24 de jan de 2017

Trump Presidente: as verdadeiras negociações irão começar...

Agora que o regime de Trump foi formalmente instalado, a verdadeira batalha sobre o futuro do planeta Terra irá começar a sério. Por um lado, temos o complexo industrial militar ocidental e, por outro, encontramos as antigas famílias de linhagens. Outra maneira de ser colocada esta situação, seria a batalha atual entre aqueles que têm as armas e aqueles que controlam o fornecimento da manteiga (dinheiro). No entanto, uma análise sobre uma ótica diferente, a próxima luta a ser considerada seria entre a China (Ásia) versus os EUA (Ocidente), no entanto, isto visto numa visão bastante simplista. Agora, o "Ocidente" inclui o Japão, as Coréias do Norte e do Sul e, talvez, até o Vietnã, enquanto, a "Ásia" incluiria a Alemanha e outros estados nações controlados pelos Rothschild.

As frentes de batalha ideológicas foram fixadas em dois discursos, uma pelo presidente chinês, Xi Jinping, na festa amorosa da linhagem na festa de Davos, em 17 de Janeiro, enquanto que a outra, foi o discurso de posse do Presidente Donald Trump.

O discurso de Xi apoiou, essencialmente, o ‘status quo’ globalista, na medida em que "o sistema de governança econômica global" continuaria a ser reformado, para dar maior voz às nações em desenvolvimento. Xi também prometeu que a China ajudaria no desenvolvimento mundial de forma vantajosa e em harmonia com a natureza. É claro que a China tem, de longe, sido o maior beneficiário do sistema atual para os da linhagem globalista terem pedido proteção chinesa, agora, que uma reação contra eles se iniciou no Ocidente.

Já Trump, em seu discurso, lamentou a forma de como a classe média americana e a indústria dos EUA foram destruídas pelos globalistas e, prometeu restaurar a indústria e a infraestrutura americanas. Também deu a entender que o complexo industrial militar estaria prestes a compartilhar algumas de suas tecnologias secretas com o mundo, quando disse: "Estamos no nascimento de um novo milênio, prontos para desvendar os mistérios do espaço, para libertar a Terra das misérias da doença e para aproveitar as energias, indústrias e tecnologias do amanhã. "

De um modo geral, isso não nos parece que estão sendo criadas motivações para uma guerra mundial ou um choque de civilizações, mas, sim, que estamos vendo posições de negociação razoáveis sendo expostas por ambos os lados, antes que negociações finais para a criação de um novo e melhorado sistema de administração do planeta. Os asiáticos querem mais voz para o mundo não-europeu, o Ocidente quer a sua indústria e a classe média a ser reconstruída em troca da liberação da tecnologia oculta. Parece que uma solução favorável a todos será alcançada sem muita batida na mesa e gritarias.

No Ocidente, haverá mais socos na mesa, na medida em que os militares apoiarem o novo regime de Trump, recentemente iniciado. Em antecipação às investigações e divulgação, a CIA já divulgou 13 milhões de páginas de documentos, todavia, fontes do Pentágono prometem que o novo chefe da CIA, Mike Pompeu, irá "expurgar e reformar a agência e irá forçar, ainda mais, para a divulgação total".

"Trump foi para Langley [Quartel General da CIA], para dizer à CIA que os militares estão com ele e que irá adicionar milhares de mais novos agentes, enquanto expurga os bandidos", dizem as fontes. O general Joseph Dunford "voltou das reuniões de Paris e Bruxelas com a OTAN para supervisionar a segurança do Trump na sua posse, apoiado por milhões de ciclistas, policiais, federais e da Guarda Nacional", continuaram as fontes.

Além disso, fontes do Pentágono dizem que: "Não é por acaso que o General James Mattis foi confirmado como Secretário de Defesa e companheiro do Marine [General John] Kelly para dirigir o Departamento de Segurança Interna, em 20 de Janeiro, que foram os chefes de Dunford no Iraque e considerando que, esses 3 Marines Superiores formam a guarda pretoriana de Trump. "

A primeira coisa real que Trump fez depois de assumir o poder foi ir para à sede da CIA com sua guarda pretoriana. Superficialmente, prometeu o CIA 1000% de apoio enquanto, na verdade, de acordo com fontes do Pentágono, Trump deu a CIA um ultimato para "parar com as drogas, armas, crianças, tráfico, drones, mentiras, truques sujos, corrupção política, subversão e mais foco em inteligência humana e de código aberto para o todo do governo e fornecer contra inteligência sobre rivais e Israel entre outros".

O governo militar de Trump também está planejando forçar empreiteiros militares como Boeing e Lockheed Martin, acabar com as fraudes, resíduos e abusos e que "podem, até mesmo, serem nacionalizados como na Rússia", dizem as fontes.

A transferência da soberania de parte do traficante do capanga mexicano da CIA Joaquín "El Chapo" Guzmán, justamente ao momento da Presidência de Trump, foi programada para enviar uma mensagem clara, dizem. Guzman está contando tudo o que sabe, sobre e para onde todo o dinheiro secreto das drogas da facção nazista está fluindo, dizem.

As famílias de linhagens não estão aceitando tudo isso sem uma briga, vindo a financiar e organizar manifestações anti-Trump em todo o mundo. Também, estão usando o seu - muito provavelmente, já final - controle das gigantescas corporações de mídia, para montar uma grande guerra psicológica contra o regime de Tramp.

Como parte dessa campanha, parece que os Rothschilds e seus semelhantes ressuscitaram George Soros como seu homem-chave. Soros, aparentemente, apareceu na semana passada na reunião de Davos, na Suíça, mas ainda não estou disposto a descartar as informações que me deram de que estaria morto. A razão é que Soros teria falado em público num almoço e que, quando tal coisa acontece, várias mídias tipicamente relatam suas próprias versões originais do evento. Neste caso, porém, todos os relatos da mídia corporativa, parecem rastrear um vídeo do Bloomberg. A tecnologia para tornar uma pessoa parecer real num vídeo é bem estabelecida e: Até eu ver Soros novamente no Clube de Correspondentes Estrangeiros do Japão com meus próprios olhos, continuarei a dizer dizer que os Rothschilds estão apenas usando essa pessoa para se esconderem atrás.

Aqui está o que uma fonte da CIA tinha a dizer sobre sua recente "aparência:"

"Parece que o velho George está mais novo... é este o último modelo que acabou de sair da câmara? Tome nota da diferença de idade, da foto nova e da está circulando agora no MSM". Vejam as fotografias abaixo, a primeira é confirmada de ser sido obtida pouco antes dele ter saído de circulação. No mínimo, de alguma forma, foi rejuvenescido.



Outra personalidade de poder evidente, a chanceler alemã Angela Merkel, "estará usufruindo de uma licença inesperada muito em breve," por razões de saúde" e que, provavelmente, não retornará. Em outras palavras, ela está prestes a correr", de acordo com uma fonte da CIA altamente conectada.

Com Soros e Merkel afastados, uma fonte diferente e altamente conectada da CIA, transmitiu a seguinte mensagem: "Na Antártida, as forças das trevas eram tão 'fortes' quanto as Forças da Luz. Este é o último reduto para os meninos maus e seus tipos...."

A fonte, que é um parente direto de um famoso almirante da 2ª Guerra Mundial, também dispõe de algum material de Arquivo X para dizer, ou seja:

"Duas linhas de tempo, agora, estão convergindo e, quando essa convergência estiver concluída, teremos a divulgação completa. É por isso que todos os principais líderes mundiais estiveram na Antártida e continuam chegando todos os dias. A antiga cidade perdida, já está à vista. Aquilo que tenho chamado de 'A Base' em transmissões e discussões anteriores, tudo está lá e, as elites estão chegando através de seus meios de transporte especiais, não só para procurar proteção para evitar de serem presas, mas, também, para tentarem fazer um acordo com os Galácticos, que estão no controle de toda a área agora. Nas fileiras superiores, existem aqueles da elite que estão na "Cidade", tentando fazer um acordo para entrarem nas câmaras de cura, inclusive Kissinger."

Reivindicações incríveis exigem provas incríveis e, quando este escritor exigiu uma oportunidade de ir para à Antártica para ver por si mesmo, foi informado que seria arranjado. Se eu for, levarei câmeras e equipamentos de gravação, para compartilhar o que encontrar com o público em geral.

Em todo caso, uma fonte russa da FSB, de base muito rígida e baseada na realidade, confirmou que a Antártida não estava sob o controle de nenhum governo e que os conglomerados e oligarcas internacionais tinham bases, ali onde estiveram, para conduzir experimentos secretos e pesquisas.

Fontes da Antártida, também, forneceram duas coordenadas de GPS, onde informam em que grande parte da ação é realizada: 74°S, 164° L e 66° S, 99° L. Uma aparece no Google Earth como uma paisagem não congelada, com lagos e, a outra como um quadrado pesado borrado. Também foram fornecidas as seguintes fotografias:





Considerando que Trump reivindica que, seu governo representa "um movimento histórico nunca visto antes", em breve, os próximos eventos irão corresponder com a retórica. Vamos aguardar.

Autor: Benjamin Fulford 
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
Veja mais artigos do Benjamim Fulford Aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS