Menu 2

.

8 de out de 2018

Seres de Outro Planeta - 1.

Governo mexicano encontra peças que retratam naves e seres de outro planeta 


No começo de 2012, o governo mexicano anunciou que revelaria ao público inúmeros objetos arqueológicos que estavam guardados até então, acompanhado por um documentário sobre o achado. No entanto, o anúncio nunca foi realizado e tampouco os objetos ou o documentário foram revelados ao público. Nunca foi concedida qualquer explicação oficial sobre a mudança da decisão e, a partir de então, suspeita-se que o achado mostraria conexões de antigas culturas pré-maias com civilizações extraterrestres.


Estas peças excepcionais seriam apresentadas no ano passado(2012), e seriam o tema de um documentário a ser lançado no segundo semestre, produzido por Raul Julia-Levy e dirigido por Juan Carlos Rulfo, o vencedor do Sundance Film Festival de 2006, com seu filme “no bem.” Este documentário seria intitulado "Revelações Maia 2012 e além." O produtor alegava que mostraria provas do contato dos Maias com seres extraterrestres, colocando inclusive o próprio governo mexicano como fornecedor das provas.

Leia também - O Caso Badajoz

Raul Julia-Levy teria dito: "Os maias estavam em contato com três civilizações antes de partirem (aparentemente para outra dimensão). Uma delas foi descrita como uma civilização arrogante e ignorante, e que em sua imperfeição poderiam destruir a si mesmos. A chamaram de ‘aqueles que chegaram pelo mar’, barbados, homens de mente obscura, que são a civilização que habita o planeta agora [nós]. As outras civilizações com que tiveram contato (porque os maias decidiram não entrar em contato com os homens de mente obscura), eram duas civilizações muito poderosas. Uma delas foi descrita como os deuses que chegaram voando do céu, do universo; e a outra descreveram como os deuses que chegaram nadando do fundo do mar. Ambas foram descritas como benevolentes. Se fizermos as coisas certas, estas civilizações irão se fazer presentes".

No entanto, o anúncio nunca foi realizado e tampouco os objetos ou o documentário foram revelados ao público. Nunca foi concedida qualquer explicação oficial sobre a mudança da decisão e, a partir de então, suspeita-se que o achado mostraria conexões de antigas culturas pré-maias com civilizações extraterrestres. Na ocasião houve uma alegação de que todas as imagens e equipamentos do suposto documentário, haviam sido roubados.

Contudo, parece que estes objetos vieram à luz por um outro caminho. Acredita-se que boa parte das peças que seriam reveladas teria conexão com 400 itens que pertencem a coleções dos habitantes da pequena cidade de Ojuelos, em Jalisco. Eles estão colecionando o material há 50 ou 60 anos e pretendem abrir seu próprio museu. Os objetos possuem desenhos que retratam cenas de uma época muito antiga, em que pode-se observar, com pouca margem de erro de interpretação, seres de outros planetas, naves espaciais e todo o tipo de cenas da vida cotidiana da época.

Entre os objetos estão tábuas, pratos, facas, anéis e pingentes de jade em que estão representados, segundo especialistas no assunto, os deuses alienígenas, com crânios alargados e olhos puxados, descritos como seres com “alto grau de inteligência, elevado estado de consciência e uma profunda conexão espiritual universal”.




Os dois círculos no centro (1) são consideradas como um planeta e sua atmosfera, seria supostamente a Terra, devido à presença próxima do que parece ser a lua. OVNI em (2), que parece estar na calda de um cometa (3). À esquerda, outro dispositivo (4), que parece agir diretamente sobre o cometa, como se fosse algo para detê-lo. Um astronauta (5) no controle de sua nave (6).




Outra peça muito interessante parece ser uma labareda solar. O sol emite um jato de atmosfera o mesmo raio da Terra ou evento medido regularmente pela NASA que pode monitorar a atividade no site Space Weather . Três UFOs estão presentes na artefato que estão diretamente no jato de plasma. Outro planeta também está presente, mas é difícil determinar qual planeta do nosso sistema solar.

Esta documentação liberada pelo governo mexicano mostra não só a existência de uma raça exploradora, mas também pode revelar as raízes da humanidade. Alguns consideram que a apresentação do governo seja um passo importante para a revelação da verdadeira história da humanidade. Caso estas esculturas sejam verdadeiras , seria a prova de que os Maias possuíam contato com civilização extraterrestre e que muito de seu conhecimento foi herdado por esta civilização.


Revelações dos Maias 2012 e além teve suas imagens roubadas!!


05/10/2012 - Lembram daquele documentário que seria lançado em setembro/outubro de 2012 - Revelações dos Maias 2012 e Além? Raul Julia-Levi (filho do Raul Julia) está a frente do documentário que prometia revelações bombásticas, mas parece que as imagens do documentário foram roubadas. Leia na íntegra um texto bem informativo via blog BlogtestedaBlue.


Em entrevista a uma rádio espanhola, o produtor do filme "Revelações dos Mayans 2012 and Beyond", Raul Julia-Levy [filho do ator Raul Julia], nos dá algumas pistas sobre o conteúdo a ser revelado entre setembro e outubro deste ano. "Isso vai criar um impacto em todo o mundo, na forma como as pessoas vêem as coisas"- Raul Julia-Levy. Segundo ele, as autoridades máximas no assunto, que dão o parecer final sobre as revelações, são os membros do Conselho Maia.


Arqueólos,cientistas, o cientista Stephen Hawking, alto comando do Conselho Maia e os governos do México e Guatemala, estão corroborando para a execução do filme. Os governos do México e da Guatemala estariam permitindo acesso a áreas restritas, onde antes, só podiam entrar investigadores autorizados.


Raul Julia afirma que TODOS que estão envolvidos neste projeto, estão de acordo que esta informação seja divulgada, e acrescenta: "Estamos totalmente seguros e consciêntes que não haverá lugar para dúvida. É irrefutável."

(resposta de Raul quando questionado se o conteúdo apresentado no filme não deixaria nenhuma dúvida ao público, se não haveria divergência de opiniões entre os cientistas)


Declarações feitas pelo Maia Don Félix Poót Chuc, em 1992, em programa da rádio espanhola:

Os Maias contam que vieram de terras distantes, após um Dilúvio Universal .

"Nós viemos de uma terra que existiu", contavam seus antepassados.

Dizem que esta terra 'poderia ser', mas não é a Atlântida.

"O nome desta terra a que eles se referem, nós a temos escrita, mas está guardada, está escondida. Está enterrada do modo como eles escondem as coisas históricas e um dia será encontrada"

"Não, os Maias não são extraterrestres. Mas já vimos de onde é a origem deles. Porém, sua linguagem sim, podemos considerá-la como algo extraterrestre, que não veio de humanos"

Uma observação que acho interessante, é que, entre os "novos" artefatos Maias divulgados, são ilustrados mais de um tipo de Seres: forma humana, aparência de Grays, de Reptilianos... ou quem sabe, até uma representação dos próprios Maias como 'astronautas' (???)


O MUNDO NÃO VAI ACABAR . MAS.....

Raul Levi afirma que está trabalhando neste documentário há cerca de 10 anos.

"E pelo assunto, pela censura do tema, ou pelo que queira chamar, tem sido uma tarefa muito difícil", afirma ele.

"Sobretudo, porque quando se fala dessas coisas, existem muitas oposições por todo o mundo, não? Há pessoas que não querem que se fale disso porque simplesmente não querem que se traga essas coisas à Luz"

Apesar de toda a dificuldade, diz ter convencido os governos do México e Guatemala a permitirem o acesso a informações de caráter EXCLUSIVO.

Isso teria sido possível porque o calendário maia gerou muita expectativa a respeito do fim do mundo em 2012, e isso "É TOTALMENTE UMA MENTIRA, É TOTALMENTE FALSO", diz Raul



"Mas sim, há uma documentação, há evidências de que virá uma Era muito, muito difícil para nós"

[Essa Era é chamada de ERA da MORTE, pelos Maias].

"Então teremos que fazer um trabalho em conjunto em todo o mundo.

Teremos que tomar responsabilidade, abrir os olhos, educarmo-nos

Porque estamos destruindo tudo o que temos ao nosso redor

Então creio que chegamos a um ponto em que o tempo se presta para isso"

Pistas de 3000 anos de antiguidade (no meio da selva), para aterrissagem de naves espaciais, estarão presentes entre as evidências, garante o produtor.

NOVIDADES DE PALENQUE

Tampo da tumba de Pacal, 'O Grande'. Em Chiapas, Palenque, México.


Quando o Túmulo de Pacal foi descoberto, seus códices teriam sido traduzidos de maneira irresponsável e só teria sido divulgado uma parte das descobertas. Desta vez, todos os códigos de Palenque e de Pacal foram interpretados por completo e seu significado será apresentado ["sem censura, e não irresponsavelmente com o fizeram anteriormente"- Raul ].

Haveriam outras descobertas em Chiapas que não foram divulgadas antes, e que tem relação com a tumba de Pacal.


Pacal era venerado pelo povo Maia. Ele era um contactado, um mensageiro .

"Obviamente Pacal esteve em contato com 'eles'. Era um mensageiro 'deles' e transmitia suas mensagens para a parte que lhe cabia no mundo Maia. Ele era o rei. Ele tinha seu reinado na área de Chiapas."

Pacal, O Grande, em sua Tumba. Crédito: Dr. Brian Hayden

Também afirma:
"Há algo muito impressionante que cremos que...Cremos que muita gente irá abrir os olhos. O que estamos buscando com esse documentário é abrir os olhos da humanidade"

NOVA ERA

"Agora os tempos já mudaram.
Estamos a ponto de terminar um ciclo de cerca de 5.000 anos do Calendário Maia

E se inicia outro.

O ciclo que se inicia é um ciclo destrutivo para a humanidade" [calma!!!! Isso é uma parte da estória.Publicarei em outro post, o que um ancião maia diz a respeito.Segundo ele,teremos que agir]

"...estamos falando de umas três quartas partes da humanidade

Fala-se nos novos códices, que os Maias 'vêem um mundo de gente correndo por todos os lados, caindo mortos no passo que vão'.

Dizem que 'vão ficar confinados no ar da morte'.

O que quer dizer isso, 'o ar da morte' ? Obviamente estamos falando de uma guerra nuclear."

Enfatizando que não há autoridade maior em tudo isso que O Alto Comando do Conselho Maia, pois eles conhecem sua linguagem altamente complexa [e não feita por humanos], Raul revela que é uma linguagem baseada em NÚMEROS e em ASTRONOMIA.

"Estamos debatendo se divulgamos uma evidência, uma foto que temos, que é algo muito impressionante. Estamos vendo isso. Creio que SIM, que vamos fazer isso. Creio que será o mais correto, pois o mundo, a humanidade, merece este presente. Que o tomem como uma antecipação do que virá" - finaliza o Produtor.

A FOTO REVELADA



Foto tomada no sul da Guatemala, em 1930, pelo arqueólogo Hector E. Mejia. Escultura encontrada no meio da mata e datada entre 3.500 e 5.000 anos antes de Cristo.

Esta foi a foto que Raul Julia-Levy divulgou.

Segundo as palavras do próprio arqueólogo Hector Mejia: " é uma evidência de uma civilização diferente das conhecidas por todos nós, que viveu na Terra".

Ele salienta que "a cabeça alongada" e os "traços afinados" da escultura, NÃO SÃO CONSISTENTES com raças pré-hispânicas da América.

"Certifico que este monumento não apresenta características de Maya, Nahuatl, Olmeca ou qualquer outra civilização pré-hispânica ", escreveu ele. "Ela foi criada por uma civilização extraordinária e superior, com conhecimento impressionante, de que não há registro da existência neste planeta."

(Hector Mejia - fonte:The Wrap)

"Isso explica quem somos", disse Julia-Levy.

"Isso explica porque esses grandes f.....ing monumentos estão espalhados por todo o mundo"

Em seguida, fez uma citação direta que, segundo ele, veio de ninguém menos do que Stephen Hawking:

"Eu alerto a humanidade que os alienígenas estão lá fora. Só porque os alienígenas eram amigos dos Maias não significa que eles são nossos amigos. Humanos devem evitar contato com alienígenas a todo custo."

[The Wrap afirma que tentou confirmar isso com Stephen Hawking, mas não obteve retorno]

Raul também teria alegado conspirações governamentais em torno da foto, e o que esta cabeça representa: Depois que a foto foi tirada no final de 1930, disse ele, só foi publicada uma vez, em uma revista que foi retirada imediatamente de circulação pelo governo da Inglaterra.

[Eu (Blue), pessoalmente, tive dificuldades para encontrar informações da imagem na internet.Em um vídeo no Youtube, que seria sobre o assunto, não foi permitido o acesso]

ENTREVISTA NA RÁDIO ESPANHOLA


Fonte do vídeo: Pauloaza3

O FILME FOI ROUBADO !!!!!!

[Quando finalizava a pesquisa para este post, me deparei com essa notícia]
[Após várias passagens filmadas para o filme, foram roubados por Elizabeth Thieriot os 24 discos rígidos e depois ela desapareceu. Neste momento, o governo mexicano e Raul Julia Levy acusam a Eduardo Vertiz Mascareñas, Emiliano Martinez Chaparro e Eduardo Cerda, de roubarem imagens e equipamentos. Já emitidos os mandados de detenção e acusação para Thieriot, o governo ainda não recuperou os discos.] - fontes: The Wrap e Jornal Maçônico


'O fato é que o governo do México apóia este projeto e mostra o mínimo de atenção das autoridades para uma série de eventos que estão a ter lugar em breve.

Entendemos a partir do Raul que a situação é crítica e que as autoridades federais estão se esforçando para pegar os infratores", disse o Secretário-Geral da APMR para o Jornal Maçônico (edição em romeno), acrescentando que:

"Nós tentamos ser a favor das autoridades federais como Raul também está, dado a importância arqueológica deste projeto, que é a desclassificação, cheia de documentos federais importantes não só para a história, mas também para a ciência. Este é no benefício de todos nós, e nosso apoio para o Raul e as autoridades federais continuarão a existir enquanto for necessário". '

Outra carta, de Ramon Carrasco Vargas, do Instituto Nacional de Antropologia e História do México, uma entidade governamental, é endereçada à Thierot e detalha uma lista de violações e avisos:

"O uso das imagens de ambos sítios arqueológicos de Calakmul e da Ilha de Jaina não estão autorizadas...não podem ser usadas e devem ser devolvidas imediatamente"

(ANTES DO ROUBO DO FILME ...)

Ainda em 2011, algumas semanas após conceder uma entrevista à rádio 'Onda Regional de Murcia' [para Joaquin Abenza], Raúl Julia-Levy é entrevistado por Karen Alvarez, via internet.

Aparentemente menos 'empolgado' do que na entrevista anterior, Raul fez mais algumas declarações a respeito do filme.

Em mais de um momento, ele menciona a grande pressão que estariam sofrendo, dada a responsabilidade que lhes caberia em passar informações tão delicadas [segundo suas próprias palavras].

Juntamente com a notícia do roubo do filme, iniciou-se uma tentativa em denegrir a reputação do produtor Raúl Julia-Levy [fato corriqueiro aos que dizem ter revelações a fazer, sobre assuntos tidos como "classificados", não é mesmo?].

Problemas pessoais a parte, o fato é que muitas declarações de Raul estão de acordo com o que os próprios Maias dizem [em entrevistas e em documentário].

"Nós Maias, não temos a palavra 'hora', porque nunca medimos por 'hora' o tempo. O tempo, o contamos com base em seu comportamento [...] os ciclos se abrem e se fecham, e aprendemos a dialogar com eles "( Maia Pedro Uc Be , Yucatán, México )

É interessante considerar que as afirmações feitas por Raul, teriam o aval do Concelho Maia, pois os Maias são unânimes em dizer que as notícias sobre a 'Cultura Maia' e as 'Profecias Maias', são interpretadas de maneira errada e publicadas irresponsavelmente, sem nenhuma consulta ao povo Maia, às pessoas com tradição Maia [sobre seu real significado].

No entanto, algo que não estaria tão claro assim, diz respeito ao 'imenso' apoio dos governos, ao Projeto do filme.

Os Maias tem relatado [nos últimos anos], que são proibidos de realizar suas Cerimônias, em locais que, por eles, são considerados Sagrados.

Aliás, na tradição Maia, estes rituais são muito importantes nas fases de mudança de ciclos .

Se há tanta compreensão assim, por parte dos governos, sobre o Ciclo que estaria por se iniciar, porque impedir aos Maias de praticarem seus rituais nos locais SAGRADOS??? Onde estaria a compreensão da "coisa" ?

Será que realmente acreditam que algo estaria para acontecer, sem no entanto, acreditar nas razões apresentadas pelo povo Maia [ignorando assim, suas crenças] ?

Por outro lado, o apoio na divulgação de informações, já seria algo interessante.



Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe deixe seu comentário:

AS 10 MAIS DO MÊS

...

.

PESQUISE POR ASSUNTO