29 de jul de 2017

Saúde: Alerta!

A próxima vez que for ao supermercado, tenha isso em mente: não é porque um alimento está em uma embalagem atraente ou é prático e rápido para consumir que seja necessariamente bom. Nos dias corridos de hoje, damos preferência ao que é fácil e nos esquecemos do mais importante: a nossa saúde. Por isso, decidimos compartilhar 7 produtos que você nunca deve comprar em um supermercado e por que evitá-los.

1. Salada pronta

Bacteriologistas advertem que o alimento mais perigoso que pode ser encontrado em um supermercado é a salada empacotada. Embora o pacote possa indicar que o conteúdo está "pronto para comer", ainda pode conter bactérias nocivas que podem causar problemas intestinais. Essas bactérias usualmente ficam nas folhas porque não são termicamente processadas. Portanto, para consumir uma boa salada fresca e saudável, compre os vegetais separados, lave-os e prepare-os.

2. Salsicha
A Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmou que a salsicha, o bacon e outros produtos de carne processada podem causar câncer. Os nitritos que são encontrados nestes alimentos são transformados em nitrosaminas, potentes cancerígenos nos intestinos. A carne defumada também pode conter benzopireno, outro carcinógeno. Por isso, caso queira preparar um sanduíche, compre uma peça fresca de carne, frango, cozinhe, tempere e faça o seu sanduíche.

3. Chá verde em garrafa de plástico

Um recente estudo revelou que uma bebida engarrafada que é rotulada como chá verde tem, de fato, nada em comum com ele. Uma xícara de chá verde real contém tantos antioxidantes como 20 garrafas desta bebida. A versão em garrafa é composta principalmente de água e açúcar, que é mais do que pode ser encontrado na maioria dos refrigerantes. Por isso, prepare você mesmo o seu delicioso chá verde.


4. Alimentos com aditivos artificiais de frutas
Iogurtes com sabor e polpa de frutas podem parecer lindos e saborosos, mas na verdade não têm nada de fruta. Para imitar o sabor, a cor e o aroma, são utilizados muitos conservantes, espessantes e adoçantes, dentre muitos outros. Os fabricantes colocam no rotulo que há entre 20 e 40% de frutas na composição, mas o ideal mesmo é você comprar o iogurte comum e colocar as frutas frescas para o seu café da manhã.

5. Maionese
A maionese consiste basicamente de ovo, óleo, vinagre e temperos. No entanto, a versão pronta do supermercado é rica em preservativos, além de corantes artificiais e outros produtos químicos. A versão ‘light’ da maionese tem menos gordura (35% menos), mas, para preservar a consistência, os fabricantes adicionam mais açúcar. Isso significa que a quantidade de calorias é praticamente a mesma se comparada com a versão comum. De certa forma, a maionese não é nada saudável, mas se você gosta desse molho e o utiliza ocasionalmente em sanduíches, saladas e outros preparos, faça a sua em casa.

6. Temperos prontos
Não estamos nos referindo apenas aos caldos e temperos artificiais que são muito prejudiciais à saúde por conterem vários produtos químicos, mas também dos temperos moídos já prontos. A pimenta-do-reino é uma das mais comuns na cozinha, mas a versão já moída pode não ser tão saborosa quanto a que você tritura na hora. Os fabricantes podem incluir sementes velhas, prejudicando o sabor da sua comida. Além disso, outros temperos, como curry, açafrão e pimenta vermelha podem ter produtos químicos, como corantes e glutamato monossódico. Por isso, compre seus temperos frescos na feira e use-os na hora. Você pode usar um moedor de temperos ou um almofariz com pilão para isso.

7. Pão


Se você acha que está comprando um pão fresco e de qualidade no supermercado, saiba que a maioria deles utiliza uma farinha modificada com produtos químicos, que incluem agentes para tornar a massa mais espessa e fazê-la render mais. Isso faz com que a validade dure mais, mas nossos organismos não processam esse tipo de produto. O mesmo vale para outros alimentos, como bolos, salgados e doces. Para isso, nada melhor do que visitar a

tradicional padaria do seu bairro.

Fonte: brightside

x

Sugestão do Editor.

AS 10 MAIS DO MÊS