11 de abr de 2019

As melhores ervas da Bíblia

Vega Conhecimentos
 
As pessoas usam ervas há milhares de anos por causa de seus benefícios culinários e medicinais.As pessoas usam ervas há milhares de anos por causa de seus benefícios culinários e medicinais. Eu listei algumas das ervas mais populares da Bíblia, e para o que elas eram tradicionalmente usadas. Com sorte, você pode pegar uma dica ou duas sobre como incorporar essas ervas bíblicas em sua dieta hoje.


 
 
Aloés

A planta Aloe vera tem sido usada há milhares de anos para curar uma variedade de condições, principalmente queimaduras, feridas, irritações na pele e constipação. Aloe também foi usado para embalsamar os mortos, bem como para perfume. Hoje, aloe é usado de várias maneiras, incluindo o tratamento de queimaduras, queimaduras, cicatrizes e erupções cutâneas, hidratar a pele, combater os pés do atleta, prevenir cicatrizes e estrias, acelerar o crescimento do cabelo, e muitos mais.



Anis

Todas as partes da planta anis foram usadas durante os tempos bíblicos. As sementes, folhas e caule foram utilizados para resfriar altas temperaturas, assim como para outros fins medicinais. Hoje, Anis pode ser usado para ajudar na digestão e pode ser usado como um agente anti-flatulência, uma ajuda de alívio para tosses e resfriados e também pode ajudar com insônia. Geralmente é tomado esmagando as sementes em um chá.




Bálsamo

Bálsamo refere-se a uma substância extremamente perfumada que foi extraída da árvore de bálsamo. Nos tempos bíblicos, o bálsamo era considerado extremamente valioso. Sua goma era usada como incenso, enquanto o óleo que vinha da casca, das folhas e das bagas funcionava bem como remédio.

 

 
Ervas Amargas

Ervas amargas são um termo coletivo usado para sementes de alface, marroio, tansy, rabanete, endívia e coentro. Ervas amargas eram usadas principalmente para comida. De fato, o povo de Israel foi ordenado a ter ervas amargas com seu cordeiro pascal. Hoje, eles podem ser usados ​​para ajudar com infecções do trato urinário, pedras nos rins, retenção de líquidos, dores nas articulações e gota.

 

 
Cássia

O óleo de cássia era popularmente usado como óleo de unção durante os tempos bíblicos. Cassia tem propriedades aromáticas bastante semelhantes à canela. Hoje, a Cassia pode ser usada como cuidado natural dos cabelos, coloração e condicionamento. As folhas são colhidas, secas e moídas em um pó usado para cuidados com o cabelo natural.



Canela

Canela, uma vez considerada mais preciosa do que o ouro, tem alguns benefícios medicinais surpreendentes. A casca, de onde vem o óleo, era tradicionalmente coletada para óleo de unção, assim como perfume. Hoje, a canela pode ser usada para o pé de atleta, indigestão, melhorar a função cerebral, ajuda a baixar os níveis de glicose no sangue, entre muitos outros.

 


Cominho

Os antigos israelitas tomaram sementes de cominho, secaram-nas e usaram-nas para dar sabor à sua comida. Hoje, o cominho pode ajudar na digestão, doenças cardiovasculares, distúrbios urinários e febre.

 


Incenso

Popularmente conhecido pelo incenso, o incenso era usado durante as cerimônias e considerado um artigo de luxo. Hoje, pode ser usado como analgésico, antidepressivo e sedativo, além de ser uma poderosa erva curativa. O incenso também é um ingrediente
primário nos incensos redutores de estresse.
 


Alho

O alho tem sido usado como alimento e remédio em muitas culturas há milhares de anos, desde a construção das pirâmides egípcias. Hoje, o alho é usado para ajudar a prevenir doenças cardíacas, incluindo aterosclerose ou endurecimento das artérias (acúmulo de placas nas artérias que podem bloquear o fluxo de sangue e pode levar a ataques cardíacos ou derrames), colesterol alto, pressão alta e impulsionar o sistema imunológico. O alho também pode ajudar a proteger contra o câncer.




Hissopo

Hissopo é uma planta de cheiro doce da família das mentas. Foi usado em muitos rituais cerimoniais dos israelitas, já que o hissopo em chamas normalmente significava uma limpeza interior.

 


Hortelã

A hortelã tem sido usada há milhares de anos como erva culinária e como medicamento. Hoje, a hortelã pode ajudar com dores no estômago, má digestão, febre, soluços, dores no ouvido e seios nasais.

 


Semente De Mostarda

Uma das parábolas mais famosas de Jesus foi sobre o grão de mostarda. Isso pode ser porque a mostarda cresceu tão abundantemente na Palestina. Hoje, a mostarda pode ser usada para gargantas de soar, músculos e costas relaxantes, e como condicionador de cabelo para tratar cabelos danificados.

 


Mirra

Nos tempos bíblicos, era vendido como especiaria ou ingrediente do óleo da unção usado no Tabernáculo, ou como um remédio para a purificação dos mortos. No mundo romano, era considerado um remédio natural para quase todas as aflições humanas, desde dores de ouvido a hemorróidas. Hoje, a mirra pode ser usada como agente de limpeza e para ajudar com a garganta e feridas ulceradas.

 


Açafrão

O tempero mais caro do mundo hoje também era muito querido nos tempos antigos. Devido à sua cor amarela distinta, o açafrão era usado não apenas para dar sabor, mas também para fazer corantes antigos. Os povos antigos usavam açafrão para tratar problemas de estômago, peste bubônica e varíola. Hoje, estudos recentes indicam possíveis benefícios para a saúde, incluindo propriedades inibidoras do câncer, auxiliando em alergias, ajudam a combater a depressão e promovem uma sensação de plenitude (em termos de dieta).


Tradução: www.google.com


Origem:
https://www.beliefnet.com/columnists/angelguidance/
 
Obrigado por compartilhe com seus amigos, imprima, copie o link, envie por e-mail.
VOLTAR AO INICIO

Mapa das Postagens

PESQUISE POR ASSUNTO

Seguidores

AS PREFERIDAS DO MÊS