1 de fev de 2019

CHAVES PARA O AUTOCONHECIMENTO

O CAMINHO PARA A CURA
O despertar está diretamente ligado ao autoconhecimento e por isso podemos perceber que a maioria das pessoas ainda vive de forma bastante inconsciente, pois não se conhece, não sabe discernir sobre seus sentimentos, não controla seus pensamentos; é como se vivesse num estado de “olhar sem ver” ou “ ouvir sem escutar”, tendo na maioria das vezes uma mente confusa e contraditória, oscilando entre o futuro e o passado, esquecendo o momento mais importante que é o seu PRESENTE.
 

 Autoconhecimento significa despertar para aquilo nos afeta e, consequentemente, afeta o meio e as pessoas com as quais convivemos direta ou indiretamente. Significa perceber que qualquer movimento que façamos, o mesmo tem a capacidade de gerar uma ação em todo o conjunto do universo em que habitamos. Significa também ter a capacidade do condicionamento do nosso cotidiano, tendo a coragem de enfrentar um novo mundo, cheio de desafios, que muitas vezes são geradores de dores e sofrimentos, porém necessários para nossos aprendizados e crescimento. A conscientização de nós mesmos, revela que o homem não se resume a um conglomerado de matéria orgânica e cujas energias vitais resultam de metabolizações diversificadas para que prossiga naturalmente sua evolução biológica. O que importa acima de tudo é verificar dentro deste contexto, que estes fatores, façam uma composição ideal e duradoura para que o homem se crie, se complete e possa definir-­se como uma criatura cujo Eu, é agente e sujeito da própria vida.
 
TRABALHANDO AS ENERGIAS DO DESPERTAR
Quando uma pessoa se coloca na posição de “observador”, ocorre na verdade uma mudança interior ­ transcendental ­ que irá causar uma grande transformação na vida de um ser humano. Principalmente se essa pessoa for uma verdadeira buscadora da luz. A voz que irá ouvir, quando se coloca na posição de observador, é a “voz silenciosa”, ­ a intuição ­ que virá da própria Consciência Superior. Essa “voz”, conhece todos os pontos que a pessoa vai ter que trabalhar. É só se entregar neste processo que tudo acontecerá de forma tranquila e harmoniosa e vai ser uma descoberta incrível, quando perceber o real acontecimento deste processo. A pessoa ao atuar como um “observador”, vai aprendendo a sentir a verdadeira realidade do seu Ser. Vai atuar como se fosse, sem perceber, o seu próprio Eu Superior. É a primeira etapa do aprendizado para entender a forma da conexão futura que irá ocorrer. Essa revelação será a mais surpreendente de todas que irá surgir após o despertar da consciência.
UM ENSAIO SOBRE A PERSONALIDADE
Ainda que seja presunçoso ensaiar uma definição de personalidade, pode ser útil enunciar algumas, entre as coisas que são conhecidas sobre a personalidade;
1-. A personalidade é aquela qualidade da Realidade Universal Maior que é outorgada pelo Pleno Cósmico/Deus- Pai Universal, Ele próprio, ou pela centelha divina, atuando em nome do Pai.
2-. Ela pode ser conferida a qualquer sistema vivo de energia que inclua mente ou espírito.
3-Ela tem uma visão TOTAL das experiências e suas implicações, permitindo maior liberdade na criação/co-criação dos caminhos, que permitam uma escolha mais adequada para sua evolução/aprendizado.
 4- Quando conferida á criaturas materiais evolucionárias, ela leva o espírito a esforçar-se pela mestria sobre a matéria-energia, por meio da mediação da mente.
5- A personalidade, pode unificar a identidade de qualquer sistema vivo de energia.
 
6- Ela tem apenas respostas qualitativas ao circuito da personalidade, em contraste com as três energias que demonstram sensibilidade, tanto qualitativa quanto quantitativa, à gravitação.
7- A personalidade é mutável na presença da mudança.
 
8- Ela pode proporcionar uma dádiva ao Plenum Cósmico/ Deus — a dedicação, por livre escolha, de fazer/executar Seu plano divino .
9- Ela é caracterizada pela consciência da relatividade no relacionamento com outras pessoas. Ela discerne níveis de conduta e opta discriminadamente entre eles.
10- A personalidade é única, absolutamente única: Ela é única no tempo e no espaço; é única na eternidade; é única quando outorgada — não há duplicatas — ; é única durante cada momento da existência; e é única em relação ao Plenum Cósmico/ Deus — Ele não faz acepção de pessoas e também Ele não as soma entre si, pois elas não são somáveis — são associáveis, mas não totalizáveis.
11- A personalidade é diretamente sensível à presença de uma outra personalidade.
12- Ela é algo que pode ser acrescentada ao espírito, ilustrando, assim, a primazia do Plenum Cósmico/Deus- Pai em relação ao Filho(nós). (Não há necessidade de adicionar-se mente ao Espírito.)
13- A personalidade/Mônada pode sobreviver depois do fim mortal, com a identidade da alma sobrevivente.A centelha é imutável e a personalidade-espírito está eternamente em evolução; a relação entre eles (na alma) não é nada senão a mudança, de evolução contínua; e se essa mudança (o crescimento) cessasse, a alma cessaria.
14- A personalidade/Mônada tem uma consciência singular do tempo, que é  diferente da percepção que  o Espírito têm do tempo.
A personalidade/Mônada é outorgada pelo Plenum Cósmico/Deus- Pai Universal às Suas criaturas como um dom potencialmente eterno. Essa dádiva divina destina-se a funcionar em inúmeros níveis e em situações sucessivas no universo, que variam do finito mais baixo ao mais alto absoluto, indo mesmo aos limites do absoluto. A personalidade, assim, atua em três planos cósmicos, ou em três fases do universo:
 1. Estado de posição. A personalidade funciona com igual eficiência, seja no universo local, seja no superuniverso, seja no universo central(o centro de tudo, que controla estes superuniversos, ou seja, o Metauniverso)
 2. Estado de significação. A personalidade atua efetivamente nos níveis do finito e do absoluto, e mesmo naquilo que se impinge ao absoluto.
3. Estado de valor. A personalidade pode realizar-se experiencialmente nos reinos progressivos do material, do semi-espiritual e do espiritual.
A personalidade/Mônada tem um campo perfeccionado de atuação cósmica dimensional. As dimensões da personalidade finita são três e,á grosso modo, funcionam como é colocado a seguir:
1- O comprimento representa a direção e a natureza da progressão — o movimento no espaço e de acordo com o tempo — , a evolução.
2- A profundidade vertical abrange os impulsos e atitudes do organismo, os vários níveis de auto-realização e o fenômeno geral de reação ao meio ambiente.
3- A largura abrange o domínio da coordenação, da associação e da organização do Eu.
 
As dimensões finitas da personalidade têm a ver com as dimensões cósmicas do comprimento, da profundidade e da largura. O comprimento corresponde ao significado; a profundidade significa valor; a largura abrange o discernimento interior — a capacidade de experimentar uma consciência indubitável da realidade cósmica. No nível espiritual, todas essas dimensões finitas do nível material ficam muito ampliadas, e certos valores dimensionais novos são integrados. Todas essas experiências dimensionais ampliadas do nível espiritual estão maravilhosamente articuladas com a dimensão suprema. Muitos dos problemas experienciados pelos seres humanos mortais no seu estudo da personalidade humana poderiam ser evitados, se a criatura finita se lembrasse de que os níveis dimensionais  e os níveis espirituais  estão coordenados na compreensão-realização experiencial da personalidade.
A vida realmente é um processo que ocorre entre o organismo (a individualidade) e o seu meio ambiente. A personalidade atribui valor de identidade e significados de continuidade á essa associação organismo-ambiente. Assim, será reconhecido que o fenômeno de estímulo-resposta não é um mero processo mecânico, pois a personalidade funciona como um fator na situação total. É sempre verdade que os mecanismos são inatamente passivos; e os organismos, inerentemente ativos.A vida física é um processo que tem lugar, não tanto dentro do organismo, mas antes entre o organismo e o ambiente. Cada um desses processos tende a criar e estabelecer modelos de reação do organismo a esse ambiente. E todos esses modelos diretivos são altamente influenciadores na seleção de metas. É por meio da intermediação da mente que o Eu e o ambiente estabelecem um contato significativo. A habilidade e a disposição do organismo para fazer esses contatos significantes com o ambiente (a resposta á um estímulo) representam a atitude de toda a personalidade. A personalidade não pode atuar bem em isolamento. O homem é inatamente uma criatura social; ele é dominado pela aspiração de pertencer. E é literalmente verdade que “nenhum homem vive para si próprio”.
Contudo, o conceito da personalidade, com o sentido do Todo da criatura viva e em funcionamento, significa muito mais do que a integração das relações; significa a unificação de todos os fatores de realidade, bem como a coordenação das relações. As relações existem entre dois objetos, mas três ou mais objetos formam e explicitam um sistema; e tal sistema é muito mais do que apenas uma relação ampliada, ou tornada complexa. Essa diferenciação é vital, porque, num sistema cósmico, os membros individuais não estão só conectados uns com os outros, mas estão numa relação com o Todo, e mediante a individualidade do Todo.
No organismo humano, a soma das suas partes constitui o Eu — a individualidade mas esse processo não tem nada a ver com a personalidade, que é a unificadora de todos esses fatores relacionados às realidades cósmicas.Nas agregações, as partes estão adicionadas; nos sistemas, as partes estão arranjadas. Os sistemas são significativos por causa da organização — os valores posicionais. Num bom sistema, todos os fatores estão em posição cósmica. Em um mau sistema, algo ou está faltando ou está fora do lugar — em desarranjo. No sistema humano, é a personalidade que unifica todas as atividades e que, por sua vez, lhes confere as qualidades de identidade e de criatividade.
O EU
Ao estudar o Eu, seria útil lembrar:
1. Que os sistemas físicos são subordinados
2. Que os sistemas intelectuais são coordenadores.
3. Que a personalidade é supra-ordenadora
4. Que a força espiritual residente é potencialmente diretiva.
Em todos os conceitos da individualidade do Eu, deveria ser reconhecido que a realidade da vida vem primeiro, a sua avaliação ou interpretação, depois. O Filho humano primeiro vive e depois pensa sobre o seu viver. Na economia cósmica, o discernimento interior precede à previsão.
O fato universal da Consciência Crística tornando-se/encarnando como homem, mudou para sempre todos os significados e alterou todos os valores da personalidade humana. Pelo verdadeiro significado da palavra, o Amor denota respeito mútuo de personalidades inteiras, sejam humanas ou divinas, ou humanas e divinas. Partes do Eu podem funcionar de inúmeros modos — pensando, sentindo, desejando — , mas apenas os atributos coordenados da personalidade total ficam focalizados na ação inteligente; e todos esses poderes ficam associados ao dom espiritual da mente do ser humano mortal, quando, sincera e altruísticamente, um ser humano ama um outro ser humano ou divino. Todos os conceitos mortais de realidade baseiam-se na suposição da existência real da personalidade humana; todos os conceitos de realidades supra-humanas são baseados na experiência da personalidade humana” com e nas” realidades cósmicas de certas entidades espirituais e de personalidades divinas interligadas. Tudo o que é não-espiritual na experiência humana, à exceção da personalidade, é um meio para um fim. Toda relação verdadeira do homem mortal com outras pessoas — humanas ou divinas — é um fim em si mesma. E um tal companheirismo com a personalidade da Divindade é a meta eterna da ascensão no universo.A posse de personalidade, identifica o homem como um Ser espiritual, posto que a Unidade do Eu e a Autoconsciência da personalidade(Mônada) são dons do mundo supramaterial. O fato mesmo de que um mortal materialista pode negar a existência de realidades supramateriais, em si e por si, demonstra e indica a presença e o trabalho da síntese do espírito e da consciência cósmica na sua mente humana.
MATÉRIA E PENSAMENTO
Existe originalmente um grande abismo cósmico conceitual entre a matéria e o pensamento, e esse abismo é incomensurávelmente maior entre a mente material e o amor espiritual. A consciência não pode ser explicada, e a consciência de si, menos ainda, por qualquer teoria de associação eletrônica mecanicista ou por fenômenos materialistas de energia.Enquanto a mente persegue a realidade até a sua análise última, a matéria escapa aos sentidos materiais, mas pode ainda permanecer real para a mente. Quando o discernimento espiritual persegue essa realidade que permanece, depois do desaparecimento da matéria, e a persegue até uma última análise, ela desaparece para a mente, mas o discernimento do espírito pode ainda perceber as realidades cósmicas e os valores supremos de uma natureza espiritual. Da mesma forma, a ciência dá lugar à filosofia, enquanto a filosofia deve render-se às conclusões inerentes à genuína experiência espiritual. O pensar rende-se à Sabedoria, e a Sabedoria dissolve-se na adoração iluminada e reflexiva.
Na ciência, o Eu humano observa o mundo material; a filosofia é a observação dessa observação do mundo material; o “religare”, a verdadeira experiência espiritual, é a compreensão experiencial da realidade cósmica dessa observação de toda essa síntese relativa dos materiais energéticos do tempo e do espaço. Construir uma filosofia do universo na base exclusiva do materialismo é ignorar o fato de que todas as coisas materiais são inicialmente concebidas como reais na experiência da consciência humana. O observador não pode ser a coisa observada; a avaliação demanda algum grau de transcendência em relação à coisa que está sendo avaliada.
No tempo, o pensar conduz à Sabedoria, e a Sabedoria leva à Contemplação; na Eternidade, a Contemplação conduz à Sabedoria, e a Sabedoria manifesta-se gerando a finalidade de Pensamento.A possibilidade de unificação do Eu em evolução, é inerente às qualidades dos seus fatores constituintes: as energias básicas, o contexto mestre da unidade biológica, o supercontole químico básico, as idéias supremas, os motivos supremos, as metas supremas e a outorga do espírito divino do Plenum Cósmico/Deus — esse é o segredo da Autoconsciência da natureza espiritual do homem.
O PROPÓSITO EVOLUTIVO
O propósito da evolução cósmica é conseguir a unidade da personalidade, por meio da predominância crescente do espírito, que é a resposta da vontade ao ensinamento e ao guiamento da centelha divina. A personalidade, tanto a humana quanto a supra-humana, é caracterizada por uma qualidade cósmica inerente, que pode ser chamada “a evolução da predominância”, que é a expansão do controle tanto de si mesma quanto do seu ambiente.Uma personalidade ascendente, de origem humana, passa por duas grandes fases, no universo, de predominância volitiva sobre o Eu:
1. A experiência buscadora do plenum Cósmico/ Deus, que é a experiência de compreensão e de aumento da auto-realização, por meio de uma técnica de expansão da identidade e da sua factualização, juntamente com a solução do problema cósmico e a conseqüente mestria sobre o universo.
2. A experiência reveladora do Plenum Cósmico/ Deus, que é a experiência da expansão criadora da compreensão-realização de si próprio por meio da revelação do Ser Supremo experiencial, para as inteligências buscadoras DELE e que ainda não atingiram os níveis divinos de semelhança com ELE.
As personalidades descendentes( as Hierarquias Celestes também em evolução) alcançam experiências análogas por meio das suas várias aventuras no universo, na medida em que elas buscam o aumento da capacidade de determinar com certeza e de executar os planos divinos da Divindade Suprema, Última e Absoluta.( O Plenum).O Eu material, a entidade-ego da identidade humana, durante a vida física, depende da função continuada do veículo da vida material, da existência contínua do equilíbrio instável entre as energias e o intelecto, que recebeu o nome de vidaContudo, o Eu de valor para a sobrevivência, o Eu que pode transcender à experiência da morte, só evolui com o estabelecimento de um outro veículo transferidor potencial da sede da identidade da personalidade em evolução, que transfira a alma do veículo transitório da vida — o corpo material — para a natureza mais duradoura e imortal da alma SEMI-ESPIRITUAL e, ainda mais adiante, que transfira a identidade para aqueles níveis em que a alma se torne infusa da realidade do espírito, e finalmente atinja o status de uma Realidade Espiritual. Essa transferência das ligações materiais para a identificação espiritual é efetuada, de fato, na Sinceridade, Persistência e na Firmeza da decisão, tomada pela criatura humana, de buscar o Plenum Cósmico/Deus-Pai Criador .
A SOBREVIVÊNCIA DO EU
Posts relacionados;diferencas-entre-religiao-e-espiritualidade
o-lado-da-luz-na-noite-escura-da-alma
O Eu é uma realidade cósmica, seja ele material,semi-espiritual ou espiritual. A realidade do pessoal é um dom do Plenum Cósmico/Deus- Pai Universal, que atua por Si próprio ou por intermédio das Suas agências múltiplas no universo(hierarquias celestes). Dizer que um Ser é pessoal, é reconhecer a relativa individualização de tal Ser dentro do organismo cósmico. O cosmo vivo é uma agregação de unidades reais(as consciências coletivas ), nada mais do que infinita e totalmente integradas, todas as quais estão relativamente sujeitas ao Plano do Todo. Todas foram dotadas com a escolha factual de uma aceitação do destino/plano.
O que provém do Plenum Cósmico/Deus- Pai é eterno como o Pai, e isso é também certo para a personalidade que ELE outorga, por escolha do Seu próprio livre-arbítrio, como é o caso da centelha divina, o fragmento real DELE. A personalidade do homem é eterna, mas, com respeito à identidade, ela é uma realidade eterna condicionada. Tendo surgido em resposta à Vontade do Pai, a personalidade atingirá o seu destino até a Divindade, mas o homem deve escolher se ele estará ou não presente à realização desse destino. Na falta de tal escolha, a personalidade alcança a Divindade experiencial diretamente, tornando-se uma parte do Ser Supremo. O ciclo está pré-determinado, mas a participação do homem nele é opcional, pessoal e experiencial.
A identidade do ser humano mortal é uma condição de vida-tempo transitória no universo; ela é real apenas na medida em que a personalidade escolheu tornar-se um fenômeno de continuidade no universo. A diferença essencial entre o homem e um sistema de energia é esta: o sistema de energia deve continuar, não tem escolha; mas o homem tem tudo a ver com a determinação do seu próprio destino. A centelha divina é verdadeiramente o caminho para o Pai, mas o homem deve, por si mesmo, seguir esse caminho, por decisão própria, por escolha do seu livre-arbítrio. Os seres humanos possuem identidade apenas no sentido material. Essas qualidades do Eu são expressas pela mente material, enquanto ela funciona no sistema de energia do intelecto. Quando se diz que o homem tem identidade, reconhece-se que ele está de posse de um circuito de mente que foi colocado em subordinação aos atos e à escolha da vontade da personalidade humana. No entanto, essa é uma manifestação material e puramente temporária, exatamente como o embrião humano é um estágio parasitário transitório da vida humana. Os seres humanos, dentro de uma perspectiva cósmica, nascem, vivem e morrem num instante relativo de tempo; eles não perduram. Contudo, a personalidade mortal, por sua própria escolha, possui o poder de transferir o seu assento de identidade, do sistema temporário do intelecto-material, para o sistema mais elevado da alma semi-espiritual, que, em associação com a centelha divina, é criado como um veículo novo para a manifestação da personalidade(corpo semi material multidimensional).
E esse mesmo poder de escolha é a insígnia universal de que o homem é uma criatura com livre-arbítrio, o que constitui a grande oportunidade do homem e a sua responsabilidade cósmica suprema. O destino eterno do futuro homen fusionado ao espírito depende da integridade da vontade humana; a centelha divina depende da sinceridade do livre-arbítrio, do mortal, para factualizar o Ser humano a ter personalidade eterna; da fidelidade da escolha do mortal, o Plenum Cósmico /Deus- Pai Universal depende, para agir e factualizar a realização-concretização de um novo filho ascendente; da firmeza e da sabedoria dessas decisões-ações, o Ser Supremo depende para transformar a experiência da evolução em um fato real.Conquanto os círculos cósmicos do crescimento da personalidade devam finalmente ser atingidos, caso os acidentes do tempo(morte do corpo físico) e os obstáculos da existência material impeçam que alcancemos a mestria sobre esses níveis no nosso planeta, se as nossas intenções e desejos forem de valor para a evolução,prosseguiremos para outros níveis evolutivos maiores, em escala progressiva.
Posts relacionados;a-luz-que-e-e-sempre-sera-invencivel-quem-somos
Conceitos Modernos de Deus
DICAS PARA NOS TORNARMOS MAIS AUTO-CONSCIENTES
1- Trate-se com respeito – Ter respeito por si mesmo e por suas ações acabará por aumentar a quantidade de amor que você expressa para si mesmo e aos outros. Tome decisões sábias e respeitosas que reflitam seus valores e que têm forte respeito por suas convicções pessoais. Tratar os outros com respeito irá ajudá-lo a tornar-se um ser humano mais consciente também, mas antes que você possa respeitar os outros corretamente, você deve primeiro aprender a mostrar o máximo respeito para com você mesmo.
2- Pratique o perdão – Perdoar a si mesmo pode ser muito difícil às vezes, especialmente se você estiver operando em um estado de consciência inferior. Perceba que, a fim de elevar-se, avançar, e se tornar uma pessoa mais consciente, você deve ter compaixão e perdão por si mesmo. Todos os pensamentos de ódio ou emoções negativas reprimidas que podem estar sendo retidos contra si mesmo precisam ser liberados. Pensamentos e emoções negativas podem facilmente reduzir nosso nível de consciência, se não praticarmos a compaixão e o perdão.
3- Cultive uma “mente de alto desempenho” – Cultivar uma mente de alto desempenho é um processo muito divertido e revigorante, que envolve acessar conscientemente o estado de ondas cerebrais que você escolher deliberadamente, sempre que sentir que é adequado para uma determinada situação. Uma vez que não há um único, ou melhor estado de ondas cerebrais para viver permanentemente, isto ajuda a treinar a nossa mente para conscientemente ser capaz de “trocar” de estado. Para aqueles que querem entender mais sobre o desenvolvimento de um espírito de alta performance, eu recomendo que você leia o livro “USE SUA MENTE” de Tony Buzan
4- Conecte-se através da oração – O ato de simplesmente fechar os olhos, cruzar as mãos e dizer uma oração irá aumentar o seu nível de consciência. Há muitas maneiras diferentes para a prática de oração e há muitas práticas diferentes, que quando combinadas com a oração, aumentam o poder de sua mensagem consciente. No geral, a oração é uma grande experiência que tem potencial para ajudar na sua consciência.
5- Desafie seu sistema de crenças – Este pode ser difícil para muitas pessoas, devido à influência de crenças impressas por seus pais ou responsáveis durante a infância. Alguns exemplos de crenças que você poderia mudar: dieta (tornar-se vegetariano), espiritual (pesquisar e conhecer outras alternativas e Caminhos), emocional (da tristeza para a felicidade), etc. Ao mudar seu sistema de crenças e experiências , você torna-se mais consciente de infinitas possibilidades da vida.
6- Faça amizade com pessoas que pensem de forma semelhante – em sua jornada para se tornar um indivíduo mais consciente, fazer amizade com pessoas que pensam como você pode ser extremamente útil. Se você está passando por muitas mudanças espirituais, emocionais e mentais, sem a companhia de outras pessoas, o processo pode ser muito mais difícil . Estar em torno de pessoas de pensamento semelhante é saudável e ideal para a sua consciência, e acabará por lhe dar mais alegria na vida.
7- Prossiga em um caminho de espiritualidade – seguir um caminho de espiritualidade e tornar-se mais espiritual irá ajudá-lo considerávelmente no processo de se tornar um ser humano mais consciente. Nunca tenha medo de adicionar uma nova prática espiritual ao seu repertório – você nunca sabe o que pode ser mais eficaz, ou que será uma experiência de mudança de vida.
8- Expresse gratidão – Expressar gratidão diáriamente é um exercício muito positivo para a prática espiritual. Maneiras de expressar gratidão em uma base diária incluem dar graças por sua comida, expressar gratidão por si e por outros através da oração (como discutido anteriormente), cumprimentar outros e deixar a outra pessoa saber que você é grato por tê-la em sua vida. Ao compartilhar e expressar gratidão, você se sente extremamente satisfeito e vai se tornar mais consciente das coisas que realmente aprecia na vida.
9- Faça a você mesmo feliz – Quais tipos de coisas fazem você feliz? Geralmente a resposta é diferente para cada um. Você pode agora fazer um favor a si mesmo, fazendo uma longa lista de tudo o que faz feliz na vida e agindo sobre os itens listados. Sentir-se feliz e experimentar a felicidade em sua vida também lhe dará um impulso poderoso que é necessário para se tornar mais consciente.
10- Aja sobre os seus desejos – Simplesmente ter qualquer forma de desejo positivo vai elevar a sua consciência. O desejo positivo em bases de amor e bondade nos encoraja a tomar medidas para avançar conscientemente. O estado de apatia, ou não se preocupar com a sua consciência, irá, naturalmente, diminuir sua consciência. O desejo é uma poderosa forma de elevar a sua consciência.
A LISTA CONTINUA NO PRÓXIMO POST DA SÉRIE…..
******************************************************************************************
Nós , da “Luz é Invencível”, com esta nova série, pretendemos levar aos nossos leitores e interessados outras visões e reflexões sobre este tema tão necessário ao ser humano que é o Autoconhecimento e a cura para nossa vida em todas as áreas, principalmente nesta Era da Transição Planetária.Meditando sobre estes caminhos,seremos todos levados á mudar nossa maneira de pensar e agir,possibilitando á nossa mente e ao nosso espírito, uma maior abertura de pensamento e modo de vida,bem como o controle sobre as nossas emoções.
EQUIPE DA “LUZ É INVENCÍVEL”
*************************************************************************************************************
“Eu sustento que a Verdade é uma terra sem caminho, e que dela não vos podeis aproximar, por qualquer caminho, de qualquer tipo, por qualquer religião, por qualquer seita. Este é o meu ponto de vista, e eu atenho-me a isso. A Verdade, sendo ilimitada, incondicionada, inacessível, por qualquer caminho, não pode ser organizada; nem deveria qualquer organização ser formada para liderar ou coagir as pessoas por qualquer tipo de caminho particular. Se entenderdes isto, então sabereis quão impossível é organizar uma crença. Uma crença é, puramente, uma questão individual, e não podeis nem deveis organizá-la. Se isso fizerdes, ela torna-se morta, cristalizada; torna-se um credo, uma seita, uma religião a ser imposta a outros.”
Jiddu Krishnamurti
**********************************************************************************************
Bibliografia para consulta
1-O despertar de uma nova consciência
Eckhart Tolle
2-Momento de despertar
Shakti Gawain
3-Psicologia da Alma
Dr Joshua David Stone
4-Um Curso em Milagres
Foundation for de Inner Peace
5-Ascenção Cósmica-roteiro para os reinos desconhecidos da luz
Dr Joshua David Stone
6-Sua missão ascencional-O seu papel no Plano Maior
Dr Joshua David Stone
7-Ascenção Cósmica
James Tyberonn
8- O processo da Iluminação Espiritual
Judith Blackstone
9-Reflexões sobre a vida
 Jiddu Krishnamurti
10-Urântia Book
11-Manuscritos -acervo pessoal
12-Use sua Mente
Tony Busan
13- Passo á Passo-A Jornada do Autoconhecimento
Carlos A. Bacelli
14-Autoconhecimento-A chave da Mudança
Carlos Roberto da Silva Junior
15-Ouse ser Voce Mesmo
Allan Cohen
16-Matéria e Pensamento
 Jean-Pierre Changeux/Alain Connes
17-Aos Pés do Mestre
 Jiddu Krishnamurti

Nota; alguns livros estão na nossa Biblioteca Virtual

Divulgação: A Luz é Invencível
A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar links que não estejam ligados ao texto postado.Pedimos a compreensão de todos, e para qualquer dúvida, temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores.
Nós agradecemos a compreensão de voces.
Equipe da “Luz é Invencível”

Você Acredita na Mudança Planetária ? Quais as Atitudes Mais Importantes Para Que Ela Ocorra o Mais Rápido Possível ? (OBS: Multipla escolha)
Fonte: https://portal2013br.wordpress.com/2015/06/28/chaves-para-o-autoconhecimentoo-caminho-para-a-cura-quarta-parte/
 

Compartilhe com seus amigos, imprima, copie o link, envie por e-mail.
VOLTAR AO INICIO
 
http://www.oarquivo.com.br/oarquivo-historia/5030-o-segredo-das-sete-irmas-a-vergonhosa-historia-do-petroleo-parte-7

Mapa das Postagens

PESQUISE POR ASSUNTO

AS PREFERIDAS DO MÊS