14 de out de 2016

J. J. Benítez - Ruínas Alienígenas na Lua

Quais os verdadeiros motivos da ida do homem à lua? O que foi encontrado lá? O que é o Informe Brookings? 

Muito se escreveu acerca da ida do homem à lua, no entanto, o principal foi ocultado à grande maioria das pessoas.

Este documentário conduzido pelo jornalista e investigador J.J. Benitez, revelamos as informações confidenciais que nos foram ocultadas pela NASA a pedido do Governo Norte Americano, supostamente com medo de que houvesse um colapso mundial, caso essas informações fossem reveladas. A informação contida nesta documentário está apoiada com documentos, imagens e fotos secretas, que chegaram ao jornalista através de um importante militar Norte Americano, cujo nome em código é "Melro Vermelho", o qual foi um dos poucos que teve acesso a toda essa documentação.


O que levaria um dos Astronautas mais frios e com mais experiência, como Buzz Aldrin, que fez várias comissões na guerra da Coreia, a que a sua frequência cardíaca se lhe disparasse até ás 160 pulsações por minuto? O que poderá ter visto? O que significaram as suas palavras de admiração, que comunicou para a NASA e que foram ocultas? Poque a NASA o mandou calar, mudar a frequência das comunicações, e afastarem-se desse local, afirmando que já sabiam ao que se referia?

Este documentário apenas revela os segredos ocultos da viagem da Apolo 11 em Julho de 1969, mas devo dizer que há muitos mais segredos a revelar, respeitantes a outras viagens efetuadas pela NASA e que continuam por revelar. 

Aqui fica a história desses acontecimentos, em texto e vídeo. Ao final, pode consultar todo o Informe Brookings, classificado de TOP SECRET e enviado confidencialmente ao jornalista, para que se saiba toda a verdade. 

Prepare-se para conhecer o que "supostamente" lhe esconderam acerca da viagem da Apolo 11. Voltamos a fazer a viagem à lua, recuando até aquele dia em 21 de Julho de 1969, mas desta vez, você vai ver toda a informação recolhida, com filmes e fotos, no mínimo, desconcertantes.


BREVE HISTORIA

Treinamento

Os primeiros astronautas da NASA foram selecionados em 1959.

Um astronauta em Treino num ambiente
subaquático, o qual permite simular
uma atividade extraveicular.
No início do programa espacial, os pré-requisitos para uma pessoa tornar-se astronauta da NASA seria ter formação em engenharia e pilotagem de aviões militares a jacto, embora nem John Glenn e nem Scott Carpenter (ambos do Mercury Seven) tivessem qualquer grau universitário de engenharia ou de qualquer outra disciplina na altura da seleção. A seleção foi inicialmente limitada aos pilotos militares. Os primeiros astronautas (da América e da Rússia) tendiam a ser pilotos de aeronaves, e foram muitas vezes pilotos de testes.

Uma vez selecionados, os astronautas da NASA passam por um treinamento de 20 meses em uma variedade de áreas, incluindo testes de atividade extraveicular em uma instalação como a Neutral Buoyancy Laboratory da própria NASA. O astronauta em treinamento também pode experimentar curtos períodos de microgravidade.

O astronauta tem a obrigação de acumular um certo número de horas de vôo em aviões de jato de capacidade elevada antes da decolagem. Isto é feito principalmente em veículos como o T-38 Talon fora de Ellington Field, devido à sua proximidade com o Lyndon B. Johnson Space Center. A maioria dos vôos das aeronaves são feitas fora de Edwards Air Force Base.

Requisitos da candidatura na NASA
  • Ser cidadão dos Estados Unidos.
  • Passar em um rigoroso exame físico. A pressão sanguínea, enquanto ajustada, não deve ser superior a 140 sobre 90.
Comandante e piloto
  • Necessário bacharelado em engenharia, ciências biológicas, ciências físicas ou matemática. Embora não seja essencial, uma pós-graduação conta no requisito.
  • Pelo menos 1000 horas voando como comandante-piloto de jato. A experiência como piloto de teste é desejável.
  • A altura do candidato deve ser de 1,63 m a 1,93 m.
Especialista em missão
  • Necessário bacharelo em engenharia, ciências biológicas, ciências físicas ou matemática; tendo, pelo menos, três anos de experiência profissional relacionada.
  • A altura do candidato deve ser de 1,57 m a 1,93 m.

Marcos de viagens espaciais

Iuri Gagarin
O primeiro homem a atingir o espaço foi o russo Iuri Gagarin, lançado em 12 de abril de 1961, a bordo da Vostok 1, espaçonave que pesava 4725 quilos. Quando Iuri viu a Terra do espaço, pronunciou as palavras no controle terrestre: "A Terra é azul. Como é maravilhosa. É surpreendente." Até então, não se sabia da cor do planeta. Valentina Tereshkova foi a primeira cosmonauta da história e a primeira mulher a ir ao espaço, em 16 de junho de 1963.

Alan Shepard tornou-se o primeiro americano e a segunda pessoa a viajar no espaço, em 5 de maio de 1961. A primeira mulher americana no espaço foi Sally Ride, durante a missão STS-7 em 18 de Junho de 1983, a bordo da Challenger (ônibus espacial). A primeira missão para a órbita da lua foi a Apollo 8, que incluiu William Anders, nascido em Hong Kong, fazendo dele o primeiro astronauta asiático, em 1968. Em 15 de Outubro de 2003, o primeiro astronauta chinês foi Yang Liwei, na missão Shenzhou 5.

Neil Armstrong, a primeira pessoa a
andar sobre a Lua (1969).
A União Soviética, através do Programa Intercosmos, permitiu que pessoas de outros países socialistas voassem em suas missões. Uma dessas pessoas foi o checoslovaco Vladimir Remek, que se tornou o primeiro europeu no domínio espacial soviético em 1978, pelo foguete russo Soyuz. Em 1980, o cubano Arnaldo Tamayo Méndez tornou-se a primeira pessoa descendente de africanos a voar no espaço (o primeiro africano no espaço foi Patrick Baudry, em 1985). Em 1988, Abdul Ahad Mohmand tornou-se o primeiro afegão a partir fora da terra, retornando nove dias depois a bordo da estação espacial Mir.

O primeiro lusófono a partir para uma tripulação espacial foi o brasileiro Marcos Pontes, a bordo da "Missão Centenário". Em 30 de março de 2006, partiu em direção à Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo da nave russa Soyuz TMA-8, com oito experimentos científicos brasileiros para execução em ambiente de microgravidade, retornando no dia 8 de abril a bordo da nave Soyuz TMA-7.Além de ter sido o primeiro lusófono, ele foi o primeiro homem do Hemisfério Sul a ir para o espaço.

Marcos Pontes, astronauta brasileiro.
IdadesA pessoa mais jovem a voar no espaço foi o russo Gherman S. Titov, quando voou na Vostok 2 aos 25 anos de idade (sendo também o primeiro astronauta a sofrer de síndrome de adaptação ao espaço), e a mais velha foi John Glenn, quando voou na missão STS-95 aos 77 anos de idade.

Marcos não-governamentais

O primeiro viajante espacial não-governamental foi Byron K. Lichtenber, pesquisador do Instituto Tecnológico de Massachusetts que voou na missão STS-9.13 Em dezembro de 1990, Toyohiro Akiyama tornou-se o primeiro repórter a viajar no espaço pela missão Soyuz TM-11. Da órbita, fez várias matérias ao vivo para os espectadores do canal Tokyo Broadcasting System (TBS) durante sete dias, narrando o cotidiano de uma missão espacial.

Viajantes autofinanciados

A primeira pessoa a voar em uma missão totalmente financiada com fundos privados foi Mike Melvill, pilotando o SpaceShipOne flight 15P numa jornada sub-orbital, embora fosse um piloto de teste empregado pela Scaled Composites. Cinco outros, até 2007, pagaram para voar no espaço. Todos os participantes, listados abaixo, decolaram e acoplaram na Estação Espacial Internacional em naves Soyuz.

EUA - Dennis Tito: 28 de Abril a 6 de Maio de 2001
AFRICA DO SUL - Mark Shuttleworth: 25 de Abril a 5 de Maio de 2002
EUA - Gregory Olsen: 1 a 11 de Outubro de 2005
EUA/IRAN - Anousheh Ansari: 18 a 29 de Setembro de 2006
EUA/HUNGRIA - Charles Simonyi: Março de 2007

Mortes

Até 2008, dezoito astronautas perderam a vida em uma conexão espacial. Treze deles foram americanos, quatro soviéticos e um israelense, mas devido a tecnologias, a probabilidade de mortes vem diminuindo.

Insígnia

Na NASA, as pessoas que completam o treinamento de astronauta recebem uma insígnia de merecimento. Depois de ter voado no espaço e ter regressado, o astronauta recebe um pino de ouro.

* O INFORME BROOKINGS:


Fonte: http://filosofiaimortal.blogspot.com.br/

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS