Menu 2

.

9 de set de 2018

Enlouquecido 2018!


Cadê o botão para desligar este enlouquecido 2018?

Devido à divulgação pelo Vivência Espírita da palestra da Shellyana de dezembro passado, pessoas que nada sabem do assunto têm feito perguntas relativas aos extraterrestres.

As mais frequentes são as óbvias:
– se eles são mais evoluídos , por que não trazem a cura do câncer?
– por que eles não mudam a forma de ser dos humanos, com tanta tecnologia?
– por que eles precisam de canais para se comunicar se são ETs?

Esse pensar reduzido é que nos mantém como estamos: reféns da imaturidade, esperando que tudo mude por milagre.

Desde quando alguém evoluiu por outro alguém?
Pais e mães assistem desesperados seus filhos escolherem o caminho das drogas, da inércia.
Será que se lhes fosse possível não mudariam as erradas escolhas dos filhos?
Mas não podem interferir porque os filhos não querem, não permitem.

Por mais que você saiba que alcoolismo pode acabar em cirrose hepática, se o alcoólatra não quiser entender, nada pode ser feito.

Que méritos teríamos se alguém viesse resolver nossos problemas?
Provém, sim, o câncer de nossas escolhas, estilos de vida, carmas.
Temos a capacidade de encontrar a erradicação desse mal mas, quando haverá a expansão de consciência necessária para que o Bem comum esteja acima de qualquer outra coisa?
Quando teremos a maturidade necessária de bem escolher?

Nossa atmosfera está rica em metais pesados aos quais nos acostumamos.
Será que um homem das cavernas sobreviveria nestas condições atmosféricas em que vivemos?
Será que um homem medieval sobreviveria?
Os extraterrestres provém de ambientes diferentes dos nossos, física e espiritualmente.
Esperar que eles respirem aqui como nós é pensar infantil.
Talvez, os deuses antigos não fossem elefantes, lobos, águias mas astronautas com roupagem que lhes permitia respirar um outro ar atmosférico. Roupas que lhes conferiam aparências diferentes.
Eles dominam, notavelmente, a projeção astral. Nada mais simples para eles que utilizarem um canal.
Bem diferente de mentores da Terra, eles não trabalham somente em médiuns cujas mandalas de apatita da pineal foi preparada para tal.
Eles trabalham através de quem está disponível e que tem afinidade ou cumplicidade com eles.
A maioria dos extraterrestres que conheço não tem dogma religioso. Creem na Fonte Criadora com muito mais lucidez do que nós. Respeitam Jesus a quem chamam de Sananda.
Por que estão invadindo centros espíritas e espiritualistas?
Porque nestes o exercício da mediunidade é normal.
Tão normal quanto a compreensão que “fora da caridade não há salvação”.
Que, no dizer deles, se torna fora da “fraternidade não há evolução”.

É tão simples!
De que adianta eu explicar a técnica de uma cirúrgia de baço para uma criança pré-escolar?
De que adianta eles explicarem para um de nós sem conhecimento de mecânica, como as naves se movem?

Enquanto olharmos para nossos umbigos, crendo-nos referências universais, seremos esta massa de maluquinhos.
Se continuarmos esperando que milagres nos salvem, estaremos fadados a desaparecer.
Temos que fazer nós mesmos, as mudanças necessárias para salvar o planeta e a espécie humana.

Jesus no leme!


Fonte: http://casadoconsolador.com.br/site/?p=4806

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe deixe seu comentário:

AS 10 MAIS DO MÊS

...

.

PESQUISE POR ASSUNTO