25 de mai de 2019

Vaticano e Exorcismo

Exorcistas se encontram no Vaticano para combater o aumento de posses demoníacas.



A idéia de que as pessoas podem ser possuídas por espíritos malignos contra sua vontade é tão antiga quanto a própria história da humanidade. Muitas vezes pensa-se que existe uma maneira especial em que uma pessoa foi possuída.

Pode ser o resultado de uma maldição, um ritual satânico ou simplesmente porque foi "escolhido" por uma entidade demoníaca. No entanto, no momento, as vítimas de posses demoníacas são consideradas doentes mentais, que sofrem de transtorno de personalidade dissociativa.
.

Mas a verdade é que estamos vivendo em tempos estranhos. Por qualquer motivo, casos de suposta possessão demoníaca aumentaram nos últimos anos e tudo parece indicar que esse aumento dramático continuará.
.
Instituições religiosas em todo o mundo relataram um aumento exponencial no número de exorcismos realizados pelo clero, e muitas igrejas não estão atendendo a demanda devido à falta de exorcistas preparados.
.
A preocupação é tal, que o próprio pedido do Vaticano em 2018 a preparação de mais exorcistas para combater as forças demoníacas que estão em todo o planeta. Embora pareça que isso não tenha sido suficiente, desde agora centenas de padres católicos, luteranos e protestantes se reuniram em Roma para comentar e assistir às aulas de exorcismo pela primeira vez na história.
.
O evento, que começou segunda-feira última no Pontifício Ateneu Regina Apostolorum, uma universidade católica com sede em Roma, ensinou como Anjos e Demônios em Sagrada Escritura 'e' As origens históricas do rito do exorcismo '' A simbologia de rituais ocultistas e satânicos. A Igreja Católica acredita que o poder do diabo está aumentando devido à perda de fé nas pessoas.
.

O que é realmente surpreendente é que a reunião juntou o clero católico, anglicano, luterano, Ortodoxa Grega e igrejas pentecostais, que colocaram de lado centenas de anos de história controversa.
"Esta é a primeira vez que diferentes denominações se juntam para comparar suas experiências de exorcismos", disse o padre Pedro Barrajon, 61, que é um dos organizadores do evento, disse ao Daily Telegraph.
"A idéia é ajudar uns aos outros, estabelecer melhores práticas, se desejar. A Igreja Católica está mais associada a exorcismos devido a filmes como O Exorcista e O Rito, mas nós não somos a única igreja que os faz. Expulsar o diabo remonta às origens mais antigas da Igreja Cristã. O rito católico é muito estruturado, enquanto algumas das outras igrejas são mais criativas, elas não usam um formato preciso ".

Benjamin McEntire, um padre protestante do Alasca, que participou da conferência, acrescentou que queria entender a perspectiva católica. Ele apontou que todos estão lutando contra o mesmo inimigo em nome do Senhor, mesmo que existam alguns ramos da Igreja Anglicana que perderam sua crença em Satanás.
.
A conferência em Roma tem sido realizada anualmente nos últimos 14 anos e aqueles que participam acreditam em possessão demoníaca, mas esta é a primeira vez que tal evento foi comemorado.
.
A Igreja Católica admite que a maioria daqueles que afirmam estar possuídos são na verdade doentes mentais, mas também reconhecem que alguns casos são verdadeiros. O Papa Francisco, que foi nomeado Sumo Pontífice em 2013, fez frequentes referências à existência do diabo. Em 2017, ele disse que Satanás era uma pessoa real, mas com poderes sombrios, em vez de uma simples metáfora.
"Os jovens são cada vez mais atraídos pela magia negra, satanismo, vampirismo e feitiçaria", disse Giuseppe Ferrari, organizador do curso de exorcismo. "Os italianos em particular parecem ter um interesse no diabo, com uma estátua de Satanás com um pênis ereto descoberto em Vergato, Bolonha."
Mas parece que esta reunião incomum de especialistas em exorcismo causou grande controvérsia. Há muitos que dizem que se encontraram para tentar remover um demônio muito poderoso que tomou conta do corpo de uma pessoa, o que pode levar horas ou mesmo anos para que ela funcione.
.

Controvérsias à parte, o conceito de possessão física por demônios ou espíritos está presente em todas as culturas e religiões. e representa o que parece ser um medo fundamental que os humanos têm; que não estamos sozinhos, que esses seres podem vir de outros lugares além do espaço e que nos magoam. E, felizmente, temos profissionais que lutam diariamente contra o mal.

ufospain
 
Obrigado por compartilhe com seus amigos, imprima, copie o link, envie por e-mail.
VOLTAR AO INICIO

Mapa das Postagens

PESQUISE POR ASSUNTO

Seguidores

AS PREFERIDAS DO MÊS