a ver com o Majestic-12, a equipe de cientistas criada com o máximo sigilo pelo presidente dos Estados Unidos em 1947 para investigar discos voadores?
A ATIVIDADE EXTRATERRESTRE NO PLANETA
Muitas informações  de testemunhas ,indicam que as motivações e atividades das diferentes raças extraterrestres variam muito. Em relação as testemunhas pode dividir-se em dois grupos: aqueles indivíduos que estejam ou tenham participado nos “projetos da sombra” (black projects) assim como os que tiveram contato direto com os extraterrestres, os “contatados”, e por outro, os “abduzidos” que involuntáriamente tenham sido incorporados a programas extraterrestres. A evidência mais forte que demonstra a existência de presença extraterrestre, segundo o Dr Michael Salla Ph.D, provém destas testemunhas e “delatores”. Segundo explica em seu artigo*, o que aporta fortaleza a esta evidência é a coerência e consistência interna das histórias das testemunhas, a evidência aportada por eles, assim como suas credibilidades e suas credenciais, geralmente militares.
Existe um extenso número de raças extraterrestres interagindo hoje em dia com a Terra e sua população. Em uma entrevista com Clifford Stone em 1998, um Sargento aposentado da Armada Americana que serviu durante 22 anos e que participou de operações secretas de resgate tanto de naves extraterrestres acidentadas como de entidades biológicas extraterrestres (EBEs) que estavam nelas, revelou que a Armada conhecia um total de 57 tipos diferentes de raças extraterrestres. O Manual “Group Special Operations Manual” de 1954, aponta procedimentos que o pessoal militar deve seguir para atender aos discos que se acidentam. Este documento considerado TOP SECRET filtrado pode ser obtido na base de dados de www.majesticdocuments.com 
Deste conjunto de 57 raças de extraterrestres, sabe­-se que certas são mais ativas que outras e que algumas estão mais implicadas nos assuntos humanos. A classificação de extraterrestres pode ser feita dependendo de sua biologia, sua ética e seus interesses políticos. Segundo Dr Michel Salla Ph.D , faz-­se uma classificação de dois grupos básicos;
1-O primeiro são os que tratam e chegaram a fazer  acordos com o “governo na sombra” e inclusive têm colaborado em projetos conjuntos. O extenso número de acordos entre o “governo na sombra” e estas raças extraterrestres sugere a existência de um complexo militar­-industrial­extraterrestre. Este complexo controla a maior parte da informação relacionada com a presença extraterrestre; domina as instituições governamentais do Planeta, assim como os interesses financeiros, os meios de comunicação e é responsável pelos sistemáticos problemas globais.
2-Um segundo grupo de extraterrestres que não estão vinculados em absoluto com os governos e que a maior parte dos “contatados” define como “amistosos” e que ajudam e preparam a humanidade para fazer frente ao desafio de aceitar a realidade de sua existência.
OS DELATORES DO SISTEMA-SEUS RELATOS E CONCLUSÕES
Sargento Robert Dean ( Project Camelot ).
Bob Dean, como é conhecido, desenvolveu sua carreira militar ao longo de 27 anos, e durante sua carreira trabalhou para a inteligência militar no Supreme Headquarters of the Allied Powers in Europe (SHAPE) desde 1963. Seu reconhecido serviço dentro da armada lhe dá grande credibilidade ao afirmar haver visto informação classificada durante sua carreira na armada. Durante sua carreira no SHAPE, afirma haver sido instruído para ler um estudo detalhado das atividades dos OVNIs/ETs e de que maneira podem impactar nas relações entre os Soviéticos e NATO (OTAN). Tal estudo foi publicado em 1964 com o título: “An Assessment: An Evaluation of a Possible Military Threat to Allied Forces in Europe”. Em uma entrevista descreve quatro tipos diferentes de raças extraterrestres.
Dr. Michael Wolf
Afirma haver trabalhado durante 20 anos em diferentes postos em diferentes projetos clandestinos colaborando com extraterrestres. Apesar de certa controvérsia com seu testemunho e credenciais, certo número de investigadores sobre UFOs que já o entrevistaram pessoalmente, concluíram que sua história é coerente, consistente e crível. Segundo uma entrevista, afirmou que: diferentes confederações de civilizações extraterrestres estão nos visitando. Estas são: a Aliança (ETs de aparência humana do sistema Altair Aquila), “os Corporativos” (os Grays do sistema Zeta Reticuli), a Federação dos Mundos (de raças não especificadas de múltiplos sistemas solares) e da União de Raças de Órion (culturas deste sistema solar). Wolf afirmou que a maior parte das raças são “amigas”, mas que um reduzido número delas se comportam de forma hostil, não só na Terra como também de forma interplanetária.
Alex Collier
Um “contatado”, que afirma ter estado em naves extraterrestres. Collier foi entrevistado/questionado e, apesar de suas iniciais reservas quanto a sua história, concluiu-se que seu testemunho era altamente crível e coerente, e que muito do que conta é consistente com suas investigações independentes.
Coronel Philip Corso
Ele serviu na Administração de Eisenhower e posteriormente esteve á frente do Foreign Tecnhnology Desk (Unidade de Tecnologia Estrangeira) no Departamento de Investigação e Desenvolvimento da Armada Americana. Corso afirma haver visto um extraterrestre da tipologia dos Grays morto, proveniente de acidentes em Roswell, Novo México, em 1947. Corso serviu à Armada durante 21 anos e recebeu 19 medalhas e condecorações de honra. Seu livro é seu testemunho (veja na bibliografia).
Dr. David Jacobs, Budd Hopkins e Dr. Karla Turner
Três importantes investigadores sobre a questão de “abduções” tem levantado numerosos detalhes e estudos de casos de abduzidos consistentes com a informação recolhida por outras fontes.
William Cooper, um Conselheiro de Inteligência da Navy (Marinha Americana).
Ele afirma haver visto documentos onde os “Grays Altos” se reuniram e negociaram acordos em 1954 com a Administração Eisenhower. Ao final de 1954, a raça dos “Grays Altos”, que estavam orbitando a Terra, aterrizaram na base da Força Aérea de Holloman,onde  chegou-se a um acordo básico. Em 1972/­1973, foi oferecido e presenciado pelos produtores de cinema Robert Emenegger e Allan Sandler, uma filmagem das Forças Aéreas de uma reunião com os Grays que ocorreu na base de Holloman em 1971.
R.A. Boulay
Ele tem investigado de forma extensa uma variedade de fontes históricas e afirma que existe suficiente evidência para apoiar a conclusão de que uma antiga raça extraterrestre chamada de Reptilianos, habitou a Terra e teve um papel importante na criação da humanidade.
Thomas Castello
Ele é um oficial de segurança da secreta base subterrânea de Dulce,e afirmou que nela existe colaboração entre diferentes tipologias de extraterrestres e um certo número de Agências de Segurança Nacional dos Estados Unidos ,assim como também com Empresas. Entre os tipos de ETs encontraram os Reptilianos, que são autóctones da Terra (que vivem sob a superfície da Terra) que trabalham lado a lado com humanos, assim como com outras raças ETs.
William Hamilton
Um respeitado investigador do fenômeno OVNI, investigou sobre a base de Dulce e as afirmações e credibilidade de Thomas Castello, e concluiu que eram consistentes.
Linda Moulton Howe
Uma periodista de investigação premiada por seu trabalho , entrevistou o “contatado/abduzido” Jim Sparx, quem afirma ter-­se reunido com certo número de Reptilianos autóctones da Terra. Segundo Sparx, os Reptilianos que vivem na Terra tem sua própria cultura e têm interagido com a humanidade há milênios;eles tem assistido á humanidade, assim como também têm se utilizado dela como um recurso. Os Reptilianos disseram á Sparx que haviam chegado a acordos secretos com governos de certos países.
Preston Nichols
Ele afirma ser um “delator” que participou do projeto secreto Montauk que envolveu vários grupos de extraterrestres. Um investigador independente concluiu que Nichols era uma testemunha muito confiável e sólida, já que muitas das informações que levantou podiam ser verificadas. Os humanos extraterrestres de Sirius B, segundo Nichols, tiveram um papel importante na provisão de tecnologia exótica como viajar no tempo e interdimensionalmente, e há um número de agências governamentais envolvidas tanto no Experimento Filadelfia quanto no Projeto Montauk.
Daniel Salter
Outro “delator” com uma grande carreira militar que inclui um período na National Reconnaissance Office (Oficina de Reconhecimento Nacional), afirmou que existe cooperação entre humanos&­extraterrestres em organizações clandestinas na National Security Agency chamada Advanced Contact Intelligence Organization (ACIO). De acordo com informação filtrada de outro “delator” publicada em uma conhecida web chamada Wingmakers, afirma que a informação de Salter é precisa, e que a ACIO, está cooperando com um consórcio de extraterrestres para desenvolver sofisticada tecnologia de viagem no tempo por possíveis ameaças extraterrestres.
O LADO BOM DA HISTÓRIA;OS EXTRATERRESTRES BENEVOLENTES
Os que não colaboram com o complexo militar/­industrial extraterrestre,são descritos básicamente com aparência humana e podem integrar­se fácilmente na sociedade humana de tal maneira, que são indistinguíveis para o resto da humanidade. Estas raças provém de diferentes sistemas solares como Lyra, Plêiades, Sírius, Procyon, Tau Ceti, Ummo, Andrômeda e Arcturos. Entre as diferentes testemunhas encontramos: Almirante Richard Bird, descreve uma expedição secreta ao Pólo Norte onde foi levado a um lugar dentro da Terra onde a avançada raça dos Nórdicos vive. Os Nórdicos ensinaram­-lhe parte da incrível tecnologia que possuem, e inclusive o almirante se reuniu com o líder desta avançada raça subterrânea. George Adamski, Orfeo Angelucci, George Van Tassell, Howard Menger, Paul Villa, Billy Meier e Alex Collier formam parte de um reconhecido grupo de contatados por parte dos extraterrestres benevolentes. Estes são apenas algumas das fontes que provêem informação e evidência sobre este grupo de extraterrestres.
Classificação básica de Extraterrestres em dois grupos; O Primeiro Grupo é composto pelos que colaboram com o Complexo Militar/­Industrial­/Extraterrestre . O Segundo Grupo de benevolentes, não colabora com este Complexo:
PRIMEIRO GRUPO
Os Grays baixos-Os Grays altos ou Brancos-Os Reptilianos-Os Draconianos-Os Sirianos de Sirius B-Os Annunaki
SEGUNDO GRUPO
Os Telosianos- Os Lyrianos- Os Pleiadianos- Os Nórdicos Rigelianos- Os Procyones -Os Tau Cetianos- Os Andromedanos -Os Sirianos de Sirius A- Os Ummitas -Os Alfa Centauri -Os Arcturianos
UMA DESCRIÇÃO DA
Problemas gerados;Traumatização de abduzidos;modificação genética de humanos;monitoramento de humanos através dos implantes ;
GRAYS ALTOS OU BRANCOS-(ÓRION)
1-As mesmas das anteriores e também, acordos governamentais com as Elites e governos mundiais
Problemas gerados;As mesmas das anteriores mais o comprometimento dos governos e das Elites com esses seres;Agência de segurança nacionais infiltradas;Abusos dos direitos humanos;
REPTILIANOS AUTÓCTONES-(A TERRA)
1-Manipulação das Elites, instituições e sistemas financeiros,influência sobre as crenças religiosas;Supressão da verdadeira história da humanidade;
Problemas gerados;Controle dos meios de comunicação e corporações;Cultura da violência;Divisão do dogma religioso;Corrupção e dominação dos governos;
REPTILIANOS-DRACONIANOS;(ALFA-DRACONIS)
1-Todas as anteriores e ainda fomentam o medo, manipulam os Greys e os Reptilianos Autócones
Problemas gerados;Concentram a riqueza e a pobreza globais;Violência étnica e religiosa;Tráfico de drogas e crime organizado;Cultura da violência e do Terrorismo, influenciando os governos e as Elites;
SIRIANOS-SÍRIUS B
1-Intercâmbio de Tecnologia que promovem a cooperação militar diante de uma ameaça alienígena;
Problemas gerados;Investigação  de armamento secreto;Uso de armamento exótico;Abusos de civis em experimento de viagem no tempo;
ANNUNAKI-(NIBIRU)
1-Controle da evolução dos humanos á longo prazo;Através da Elites e governos, manipulam a consciência humana;Competem com os Draconianos pelo controle da Terra;
Problemas gerados;Manipulação das Elites;Fundamentalismo religioso;Patriarcado Cultural Global;Cultura de violência;
OS EXTRATERRESTRES QUE ESTÃO AJUDANDO A TERRA NA ASCENÇÃO
TELOSIANOS-(A TERRA)
1-Revelando a história da Terra;restaurando a longevidade humana;mudando o sistema de crenças religiosas;protegendo o meio ambiente;
Soluções geradas;Restaurando a biodiversidade,promovendo a longevidade,resgatando a verdadeira história da humanidade
LYRIANOS-(LYRA)
1-Disseminando a verdadeira história das raças na galáxia e ajudando na compreensão do potencial humano
Soluções geradas; Recuperando a verdadeira história da humanidade e o legado dos Lyrianos;compreensão da história galáctica;ajudando a descobrir a essência humana;ajudando na diplomacia e resolução de conflitos;Educação Global
PLÊIADIANOS-(PLÊIADES)
1-Ajudando a humanidade a se libertar das estruturas que a oprimem através do aumento da consciência
Soluções geradas;promovem os direitos universais;promovem os sistemas democráticos;promovem a evolução da consciência global;
PROCYONES-(PROCYON)
1-Promovem uma resistência efetiva á subversão extraterrestre,desenvolvendo uma consciência multidimensional,usanso visualização mental contra a influência dos extraterrestres Greys e seguimentos extraterrestres hostis
Soluções geradas;Expondo a subversão dos Ets escuros;ajudando a desacobertar o secretismo do tema Ufo/Et;desprograman as mentes condicionadas;promovem a comunicação global sadia;promovem os direitos universais.
TAU CETIANOS-(TAU CETI)
1-Expondo a subversão Et;identificando as Elites,instituições corruptas;elevando a consciência humana;bloqueando o controle mental dos Ets;ajudando a resolução de conflitos,controlando o Militarismo;
Soluções geradas;Revelando a manipulação e corrupção dos governos do planeta;promovendo a consciência multidimensional;seguimento da infiltração de Ets hostis;
ANDROMEDANOS-(ANDRÔMEDA)
1-Facilitando as decisões da comunidade galáctica com os assuntos da Terra;estratégia para a resolução de conflitos;educação da juventude;os Crop Circles;
Soluções geradas;Educação das crianças cristal;Educação para a paz;revelando a manipulação das elites;comunicação extraterrestre;
SIRIANOS-(SIRIUS A)
1-Ajudando em um sistema ecológico para a humanidade;alterando a energia biomagnética na grade de energia do planeta
Soluções geradas;Proteção do meio -ambiente, da biodiversidade;elevação da consciência humana;implantação do sistema/conceito da Noosfera
UMMITAS-(UMMO)
1-Compartilhando informações técnicas;transformando a cultura científica;Educação Global
Soluções geradas;Desenvolvendo e transformando os paradigmas científicos e transmitindo tecnologias alternativas;reformando a educação;
ALFA CENTAURI-(ALFA CENTAURI)
1-Promove a justiça social e a liberdade humana;promove o uso responsável da tecnologia;
Soluções geradas;promove o aumento da justiça social;Promove o aumento das zonas de Paz;Direitos humanos e vida sustentável;
ARCTURIANOS-(ARCTUROS)
1-Integrando os valores espirituais com a nova tecnologia;conselhos estratégicos para transformar sistemas planetários;criadores dos Crop Circles;
Soluções geradas;Integrando sistemas políticos/governamentais evoluídos com o sistema educacional avançado;Diplomacia e resolução de conflitos;Comunicação extraterrestre.
 *Fonte;artigo de Michael Salla, Ph.D. “­A Report on the Motivations and Activities of Extraterrestrial Races A Typology of the Most Significant Extraterrestrial Races Interacting with Humanity ” (Relatório Sobre Motivações e Atividades de Raças Extraterrestres interagindo com a Humanidade);Michael Salla, 2005*

*Dr.Michael E. Salla, é pioneiro no desenvolvimento de ‘Exopolitica’, o estudo político dos atores-chave, instituições e processos associados com a vida extraterrestre. Seu interesse em Exopolítica evoluiu á partir de sua investigação sobre as fontes de conflito internacionais e sua relação com a presença extraterrestre que não é reconhecida ao público em geral, funcionários  ou oficiais militares . Seus inovadores livros Exopolítica: Implicações políticas da presença extraterrestre (2004) foi o primeiro livro publicado sobre Exopolítica e explicou as implicações políticas de vida extraterrestre. Em-” Expor Políticas do governo dos EUA sobre a Vida Extraterrestre (2009)”, ele revelou como a nação mais poderosa do mundo administra secretamente informações sobre a vida extraterrestre e tecnologia. Em “Diplomacia Galáctica: Getting to Yes com ET (2013)”, ele mostra como a humanidade pode negociar com civilizações extraterrestres de uma forma que proteja nossos interesses vitais. Em seu livro mais recente, de Kennedy Last Stand: Eisenhower, UFOs, MJ-12 e assassinato de JFK (outubro 2013), ele documenta os esforços do Presidente Kennedy , para compartilhar mais amplamente a verdade sobre UFOs & visitação extraterrestre.Dr. Salla é um estudioso internacionalmente reconhecido na política internacional, resolução de conflitos e política externa dos EUA, e é o autor / editor de mais quatro livros, incluindo “A viagem do herói através do segundo século americano “(Greenwood Press, 2002); Ensaios sobre a Paz (Central Queensland University Press, 1995); Por que a Guerra Fria terminou (Greenwood Press, 1995); e radicalismo islâmico, muçulmano Unidos e do Ocidente (1993). Ele também é autor de mais de setenta artigos, capítulos e resenhas de livros sobre a paz, conflito étnico e resolução de conflitos. Ele ocupou lugares acadêmicos na Escola de Serviço Internacional e do Centro para a Paz Global, da American University, Washington DC (1996-2004); o Departamento de Ciência Política da Universidade Nacional da Austrália, Canberra, Austrália (1994-1996); e da Escola Elliott de Assuntos Internacionais da Universidade George Washington, Washington DC, (2002). Ele tem um Ph.D em Governo da Universidade de Queensland, na Austrália, e um mestrado em Filosofia pela Universidade de Melbourne, Austrália. Ele conduziu uma pesquisa e trabalho de campo nos conflitos étnicos em Timor Leste, Kosovo, Macedônia, e Sri Lanka, e organizou iniciativas de pacificação que envolvem meio a participantes de alto nível destes conflitos.

Dr. Salla fundou o Instituto Exopolitics (2005) e do Jornal Exopolitics (2006). Ele foi co-organizou quatro conferências internacionais sobre a vida extraterrestre . Dr. Salla é o anfitrião de ExoNews.TV e tem aparecido em centenas de programas de rádio e de televisão e conferências internacionais por suas pesquisas sobre Exopoliticas e conflito internacional.

­
Cientistas da Universidade de Buckingham lançaram uma imagem de um extraterrestre do espaço profundo que está bombardeando a Terra. Não, isso não faz parte de uma invasão extraterrestre. Pelo contrário, é evidência apoiando a teoria da panspermia, em que as formas de vida microscópicas existem no vácuo do espaço, e pode semear vida, chegando em grande número em planetas habitáveis ​​como a Terra.Uma equipe de cientistas, incluindo o professor Milton Wainwright, da Universidade de Buckingham do Centro de Astrobiologia, realizaram testes científicos na estratosfera. Estes mostram que os organismos que não são encontrados na Terra estão chegando do espaço exterior.Professor Wainwright afirma que os resultados provam que existe vida fora da Terra. Em entrevista ao jornal britânico Express, ele disse:
“Nossa equipe tem causado uma grande celeuma ao longo do último par de dois anos, alegando estes micróbios estão contínuamente chegando a Terra do espaço. Nossos críticos têm sido enfáticos em denegrir o nosso trabalho, mas, até agora, ninguém apresentou uma explicação alternativa viável para ele ;Nós podemos dizer que a partícula não tem relação com qualquer coisa encontrada na Terra.”
Em adição à vida microbiana chegada do espaço, o Professor Wainwright também revelou que os elementos pesados ​​foram encontrados na estratosfera. Isto sugere que estes são  extraterrestres,ao invés de material transportado para a estratosfera pelos ventos:Este último lançamento também é emocionante porque a equipe encontrou partículas contendo,os assim chamados “elementos de terras raras “a uma altura cerca de 30 quilômetros na estratosfera. Essas massas de partículas são grandes demais para terem sido emitidas á partir da Terra e, assim como as formas de vida alienígenas que encontramos, deve ser recebida pela Terra, a partir do espaço.
As imagens de micróbios extraterrestres divulgados pela equipe científica do Wainwright corrobora um achado anterior,por cientistas russos.
Em 19 de agosto de 2014, ITAR-TASS informou que cientistas russos tinham encontrado vida microbiana, semelhante ao plâncton marinho, na superfície da Estação Espacial Internacional (ISS). Os russos detectaram pela primeira vez os micróbios ao longo de um ano antes e confirmaram que estes organismos podem viver em gravidade zero, dentro das temperaturas extremamente baixas e radiação cósmica. Apesar das condições adversas, os cientistas relataram que as bactérias foram prosperando na superfície da ISS e poderiam viver lá por anos.
A descoberta é surpreendente, uma vez que confirma que os micróbios extraterrestres podem florescer no espaço profundo. Vladimir Solovyev, chefe da missão orbital ISS russo disse:“Os resultados da experiência são absolutamente originais. Encontramos vestígios de plâncton marinho e partículas microscópicas na superfície da ISS. Isso deve ser mais estudado.”
A Reação da NASA para a descoberta surpreendente pelos russos, foi o silêncio. Esta falta de reação apoia as reivindicações de Richard Hoover, um veterano de 46 anos da NASA e astrobiologista, que diz que a agência espacial civil dos EUA está ignorando deliberadamente  a clara evidência de vida extraterrestre.
© Michael E. Salla, Ph.D. Copyright Notice
COREY GOODE E DAVID WILCOCK-A DIVULGAÇÃO CÓSMICA-~por Dr Michael Salla Ph.D
As revelações de Corey Goode sobre programas espaciais altamente sofisticados, têm intrigado dezenas de milhares de pessoas que visitaram seu site, escutei entrevistas em áudio,e li suas respostas á perguntas sobre o que vem acontecendo por trás do véu da desinformação que esconde esses programas. Goode  revela seu envolvimento nestes programas secretos que interagem com a vida extraterrestre, e que usam tecnologias avançadas para o espaço profundo e viagens interestelares.Em entrevistas na TV Gaiam com David Wilcock , Goode começa dando uma visão geral do seu serviço por 20 anos como um “Intuitive Empath” para uma série de programas espaciais secretos 1987-2007. Ele foi treinado para intuir  e realizar um contato com os sentimentos dos outros; Goode foi então capaz de fornecer informações vitais para os programas espaciais – ele descreveu cinco – que interagiram regularmente ou negociados com os diferentes grupos extraterrestres.Goode descreve uma Super Federação de Extraterrestres procuram humanos, realizando vinte e dois experimentos genéticos envolvendo os genes de diferentes raças alienígenas sendo combinados com o DNA humano ao longo período de até 250.000 anos atrás;. Ele explica as motivações dos extraterrestres nesses experimentos genéticos , desafiando qualquer explicação simples e que é realmente uma questão de perspectiva. Recentemente, Goode entregou um relatório sobre ele e outro denunciante que assistiram á essas reuniões da Super Federação.Goode também dá uma visão geral de como ele se tornou um informante após ser contatado por extraterrestres da  6-9 dimensão, altamente evoluídos, que recentemente apareram em nosso sistema solar.Goode descreve como o objetivo principal de esferas do tamanho de Netuno ,que é de regular energias cósmicas altamente carregadas que estão chegando ao nosso sistema solar. Ele disse que os programas espaciais secretos também estão cientes das energias cósmicas e seu impacto. Estas energias cósmicas são uma faca de dois gumes, na medida em que permitem ou não os apôios, tolhendo ou liberando habilidades humanas incríveis, ao mesmo tempo que pode levar para os outros,uma sobrecarga energética,fazendo-os mergulhar no caos.
 O principal objetivo  desta Aliança dos extraterrestres, era para evitar o caos e dar á todos mais tempo, enquanto estas energias altamente carregadas teria efeitos transformadores poderosos não só em seres humanos, mas extraterrestres também. De acordo com uma declaração escrita por Goode, a Super Federação e as alianças podem estar perto do fim de sua missão primária de tamponamento dessas essas energias. Isto coincide com a previsão de que uma onda de entrada de energias cósmicas atingirá o pico e impactará o sistema solar em setembro.

Revelações Cósmicas Por dentro do programa espacial com Corey Goode e David Wilcock-legendado em português-

***************************************************************************************************************************************************
CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG
Por tudo o que foi relatado aqui e documentado, o assunto principal não é discutir a presença/existência de seres de outros Orbes;A discussão principal é a criação de uma Exopolítica específica para tratar do assunto,que são os procedimentos para estabelecer diplomáticamente um método de contato pacífico entre inteligências cósmicas que prontamente venham receber o direito de conviver e interagir com os seres humanos; Uma definição para esse termo,poderia ser a seguinte; Exopolítica é um campo científico interdisciplinar, com suas raízes nas ciências políticas, que se concentra na investigação, educação e políticas públicas, instituições e processos, associados com a vida extraterrestre, bem como a vasta gama de implicações que isso acarreta através do direito público e paradigmas emergentes;é a convergência de uma nova ciência interdisciplinar, um movimento internacional e um novo paradigma, envolvida com ampla gama de implicações de vida extraterrestre, pois a milênios já se encontram por aqui, observando a sua estimada criação terrestre.Primeiramente, investigação se refere à pesquisa e esta implica metodologias, dados, análises e resultados para compreensão do objeto de estudo proposto, que no caso se trata da existência e realidade da vida inteligente extraterrestre. Em relação à educação, podemos aludir que se refere à orientação ao público, ao esclarecimento, a promover o conhecimento específicamente sobre a possibilidade da realidade da existência de vida extraterrestre inteligente e a interação com a humanidade.Há a necessidade de paradigmas emergentes, mudanças públicas serão necessárias em função desse advento assim como preservar o direito do cidadão frente ao fenômeno.Perguntas poderão ser feitas como:Quem é ou será responsável por qualquer seqüela que haja, seja física ou psicológica à população em função desse advento?O Estado vai proteger o cidadão?Quais os novos direitos e deveres do cidadão em relação ao possível evento de contato da humanidade oficialmente estabelecido com os extraterrestres?E durante o evento?E após o evento?Onde se enquadra a questão dos direitos dos ETs?Os alienígenas serão considerados dentro de um protocolo nacional, ou melhor, global, como estrangeiros e tratados como tal?Ou será necessário criar um novo padrão de interação para nós Terráqueos, que seremos os anfitriões?Uma relação pacífica implica em limites, diplomacias, bom senso. É necessário que o Direito e a Jurisprudência como entendemos hoje dêem um passo avante, possívelmente com o Exodireito, cuidando dessa interação. Assim, como as demais ciências emergentes, para dar conta da inovação dentro do novo paradigma.Parece que o contato é iminente, devido a grande manifestação de OVNIs no planeta Terra na atualidade, intensificada após a década de 40 com a queda do OVNI no Novo México nos EUA e também o aumento dos casos de pessoas que se dizem contatadas e abduzidas por alienígenas.Será que o desenvolvimento da tecnologia que levou o homem para o espaço e consequentemente desenvolveu tecnológicamente em vários segmentos da humanidade, a criação de armas potentes de destruição em massa, esbarraram com os limites dos alienígenas?Não sabemos qual ou quais serão as primeiras raças a se fazerem presentes perante a humanidade formalmente, certamente haverá um porta voz assim como nós elegeremos um dos nossos representantes num primeiro contato oficial,acreditando que esse encontro seja dentro do âmbito ao qual os seres humanos estão acostumados isto é, dentro de uma formalidade (com uma linguagem e comunicação que a humanidade compreenda).Poderemos perguntar  se esse encontro será no modelo tradicional ou não, mas que mais estudos são necessários para uma conclusão efetiva,temos certeza.A Exopolitica está preocupada com as implicações que podem ocorrer para a humanidade em geral, porque conhece que os modelos adotados em diversas áreas do conhecimento em grande parte se tornarão obsoletos e alguns deles poderão ruir. É necessário criar novas metodologias, modelos e ciências para dar conta da grande demanda dessa nova realidade – “a realidade do contato direto de alienígenas com a humanidade”.Isso trará implicações profundas, a necessidade de se reescrever a história. A chegada do grande “apocalipse” isto é, a grande revelação já profetizada.
EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL
************************************************************************************************************************************
Bibliografia para consulta
1-Exopolitica-Porta Estelar para uma nova realidade
Paola Harris
2-Os Humanóides extraterrestres
Henry Durrant
3-Abdução-Os mistérios dos extraterrestres
Zana Mattos
4-Comunicações Extraterrestres
Pierre Monette
5-Àrea 51
Dwigth Zimmerman
Divulgação: A Luz é Invencível

x

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS