11 de mar de 2017

Fantasias e realidades sobre a Era de Aquárius

Muito se tem dito sobre a Era de Aquárius, alguns a estão esperando chegar e outros acreditam que faz muitos anos que ela já chegou. Nós nos atemos aos fatos, ela se iniciou no dia 4 de fevereiro de 1962, entre 2 e 3 horas da tarde.

Muitas pessoas afirmam que depois do ano de 2000 virá a época da Idade de Ouro, onde desaparecerão as fronteiras entre os países e que a Humanidade vai passar por uma grande transformação radical.

Tais profecias não passam de verdadeiros sofismas, sem base nenhuma, seria um absurdo imaginar que o Ego coletivo pudesse de uma hora para outra dar origem a uma idade de luz e beleza. Dentro de nós estão os fatores da discórdia que produzem as guerras.

O egoísmo, o ódio, a violência, a luxúria, expressam-se coletivamente sobre o cenário da guerra. Vocês acreditam que nestas atuais circunstâncias o Ego pode criar uma idade de fraternidade e amor? Essas multidões são capazes de estabelecer sobre a face da Terra a idade do esplendor e do amor?


Vocês que conhecem muito bem as pessoas, que conversam com os seus semelhantes, que sabem que é uma luta ganhar o pão de cada dia, que sabem o que é a inveja, sabem o que é o sofrimento, poderão aceitar a tese de que essa gente que convive conosco seja capaz de iniciar uma idade de beleza e esplendores?

Vêm à minha memória diversos conceitos teosóficos, astrológicos etc. São várias teorias que conceituam que a revolução dos eixos da Terra é necessária e que antes da idade da luz seria produzida tal revolução.

Dizem que as águas invadirão parte da Terra, não toda, e que milhões de pessoas morrerão pela água e supõem que um pedaço da Terra será lançado ao espaço, para se converter numa nova Lua. Acreditam que da região austral se desprenderá um pedaço que formará um novo satélite ao redor da Terra, e que depois viria a idade dos esplendores.

Conceitos muito bonitos e trágicos também, mas equivocados, todos que pensam que os futuros cataclismos serão pela água estão falhando, a Terra será destruída pelo fogo.

As pessoas não sabem interpretar essa questão da Era de Aquárius, eles dizem que Aquárius é o planeta da ciência, do ar, que conquistaremos os espaços infinitos, as fronteiras serão eliminadas e tudo será Amor.

Só porque Aquárius chegou, todo mundo se transformou sem trabalhar sobre si mesmo, sem se esforçar, assim do nada e pronto? Aquele que era mau, de uma forma mecânica, deixou de ser e tornou uma “Alma de Deus”? É um absurdo pensar dessa maneira.

Aquárius é altamente revolucionário. Urano é um planeta explosivo, terrível, atômico, e está governando a Humanidade desde 1962. E aí, alguns de vocês já melhoraram por este motivo? Acabaram-se as fronteiras dos países? Não, senhores, a realidade é totalmente diferente, e vocês estejam prontos, porque virão guerras e mais guerras, a Terceira Guerra Mundial também se aproxima. É bom que nós reflitamos sobre tudo isso.

Como poderia haver paz sobre a face da Terra se cada um de nós leva dentro os elementos que produzem as guerras? Como poderia haver amor, se dentro de cada um de nós existe o ódio? De onde tiraríamos o altruísmo, quando em nosso interior levamos o egoísmo? Como poderia resplandecer a castidade, se cada um de nós leva dentro a luxúria?


Meus caros irmãos, será impossível cria uma Idade de Luz nestas circunstâncias, o Ego jamais poderá criar uma Idade de Luz. Assim todas essas profecias são falsas. Temos de morrer de instante em instante, pois só do nosso interior é que advirá a Luz.

A poderosa civilização do futuro, da Idade de Ouro, a Idade de Luz e de Esplendor, só surgirá depois da grande catástrofe que se avizinha. Agora não é possível, porque o Ego não pode criar culturas divinas, não é capaz de permitir a ressurreição das antigas civilizações esotéricas e espirituais.

Assim, quem profetiza dizendo que no ano de 2000 ou 2007 se iniciará a Idade do Esplendor e da Luz estão completamente equivocados. Essa Idade só pode ser edificada pelo Ser, pelo Divino, pelo que há de mais decente que possuímos no fundo da nossa Consciência, mas jamais, jamais pelo Ego.

Meus irmãos meditem em tudo isso que estou falando, e compreendam o terrível momento em que estamos vivendo. Sabendo disso, devemos saber também da necessidade de incrementar a Gnosis, de abrir esse “beco sem saída”, de levar para todas as pessoas a Sabedoria, os Ensinamentos da Gnosis, para que possam escapar do terrível inferno que está se aproximando.

O Movimento Gnóstico Internacional avança vitorioso em todos os campos de batalha e ninguém e nada nos poderão deter nessa marcha luminosa e triunfal. O nosso movimento só tem um objetivo, o de iniciar a Nova Era de Aquárius.

Vocês sabem que Urano é o regente da Constelação de Aquárius e isso tem um profundo significado, pois ele governa as glândulas sexuais, e é por isso é que o Movimento Gnóstico ensina claramente o Sahaja-Maithuna, a Magia Sexual, o fundamento esotérico da Nova Era.

Urano, como primitivo Rei da submersa Atlântida, que chamamos de Ur-Anas, ou seja, o Fogo e a Água, determinou o primeiro culto Luni-Solar da andrógina IO, é aí que encontramos a raiz da Astroteologia Caldeia, por isso é que Urano é Asura-Maya, o primeiro atlante, o Primeiro Revelador dos Mistérios Sexuais.

O sagrado mantra OM MANI PADME HUM equivale aos Deuses Sol e Lua, o Phalo e Útero, nos quais se encontra a chave maravilhosa do Grande Arcano.

Io-Piter é o Sol, o Phalo; Mani é o Útero, a Lua. Ou seja, o mantra quer dizer “a flor de Lótus, com seus pólos masculino e feminino, submersos nas Águas Genésicas do Primeiro Instante: Om Mani Padme Hum.

Quaisquer ensinamentos que não tiverem o Sahaja Maithuna serão algo extemporâneo para a Era de Aquárius, e não será possível ingressar nos Grandes Mistérios da Loja Branca sem a Doutrina de Urano, o Asura-Maya, o Primeiro Revelador.

Os cabalísticos hebreus descobrem na Pedra Cúbica de Yesod, o Sexo, os órgãos criadores. A pedra sefirótica foi analisada pelos grandes Alquimistas medievais de onde resultou a famosa Pedra Filosofal dos antigos sábios.

Edificar é indispensável, meus irmãos, que significa: construir, levantar, trabalhar etc. Todas as escolas pseudoesotéricas aconselham uma vida edificante e essencialmente edificante, mas desgraçadamente elas não dão a chave, ignoram-na. Eles dizem que a pedra é a palavra, embora não percebam que a base do Verbo é o Sexo, eles rechaçam a Pedra Cúbica de Yesod.

O Movimento Gnóstico Revolucionário não quer escapatórias, ensina os Mistérios do Sexo para edificar o nosso Templo Interior sobre a Pedra Viva, jamais sobre areias, seguindo a Senda do Quarto Caminho da Santa Cruz.

A nós é confiada a nobre missão de desvelar o Caminho, de torná-lo público pela primeira vez à luz do dia. Há quem diga que existem três Caminhos, outros dizem que há sete Caminhos, outros juram que são doze. Nós afirmamos que SÓ EXISTE UM CAMINHO, e este é o do SEXO!

Como tudo gira ao redor do sexo, é ostensivo que o Movimento Gnóstico está criando uma verdadeira revolução cultural e espiritual em todo o mundo. Através do nosso trabalho estamos iniciando a Era de Aquárius, estamos trabalhando para salvar os que querem ser salvos, mas é necessário dar uma forma ao nosso Movimento Gnóstico, por isso é que estabelecemos as Três Câmaras.

Nosso Movimento deve ter exatamente Três Câmaras, cada Lumisial deve ter as três Câmaras para instruir os nossos estudantes. A Primeira é pública, exotérica; a segunda é a mesotérica e a terceira é esotérica


.

As energias sagradas da Constelação de Aquário induzem na humanidade o desejo pela Liberdade, pela Comunicação, pela Sexualidade Transcendental… Ou, se polarizadas negativamente, à tirania, ao vício…


A Primeira Câmara tem o dever de atender o público, sem distinção alguma, sem diferença sexual, de raça, classe, credo ou cor, não é necessário ser consagrado para entrar na Primeira Câmara, qualquer pessoa que passe pela rua pode entrar nela.

Os Ensinamentos dessa Câmara se basearão os nossos livros “kinder”, ou seja: Introdução à Gnosis (Cartilha Elementar), Mais Além da Morte, Mirando o Mistério etc. Também se estudarão as sagradas escrituras cristãs, muçulmanas, budistas, persas, maias e muito outros. Não se deve ensinar a Magia Sexual para evitar que as pessoas se escandalizem, tampouco se fará a Liturgia, só se usará o “Pai-Nosso” como oração.

Na Segunda Câmara só poderão ingressar as pessoas que tenham demonstrado anelos verdadeiros e constância na assistência, durante três meses seguidos, essa é uma exceção muito especial para os países da América Latina, porque aqui na Sede Patriarcal (México) há indivíduos que têm até três anos e ainda não podem entrar na Segunda Câmara, mas lá na Colômbia, e todos os países da América Central e América do Sul, só é necessário que as pessoas assistam três meses para entrar na Segunda Câmara. Assim autorizamos na Sede Patriarcal do México. Ninguém poderá entrar na Segunda Câmara sem ter sido consagrado pelo Soberano Comendador ou pelos S. ‘ . G. ‘ .

À exceção do Pratimoksha, ou Cerimônia de Descarrego, a Segunda Câmara celebrará toda a L. ‘ . G. ‘ . O Pratimokcha é algo muito delicado e somente se pode usá-lo na Terceira Câmara, na Segunda Câmara se estudam unicamente todas as nossas obras gnósticas.

Na Terceira Câmara ninguém poderá ingressar sem ter assistido durante três anos contínuos a Segunda Câmara. Nela só se estudam as Mensagens de Natal de cada ano, assim como outras mensagens. Na Segunda o estudo é mais generalizado, na Terceira é mais específico, nela se praticará a Meditação de acordo com os Ensinamentos que demos nas Mensagens de Natal, nela não se fazem Correntes de Cura.

O Pratimoksha só pode ser realizado na Terceira Câmara e a prática dos exercícios mais esotéricos, todos os exercícios de meditação deverão ter pelo menos uma hora de duração. Na Terceira Câmara os irmãos carregam-se de forças eletromagnéticas suficientes para continuar avançando neste doloroso Caminho para o Despertar da Consciência.

O início da reunião da Terceira Câmara se faz com uma Cadeia para irradiar Amor à Humanidade, pronunciando as palavras ritualísticas: “Que todos os seres sejam ditosos, que todos os seres sejam felizes, que todos os seres estejam em Paz”, por três vezes, é claro. Depois se vocalizam os mantras da Terceira Câmara: “SAL… TUL… UL…”

Depois, os irmãos soltam a cadeia e começam a prática esotérica tendo como base as Mensagens de Natal. Passado o diálogo, dar-se-á a Meditação de acordo com as técnicas que temos ensinado nas ditas mensagens. Conclui-se a reunião com uma nova Cadeia de Amor e novamente com as palavras: “Que todos os seres sejam ditosos, que todos os seres sejam felizes, que todos os seres estejam em Paz”, e logo após os mantras: SAL-TUL-UL.

Ficam os diretores dos Lumisiais de escolher os seus horários e dias de reunião das Três Câmaras. Todos os Missionários Nacionais e Internacionais poderão fazer consagrações.

Bem, com isto eu me despeço de todos vocês, desejando-lhes, meus queridos irmãos, que os anos de 1971 e 1972 sejam de pleno êxito para todos. Bom, agora lembrem-se de forma constante e diária a nossa frase ritualística: “Que todos os seres sejam ditosos, que todos os seres sejam felizes, que todos os seres estejam em Paz”.

Pergunta: Mestre, por que a Humanidade tem recebido os Ensinamentos mais importantes de forma velada?
Samael Aun Weor: Nos tempos antigos os Ensinamentos eram entregues dentro do sigilo dos Templos, e quando os escreviam, eram na forma de hieróglifos, mas hoje mudou e ainda não se pode dizer que tudo está publicado, temos escrito livros, nós os estamos colocando na rua. E nos propomos entregar o Conhecimento desvelado para todo o mundo, difundi-lo na face da Terra, porque está escrito que antes do Cataclismo Final seria difundido este Evangelho, e como ainda não foi totalmente difundido, nós o difundiremos.

Aqueles que acreditam que o Evangelho do Cristo já está publicado em todos os países da Terra estão completamente equivocados, porque os Quatro Evangelhos estão escritos em “chave”. São Quatro textos de Alquimia e Cabala, e quem não sabe a Alquimia e a Cabala não poderá entendê-los. Dessa forma, é preciso desvelar e publicá-los, para fazer chegar a todos os países da Terra.


Está escrito que o Nosso Evangelho será conhecido em todas as partes, nós desentranharemos a Doutrina Secreta dos Evangelhos, os desvelaremos para que todos conheçam as suas verdades, e quando isso acontecer, virá o Cataclismo Final.

A Humanidade está convencida de que os Evangelhos já foram divulgados, mas não é certo, porque para entendê-los é necessário ter a “chave”.

Assim como a Doutrina de Cristo, através dos Quatro Evangelhos, os Evangelhos de Krishna, de Buda e de todos os Avatares do mundo estão escritos em chave. Desvelados os Mistérios que existem nos Quatro Evangelhos, ficam desvelados os Evangelhos de todos os outros grandes Mestres.

Os Evangelhos cristãos não foram divulgados porque não estão desvelados, pouquíssimas pessoas conhecem os seus segredos, os seus mistérios, os seus ensinamentos, ainda que muitos acreditam que conheçam os Evangelhos.

Os distintos pastores, profetas e outros que atualmente existem no mundo estão convencidos de que eles conhecem os Evangelhos. Isso não existe, eles não conhecem. Mas nós, os gnósticos, vamos fazer com que eles conheçam o verdadeiro significado dos Evangelhos, vamos dar os Ensinamentos contidos nos Evangelhos para o mundo inteiro.

P: Mestre, o Movimento Gnóstico Cristão Universal antecederá o Cataclismo Final?
SAW: O Movimento Gnóstico é o Exército da Salvação Mundial, ele servirá de núcleo para a Iniciação da Idade de Ouro, nos tocará guiar o povo para certos lugares, haverá êxodos, como nos tempos antigos da Bíblia, o Movimento Gnóstico é chamado para formar uma nova civilização e uma nova cultura, mas serão selecionados aqueles que dissolverem o Eu psicológico.

Agora, não basta escutar a palavra, temos a necessidade de fazê-la dentro de nós mesmos, muito poderão nos escutar, mas se não realizarem dentro de si, nada feito. A nós nos interessa os Trabalhadores da Grande Obra, esses são os irão formar o núcleo da nova Idade de Ouro. Existem milhões de gnósticos em todas as Américas, mas o que interessa são as obras.

Não basta que um diga: “Sim Senhor, eu te amo, eu te sigo…”, o que importa é fazer, realizar a palavra em si mesmo, dissolver o Ego, fabricar os Corpos Existenciais Superiores do Ser, encarnar o seu Princípio Anímico, sacrificar-se pela Humanidade. Se não fizer a Grande Obra, de nada serve.

P: Existem outras filosofias que praticam as Obras que a Gnosis proclama?
SAW: Naturalmente, as Escolas Tântricas do mundo oriental, aquelas que preconizam o Tantra e a Iniciação Tântrica. A condição é a de que dissolvam o Ego, elas podem formar fileira conosco, para criar uma nova civilização.

O Budismo Tântrico do Tibet, os súfis da religião de Maomé, os verdadeiros rabinos iniciados, os Mestres das Escolas de Regeneração, que psiquicamente trabalham, se eles realizarem a Grande Obra estarão conosco para formar a Nova Era.

Os fundamentos de qualquer Escola Tântrica de Regeneração são os Três Fatores da Revolução da Consciência, e quem trabalhar com esses três fatores, formará o povo santo que irá formar a Nova Idade de Ouro.

Os requisitos para a Grande Obra vocês já conhecem, é a DISSOLUÇÃO DO EGO, com a eliminação dos nossos defeitos psicológicos; a FABRICAÇÃO DOS CORPOS EXISTENCIAIS SUPERIORES DO SER, através da transmutação do Hidrogênio Sexual Si-12; e o SACRIFÍCIO PELA HUMANIDADE, que é o Amor, ou seja, levantar a tocha bem alta para iluminar o caminho para os outros. Com esses três fatores da Revolução da Consciência, estamos trabalhando na Grande obra.

P: Mestre, quais são os caminhos para realizar a terceira parte, ou seja, para servir à Humanidade?
SAW: Cada qual serve de acordo com as suas aptidões. O médico poderá servir curando os enfermos, não somente aos que possuem dinheiro, mas aos que não possuem também, assistindo os ricos e os pobres sem discriminação alguma. O professor, levando os conhecimentos básicos da Gnosis aos seus educandos; aquele que trabalha em edificações, ajudando aqueles que não possuem uma casinha, ou seja, servir desinteressadamente onde estiver, etc. Cada um deve fazer da sua profissão um Apostolado. Desta forma poderemos servir à Humanidade.

Agora a melhor forma, a mais enaltecedora, a mais dignificante está em difundir os Ensinamentos Gnósticos, fazer com que a Humanidade conheça essas verdades, agora não se trata simplesmente de catequizar, mas sim de saber difundir os Ensinamentos.

Tem de saber ensinar, mas para isso se precisa compreender o ambiente em que está se movendo. Ensinar com exatidão e de acordo com a psicologia das pessoas que o rodeiam. Não é adequado levar os Ensinamentos onde não querem escutá-los.

Eu, por exemplo, tenho um sistema particular para ensinar quando quero dar os Ensinamentos para alguém. Dou de presente um livro, se a pessoa faz algum comentário sobre o livro, se demonstra interesse, aí sim, senão eu jamais volto a falar com essa pessoa sobre os Ensinamentos.

Agora todo indivíduo que está difundindo a Doutrina deve ensinar com o seu exemplo. De que adiantaria falar sobre a Castidade se estivermos fornicando? Como vamos falar sobre o álcool, se somos bêbados? Assim, não só as palavras, e sim as obras que devem servir como base para os Ensinamentos, as palavras e as obras, devem ser demonstradas com fatos, com exemplos.

Aos gnósticos, faço-lhes chegar as minhas saudações, espero que cada um de vocês se converta em verdadeiro propagador dos Ensinamentos. Que cada um de vocês traga pessoas e mais pessoas aos nossos Santuários. Também desejo que todos, que cada um de vocês, dissolvam o Eu psicológico, que se preocupem mais com a morte do mim mesmo, que destruam e aniquilem o Ego animal.

A todos os gnósticos, eu os aconselho a trabalhar na Forja dos Ciclopes para criar os Corpos Existenciais Superiores do Ser, para encarnar seu Princípio Anímico.

PAZ INVERENCIAL!

(Samael Aun Weor, conferência intitulada Fantasias e Realidades Sobre a Era de Aquárius).

Fonte: http://www.gnosisonline.org/magia-cosmica/fantasias-e-realidades-sobre-a-era-de-aquarius/

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS